Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/39174
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_ChristianGianfrancoValdiviaRodriguez.pdf6,19 MBAdobe PDFView/Open
Title: Determinação de mudanças paleoambientais no cretáceo da bacia potiguar (NE-Brasil) com base em proxies geoquimicos
Authors: Valdivia Rodríguez, Christian Gianfranco
Orientador(es):: Boaventura, Geraldo Resende
Coorientador(es):: Suarez, Paulo Anselmo Ziani
Assunto:: Geoquímica
Biomarcadores
Período Cretáceo
Citation: RODRIGUEZ, Christian Gianfranco Valdivia. Determinação de mudanças paleoambientais no cretáceo da bacia potiguar (NE-Brasil) com base em proxies geoquimicos. 145 f., il. 2020. Tese (Doutorado em Geologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: As primeiras incursões marinhas são registradas na bacia Potiguar, em amostras da Formação Alagamar, representados por tratos de sistemas transgressivos. O ambiente gerado é transicional entre lacustre e marinho, onde há evidencias bioestratigráficas e litoestratigráficas, encontradas em depósitos coevos como as bacias de Araripe, Sergipe, Mirandiba, Jatobá e Recôncavo/Tucano. O estudo geoquímico de amostras de quatro furos de sondagem na bacia, inicialmente indicam uma mistura de no aporte de material detrítico e autigênico (com proporções de 87Sr/86Sr entre 0,7083 e 0,7192). Análise de difratometria de raios-X e valores negativos de 18O indicam uma diagênese leve com presença de material alóctone. Alternância de temperatura e evaporação prolongada são indicados por alto teor de carbonatos e minerais como gipsita e dolomita, contribuindo na deposição de matéria orgânica. Aporte de matéria orgânica enriquecida em 13C (excursões positivas de  13C), sugerem alta produtividade biogênica, interpretado como um rápido soterramento e posterior acumulação, sendo esse influenciado pelas mudanças na litologia durante a sedimentação, sob condições anóxicas. As trocas na litologia são observados facilmente pelos altos valores de COT e 13C ao serem correlacionados com biomarcadores. Dentro do estudo geoquímico orgânico, os biomarcadores têm sido uma ferramenta muito útil, indicando como maior exatidão eventos de incursões marinhas, ambientes de deposição, fonte da matéria orgânica e condições redox e de salinidade. Uma mistura de querogênio entre Tipo I e Tipo III é encontrada nas amostras, indicada por n-alcanos e isoprenóides regulares, sendo estas amostras avaliadas como termicamente imaturas ou com uma maturidade muito baixa. As diferenças na composição de n-alcanos indicam uma fonte intermitente de matéria orgânica entre terrestre e aquática, assim como a composição de esteranos regulares, esteranos C30 e hopanoides (C28-35) evidenciam uma mistura de fonte de algas, fonte microbiana, e plantas superiores. O ambiente lagunar é interpretado pelo alto teor de TOC (valor máximo de 24.4%), em um sistema de alta energia o que favoreceu o rápido soterramento, em condições anóxicas (verificado pela baixa proporção de P/F) e pelos altos índices de gamacerano. Alta salinidade, baixa maturidade e fortes condições redox são indicados por proporções elevadas de P/nC18 e F/nC17, o que favorece ainda mais nas condições de anoxia. A detecção de altas concentrações de 24-propil-colestanos e presença de dinosteranos indicam frequentes incursões marinhas, verificadas especificamente nas Camadas Ponta de Tubarão, o que certamente levaram no incremento de produtividade primária, excelente preservação e posterior acumulação de matéria orgânica na Formação Alagamar.
Abstract: The first marine incursions are recorded in the Potiguar basin, in samples from the Alagamar Formation, represented by transgressive tract systems. The generated environment is transitional between lake and marine, where there are biostratigraphic and lithostratigraphic evidences, found in coeval deposits such as Araripe and Parnaíba basins. The geochemical study of samples from four coreholes in the basin initially indicated a mixture of the amount of detrital and authigenic material (with 87Sr/86Sr ratios between 0.7083 and 0.7192). X-ray diffractometry analysis and negative values of  18O indicate low diagenesis with allogenic material present, where the admixture have no influence over the isotopic composition Temperature alternation and prolonged evaporation are indicated by high carbonate and mineral content such as gypsum and dolomite, contributing to the deposition of organic matter. Supply of organic matter enriched in 13C (positive excursions of 13C), suggest high biogenic productivity, interpreted as a quick burial and later accumulation, which is influenced by changes in lithology during sedimentation under anoxic conditions. Those changes in the lithology are easily observed by high TOC and 13C values when correlated with biomarkers. Within the organic geochemical study, biomarkers have been a very useful tool, indicating with high accuracy a marine incursion events, deposition environments, source of organic matter and redox and salinity conditions. A mixture of Type I to Type III kerogen is found in the samples, indicated by regular n-alkanes and isoprenoids, which are evaluated as thermally immature or with very low maturity. Differences in n-alkane composition indicate an intermittent source of terrestrial to aquatic organic matter, as well as the composition of regular steranes, C30 steranes and hopanoids (C28-35) show a mixture of algal source, microbial source, and land plants. A lagoonal environment is interpreted by the high TOC content (maximum value of 24.4%) in a high energy system, enhancing a rapid burial under anoxic conditions (verified by the low Pr/Ph ratio) and the high gammacerane indices. High salinity, low maturity and strong redox conditions is indicated by high proportions of Ph/nC18 and Pr/nC17, further favoring anoxic conditions. The detection of high concentrations of 24-propyl-cholestanes and the presence of dinosteranes indicate frequent marine incursions, specifically observed in the Ponta de Tubarão beds, which certainly led to the increase of primary productivity, excellent preservation and subsequent accumulation of organic matter in the Alagamar Formation.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Geociências, Programa de Pós-Graduação em Geologia, 2020..
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:IG - Doutorado em Geologia (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/39174/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.