Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/39109
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_LucasFernandoGonçalves.pdf2,33 MBAdobe PDFView/Open
Title: O kitsch como forma estética do idílio em A insustentável leveza do ser, de Milan Kundera
Authors: Gonçalves, Lucas Fernando
Orientador(es):: Caixeta, Ana Paula
Assunto:: Milan Kundera
A insustentável leveza do ser
kitsch
idílio
ontologia
Issue Date: 6-Jul-2020
Citation: GONÇALVES, Lucas Fernando. O kitsch como forma estética do idílio em A insustentável leveza do ser, de Milan Kundera. 2020. 269 f. Tese (Doutorado em Literatura)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: Esta tese tem como corpus literário o romance A Insustentável leveza do Ser, de Milan Kundera, e está desenvolvida com o objetivo de compreender a estética do idílio presente na obra. Deslindamos esse enredo de substrato filosófico no âmbito teórico-literário da Epistemologia do Romance. Esta análise busca mostrar, a partir da método do serio ludere, os elementos estéticos que compõem o acordo categórico do ser nos egos experimentais de A Insustentável leveza do Ser. A análise parte, especialmente, das proposições metodológicas apresentadas pelos estudos referentes à Epistemologia do Romance e dos ensaios A Arte do Romance, Os Testamentos Traídos, A Cortina e Um Encontro, também de Milan Kundera, com o objetivo de procurar entender a arquitetura literária do escritor. A partir de uma abordagem epistemológica, em um segundo momento, procurou-se pelas relações estabelecidas entre o idílio e o kitsch. Na última parte da tese, interligando o estético e o epistemológico, a partir de uma perspectiva hermenêutica do serio ludere, buscou-se realizar uma análise do romance A Insustentável leveza do Ser. A escolha dessa obra deveu-se a sua condição temática acerca do kitsch como forma estética do idílio. Assim, defende-se que, para Milan Kundera, o kitsch é a forma estética do idílio. O presente trabalho de pesquisa compreende que A Insustentável leveza do Ser é um tributo à estética do kitsch e que, a partir dele, é possível estabelecer um diálogo profícuo com o todo da obra romanesca de Milan Kundera.
Abstract: This thesis has as its literary corpus the novel The Unsustainable Lightness of Being, by Milan Kundera, and is developed with the objective of understanding the aesthetics of the idyll present in the work. We unravel this plot of philosophical substrate in the literary-theoretical scope of the Epistemology of Romance. This analysis seeks to show, based on the serio ludere method, the aesthetic elements that make up the categorical agreement of being in the experimental egos of The Unsustainable Lightness of Being. The analysis starts, especially, from the methodological propositions presented by the studies related to the Epistemology of Romance and the essays The Art of the Novel, Testaments Betrayed: An Essay in Nine Parts, The Curtain and An Encounter, also by Milan Kundera, with the aim of trying to understand the writer's literary architecture. From an epistemological approach, in a second moment, we looked for the relations established between idyll and kitsch. In the last part of the thesis, linking the aesthetic and the epistemological, from a hermeneutic perspective of the serio ludere, we sought to carry out an analysis of the novel The Unsustainable Lightness of Being. The choice of this work was due to its thematic condition about kitsch as an aesthetic form of idyll. Therefore, it is argued that for Milan Kundera, kitsch is the aesthetic form of idyll. The present research work understands that The Unsustainable lightness of Being is a tribute to the aesthetics of kitsch and from which it is possible to establish a fruitful dialogue with the whole of Milan Kundera's novelistic work.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, 2020.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:TEL - Doutorado em Literatura (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/39109/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.