Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/39082
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_IsabelaRamosRibeiro.pdf2,48 MBAdobe PDFView/Open
Title: Burguesia dependente, bloco no poder e a conformação da hegemonia no Brasil entre 2003 e 2018.
Authors: Ribeiro, Isabela Ramos
Orientador(es):: Salvador, Evilasio da Silva
Assunto:: Hegemonia
Poder
Dependência
Fundo público
Burguesia
Partido dos Trabalhadores
Issue Date: 6-Jul-2020
Citation: RIBEIRO, Isabela Ramos. Burguesia dependente, bloco no poder e a conformação da hegemonia no Brasil entre 2003 e 2018. 2020. 254 f., il. Tese (Doutorado em Política Social) - Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: Este trabalho tem como tema geral a constituição da hegemonia no capitalismo dependente brasileiro. Com o intuito de manter-se como classe dominante, a burguesia deve ter capacidade de aglutinar e conduzir grupos sociais em torno de um projeto que abarque as dimensões política, econômica, social e cultural. Para tal, se utiliza de inúmeros mecanismos a partir de sua organização no âmbito da sociedade civil, expressando-se na composição do bloco no poder e na conformação da hegemonia. Isso quer dizer que a posição de determinadas frações no bloco no poder delineia como irão apropriar-se de parcelas do fundo público por meio das políticas econômicas e sociais. No capitalismo dependente, esse processo é determinado pela subordinação da classe burguesa local ao imperialismo, o que traz consequências para o próprio desenvolvimento capitalista e reduz o volume de recursos do fundo público disponível para a reprodução da classe trabalhadora. Nesse escopo, a presente tese de doutoramento tem por objetivo identificar as recomposições no bloco no poder entre 2003 e 2018 no Brasil, e como tais ajustes intraburgueses se expressam em alterações nas políticas econômicas e sociais, a partir da apropriação do fundo público pelas distintas frações da burguesia. Para a efetivação desta tarefa, foi realizada pesquisa bibliográfica e documental, com análise dos documentos das entidades da classe burguesa que representam suas frações industrial (CNI), agrária (CNA), comercial (CNC) e bancário-financeira (Febraban), explicitando a absorção de suas demandas por parte do Estado. A pesquisa permitiu visualizar as condições para o ascenso do Partido dos Trabalhadores (PT) ao governo federal, as mudanças no interior do bloco no poder a partir do projeto de conciliação de classes e da conjuntura econômica internacional e, por fim, a crise de hegemonia que se desenhou a partir de 2013 e cuja tentativa de resolução por parte das distintas frações burguesas se deu com o golpe sobre o governo, com a perpetuação da dependência e fortes efeitos sobre o fundo público e as políticas econômicas e sociais.
Abstract: This thesis has as its general theme the constitution of hegemony in Brazilian dependent capitalism. In order to maintain itself as a ruling class, the bourgeoisie must be able to bring together and lead social groups around a project that involves the political, economic, social and cultural dimensions. To aim this, it uses numerous mechanisms from its organization within the scope of civil society, expressing itself in the composition of the bloc in power and in the conformation of hegemony. This means that the position of certain fractions in the bloc in power outlines how they will appropriate portions of the public fund through economic and social policies. In dependent capitalism, this process is determined by the subordination of the local bourgeois class to imperialism, which has consequences for capitalist development itself and reduces the volume of public fund resources available for the reproduction of the working class.Within this scope, the present doctoral thesis aims to identify the recompositions in the bloc in power between 2003 and 2018 in Brazil, and how such intra-bourgeois adjustments are expressed in changes in economic and social policies, from the appropriation of the public fund by the different fractions of the bourgeoisie. To carry out this task, bibliographical and documentary research was carried out, with analysis of the documents of the entities of the bourgeois class representing their industrial (CNI), agrarian (CNA), commercial (CNC) and banking (Febraban) fractions, explaining the absorption of their demands by the State. The research made it possible to visualize the conditions for the rise of the Workers Party (in portuguese, Partido dos Trabalhadores - PT) to the federal government, the changes within the bloc in power from the project of class conciliation and the international economic situation and, finally, the crisis of hegemony which was drawn up in 2013 and whose attempted resolution by the different bourgeois fractions occurred with the coup on the government, with the perpetuation of dependence and strong effects on the public fund and economic and social policies.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Serviço Social, Programa de Pós-Graduação em Política Social, 2020.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:SER - Doutorado em Política Social (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/39082/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.