Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/39063
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_ClaúdiaLúciaMoreira.pdf1,31 MBAdobe PDFView/Open
Title: Autopercepção e aprendizagem da disciplina de Farmacologia pelos graduandos em Odontologia da Universidade de Brasília
Authors: Moreira, Cláudia Lúcia
Orientador(es):: Lia, Érica Negrini
Coorientador(es):: Duarte, Djane Braz
Assunto:: Farmacologia
Educação superior
Satisfação
Motivação na educação
Odontologia
Aprendizagem
Citation: MOREIRA, Cláudia Lúcia. Autopercepção e aprendizagem da disciplina de Farmacologia pelos graduandos em Odontologia da Universidade de Brasília. 2020. 69 f., il. Dissertação (Mestrado em Odontologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: A disciplina de Farmacologia oferece a base do conhecimento para a compreensão dos princípios da terapia medicamentosa, sendo de extrema importância para a formação do cirurgião-dentista, uma vez que é prescritor de medicamentos. Entretanto, múltiplos fatores, como a falta de integração entre as disciplinas do núcleo básico e aplicado, podem resultar em desmotivação e baixo rendimento dos alunos. Em função da relevância do tema, o objetivo desse estudo foi construir, validar e aplicar um questionário direcionado aos alunos de graduação em Odontologia, que cursaram a disciplina de Farmacologia com a finalidade de avaliar suas percepções quanto à satisfação e motivação, bem como a aprendizagem. Métodos: Desenvolveu-se um questionário com 27 questões divididas em três domínios, satisfação (A), motivação (B) e aprendizado (C), que passou por validação de conteúdo e de constructo. O questionário foi aplicado aos alunos de Odontologia da Universidade de Brasília, que cursaram a disciplina de Farmacologia. As questões dos domínios A e B foram pontuadas de acordo com escala Likert, variando de 1 (menor escore) a 5 (escore máximo). As questões do domínio C receberam 1 ponto para cada resposta correta e zero ponto para cada resposta errada. Os domínios A, B e C foram categorizados em 3 níveis (baixo, médio e alto). Cada um dos domínios categorizados foi comparado segundo as variáveis sexo, forma de ingresso, tipo de ingresso (cotista), primeira opção de curso de ingresso na instituição de ensino e semestre em curso atual, por meio do teste qui-quadrado. O teste de Mann-Whitney foi utilizado para comparação das variáveis com duas categorias e o teste de Kruskal Wallis, para comparação das variáveis com três ou mais categorias. Resultados: Cento e sessenta e cinco alunos responderam ao questionário, sendo a maioria pertencente ao sexo feminino (67,3%), 45,5% ingressaram na instituição por meio do vestibular tradicional, 63,6% não eram cotistas, 52,1% apontaram que Odontologia não foi a 1a opção de curso superior. A média do nível de satisfação em relação à disciplina de Farmacologia foi de 67,6%, e do nível de motivação foi de 75,7%. A nota média atribuída ao domínio aprendizado foi de 8,3. Cerca de 72,9% dos alunos apresentaram nível médio de satisfação, 51,2% apresentaram nível médio de motivação e 75,9% apresentaram nível alto de aprendizado. As variáveis sexo, forma de ingresso na instituição de ensino superior, o fato de ser cotista, ter escolhido Odontologia como primeira opção de curso superior e o semestre em curso não foram associadas aos níveis de satisfação, motivação e aprendizado dos alunos. Conclusão: Observou-se que os alunos apresentaram um nível satisfatório de aprendizagem, porém existe um grau de insatisfação e desmotivação, o que leva a inferir acerca da necessidade de mudanças com a finalidade de atender necessidades e expectativas dos mesmos em relação à disciplina.
Abstract: The Pharmacology course offers the knowledge to understand the principles of drug therapy, being extremely important for dentists, since they will prescribe drugs. However, multiple factors, such as the lack of integration between disciplines at the basic and clinical core, can result in demotivation and low performance of the students. Depending on the relevance of the theme, the aim of this study was to build, validate and apply a questionnaire directed to undergraduate dentistry students, who attended the discipline of Pharmacology to evaluate their perceptions regarding satisfaction, motivation and learning. Methods: A questionnaire was developed with 27 questions divided into three domains, satisfaction (A), motivation (B) and learning (C), which went through content and construct validation. The questionnaire was applied to Dentistry students at the University of Brasília, who attended the discipline of Pharmacology. The questions in domains A and B were scored according to the Likert scale, ranging from 1 (lowest score) to 5 (maximum score). Domain C questions received 1 point for each correct answer and zero point for each wrong answer. Domains A, B and C were categorized-= according to a 3-level scale (low, medium and high). Each of the categorized domains was compared according to the variables sex, form of admission, type of admission (quota holder), first option of admission at the University and current semester, using the chi-square test. The Mann-Whitney test was used to compare variables with two categories and the Kruskal Wallis test to compare variables with three or more categories. Results: One hundred and sixty-five students answered the questionnaire, the majority of whom were female (67.3%), 45% was admitted at the institution through the traditional entrance exam, 63.3% were not quota holders, 52.1% pointed out that Dentistry was not the first option of higher education. The average level of satisfaction in relation to the discipline of Pharmacology was 67.6%, and the level of motivation was 75.7%. The average score attributed to the learning domain was 8.3. About 72.3% of students had an average level of satisfaction, 51.2% had an average level of motivation and 75.9% had a high level of learning. The variables sex, admission form, admission by quota, dentistry as first option of higher education and current semester were not associated to the students levels of satisfaction, motivation and learning. Conclusion: It was observed that the students had a satisfactory level of learning, but there is a degree of dissatisfaction and lack of motivation, which leads to infer about the need for changes in order to meet their needs and expectations in relation to the discipline.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Departamento de Odontologia, Programa de Pós-Graduação em em Odontologia, 2020.
Appears in Collections:ODT - Mestrado em Odontologia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/39063/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.