Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/38860
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_FaniCostadeAbreu.pdf4,48 MBAdobe PDFView/Open
Title: A categoria determinante na aquisição de português (L2) escrito por surdos
Authors: Abreu, Fani Costa de
Orientador(es):: Salles, Heloísa Maria Moreira Lima de Almeida
Assunto:: Língua portuguesa - estudo e ensino
Surdos - interlíngua (Aprendizagem de línguas)
Surdos - aquisição da segunda língua
Língua brasileira de sinais
Issue Date: 3-Jul-2020
Citation: ABREU, Fani Costa de. A categoria determinante na aquisição de português (L2) escrito por surdos. 2020. 193 f., il. Dissertação (Mestrado em Linguística)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: O presente estudo investiga a aquisição do português escrito como segunda língua (L2) por surdos falantes de LSB como primeira língua (L1), com foco na categoria dos determinantes. O trabalho examina o uso de nominais nus em contexto genérico em oposição ao do artigo definido com traços de definitude e especificidade na interlíngua de um grupo de surdos aprendizes de português L2 (escrito), que foi eliciada em atividade experimental. Tomamos por referência os pressupostos teóricos da Gramática Gerativa (Chomsky 1986, 1995, 2008, 2009), que dão o tratamento ao problema lógico da aquisição de língua, considerando a hipótese da Faculdade da Linguagem como um órgão inato da mente humana. O problema do estudo está formulado em relação à variabilidade de padrões de estruturação dos textos dos surdos, que revelam um estado de interlíngua. A hipótese é a de que a aquisição se dá pelo acesso (parcial) à Gramática Universal (GU), cujo estado inicial é a L1, o que pressupõe interferência da L1 (White, 2003). A variabilidade das estruturas na interlíngua é vista como própria do desenvolvimento linguístico o que depende do input relevante em relação às estruturas a serem adquiridas. A interferência da L1 no desenvolvimento do conhecimento linguístico da L2 é previsível e age positiva e negativamente no processo de aquisição. Tendo em vista as características perceptuais do surdo, a língua oral será adquirida na modalidade escrita. Diante disso, dá-se relevância ao acesso ao input organizado por meio da instrução formal no sistema educacional (além das situações de interação social e de acesso livre à leitura). Diante disso, foi desenhado um experimento no sentido de obter dados da interlíngua, em que a exposição ao input linguístico da L2 foi controlada. O experimento constou de elaboração de diagnóstico para o pesquisador obter informações sobre o conhecimento prévio do participantes. Posteriormente foi realizada a instrução dos participantes quanto ao uso de estruturas com o artigo definido e de estruturas com nominais nus, marcadas pela interpretação definida e específica e pela interpretação genérica, respectivamente, delimitação dada à pesquisa, em relação ao desenvolvimento do português (L2). Assumindo a Hipótese do DP (Abney, 1987), segundo a qual o determinante seleciona o sintagma nominal (NP), projetando seu próprio sintagma em todas as línguas, além dos pressupostos da metodologia de aprendizagem linguística ativa (Pilati, 2017), na elaboração da atividade experimental, os testes de pós-instrução revelaram que os participantes demonstraram habilidade de distinguir o uso do artigo definido e de nominais nus nos contextos relevantes.
Abstract: The present study investigates the acquisition of (written) Portuguese as a second language (L2) by deafs having the Brazilian Sign Language (LSB) as their first language (L1), focusing on the category of determiners. The analysis examines the use of bare nouns in contexts of generic interpretation, as opposed to definite articles in contexts marked as definite and specific in the interlanguage of a group of deafs learners of (written) portuguese as L2 which was elicited in an experimental activity. We assume the theoretical framework of the Generative Grammar which provides an approach to the logical problem of (second) language acquisition in terms of the Faculty of Language hypothesis, as an innate organ of the human mind. The study is oriented to the problem of variability in language production by deafs, giving rise to a state of interlanguage. The hypothesis is that L2 acquisition occurs under (partial) access to Universal Grammar (UG), the initial state of which is L1, thus implying L1 transfer (cf. White 2003). Variability in the structures of the interlanguage is understood as intrinsic to language development, depending on the relevant input. Interference of L1 in L2 language development is predicted and may be negative or positive. Considering the perceptual profile of the deafs, the spoken language will be acquired through the written modality. Accordingly, access to a controlled input is required through formal instruction in the educational system (along with social interaction and free access to reading). The experimental activity consisted of a diagnostic test followed by a controlled instruction regarding the use of definite articles as opposed to bare nouns in Brazilian Portuguese, in contexts marked with a definite and specific interpretation and with a generic interpretation, respectively. Assuming the DP Hypothesis, according to which the determiner head selects a noun phrase (NP), projecting its own phrase, as well as the methodological assumptions of active language learning, as proposed in Pilati (2017), in the design of the experimental activity, the post-instruction test has shown that the participants display language development with respect to the ability to distinguish the use of the definite article as opposed to the bare noun in the relevant contexts.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2020.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:LIP - Mestrado em Linguística (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/38860/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.