Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/38826
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_JoselitodeAraújoSousa.pdf2,68 MBAdobe PDFView/Open
Title: Mulheres na polícia : a percepção de equidade de oportunidades de servidores quanto à ascensão de mulheres a cargos diretivos na Polícia Federal.
Authors: Sousa, Joselito de Araújo
Orientador(es):: Coelho Junior, Francisco Antônio
Assunto:: Polícia
Diversidade de gênero
Justiça organizacional
Valores
Citation: SOUSA, Joselito de Araújo. Mulheres na polícia : a percepção de equidade de oportunidades de servidores quanto à ascensão de mulheres a cargos diretivos na Polícia Federal. 2020. 164 f., il. Dissertação (Mestrado Profissional em Administração)— Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: Ainda considerada uma organização, predominantemente, ocupada por homens, a polícia oferta desafios à presença de mulheres em sua força de trabalho, que vão desde sua entrada a sua ascensão a cargos diretivos. Atualmente, a Polícia Federal - PF possui uma força de trabalho formada por homens e mulheres, policiais e não-policiais. Segundo dados abertos oficiais, para o mês de setembro de 2019, o contingente de homens policiais e não- policiais representou 82,0% da força de trabalho da PF. Se considerada somente a força de trabalho policial, esse percentual se eleva para 87,8% para o mesmo período. Já na Administração Pública Federal brasileira, o percentual de homens para o mesmo período foi de 54,8%. É neste ambiente organizacional, portanto, que o presente trabalho foi desenvolvido, podendo, assim, ser caracterizado como um estudo de caso de abordagem mista, de características, predominantemente, descritivas, com lócus em uma instituição de segurança pública brasileira de abrangência nacional, a Polícia Federal. Sua finalidade se volta para testar, empiricamente, relações de predição existentes entre, de um lado, a percepção de oportunidades de ascensão profissional, como variável critério e de outro, como variáveis independentes, justiça organizacional e importância atribuída aos valores da PF. O estudo abrangeu três fases distintas de coleta de dados primários e secundários. Na primeira fase foram coletados dados estatísticos e documentos e na segunda fase foi aplicado survey em uma amostra de servidores policiais e não-policiais da PF (N = 988). Uma última fase foi executada, com a realização de entrevistas com participantes gestores e ex-gestores da PF. Os resultados da análise dos dados secundários apontaram sinais da existência de barreira ortogonal ao acesso de mulheres a postos de trabalho policiais e de gestão da PF. Já os resultados das análises estatísticas dos dados primários colhidos apontaram evidências de validade do instrumento utilizado. Também foi apontada significância de relação de predição entre os dois fatores da variável critério, representada pela percepção de oportunidades de ascensão profissional (R1 Quadrado Ajustado = 0,258 e R2 Quadrado Ajustado = 0,183) e apenas um fator da variável independente justiça organizacional, representativo da dimensão justiça procedimental. A ausência de relação de predição significativa entre a variável critério e a variável independente, importância atribuída aos valores da PF, ganhou reforço com a análise qualitativa das entrevistas com gestores e ex-gestores da PF, cujo resultado sugeriu uma baixa aderência específica aos valores organizacionais da PF.
Abstract: Still considered an organization predominantly occupied by men, the police offer challenges to the presence of women in their workforce, ranging from their entry to their ascension to management positions. Currently, the Federal Police - FP has a workforce made up of men and women, police and non-police. According to official open data, for the month of September 2019, the contingent of police and non-police men represented 82.0% of the FP workforce. If only the police workforce is considered, this percentage rises to 87.8% for the same period. In the brazilian Federal Public Administration, the percentage of men for the same period was 54.8%. It ́s in this organizational environment therefore, that the present work was developed, thus being able to be characterized as a case study with a mixed approach, with predominantly descriptive characteristics, with locus in a brazilian public security institution of national scope, the Federal Police. Its purpose is to empirically test prediction relations existing between, on the one hand, the perception of opportunities for professional advancement, as criterio variable and on the other, as independent variables, organizational justice and the importance attributed to the values of FP. The study covered three distinct phases of primary and secondary data collection. In the first phase, statistical data and documents were collected and in the second phase, a survey was applied to a sample of police and non-police officers of the FP (N = 988). A final phase was carried out, with interviews with participating managers and former FP managers. The results of the analysis of the secondary data showed signs of the existence of an orthogonal barrier to the access of women to police and FP management jobs. The results of the statistical analysis of the collected primary data showed evidence of validity of the instrument used. Significance of the prediction relationship between the two factors of the criterion variable was also pointed out, represented by the perception of opportunities for professional advancement (R1 Adjusted Square = 0.258 and R2 Adjusted Square = 0.183) and only one factor of the independent variable organizational justice, representative of the dimension procedural justice. The absence of a significant prediction relationship between the criterion variable and the independent variable, importance attributed to the FP Values, was reinforced by the qualitative analysis of the interviews with FP managers and former managers, the result of which suggested a low specific adherence to the FP organizational values.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Gestão de Políticas Públicas, Programa de Pós-Graduação em Administração, Mestrado Profissional em Administração Pública, 2020.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições:Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:MPA - Mestrado Profissional em Administração Pública (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/38826/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.