Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/38766
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_PatríciaFernandaSilvaBittencourt.pdf2,59 MBAdobe PDFView/Open
Title: Estudo do papel de Streptococcus mutans em biofilmes de superfícies radiculares com o uso de técnicas Ômicas
Authors: Bittencourt, Patrícia Fernanda Silva
Orientador(es):: Teixeira, Nailê Damé
Coorientador(es):: Do, Thuy
Assunto:: RNA
Streptococcus mutans
Cáries dentárias
Transcriptoma
Issue Date: 2-Jul-2020
Citation: BITTENCOURT, Patrícia Fernanda Silva. Estudo do papel de Streptococcus mutans em biofilmes de superfícies radiculares com o uso de técnicas Ômicas. 2020. 119 f., il. Dissertação (Mestrado em Odontologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: Durante décadas, Streptococcus mutans tem sido considerado o principal agente etiológico de cárie dentária. Anteriormente associado somente ao desenvolvimento de lesões em esmalte, S. mutans chegou a ser considerado marcador biológico de cárie radicular. A maioria dos estudos para novas estratégias terapêuticas vinha sendo direcionada contra esse microrganismo. No entanto, estudos recentes baseados em DNA e RNA de lesões cariosas descobriram um ecossistema extraordinariamente diverso, onde S. mutans representa apenas uma pequena fração da comunidade bacteriana. Esse fato apoia o conceito de que consórcios formados por múltiplos microrganismos agem coletivamente para desenvolver a doença cárie. Assim, ao invés de terapias antimicrobianas, mais especificamente anti-S.mutans, acredita-se que estratégias focadas em modificações ambientais da microbiota oral sejam eficazes em restaurar o equilíbrio ecológico da comunidade microbiana. Embora os resultados de estudos baseados em tecnologias Ômicas tenham sido bastante informativos, pouco se sabe como centenas de espécies microbianas habitam e interagem funcionalmente em biofilmes orais para causar doenças ou manter a homeostase. Além disso, tendo em vista o pouco conhecimento sobre a fisiologia e o metabolismo de S. mutans em seu habitat natural nas superfícies radiculares, o objetivo deste trabalho foi discutir o conhecimento atual de como as técnicas Ômicas estão contribuindo para o entendimento do microbioma oral em saúde e doença cárie e fazer uma análise descritiva sobre o papel do S. mutans em biofilmes de superfícies radiculares com o uso de técnicas Ômicas. Foram realizadas uma revisão crítica da literatura pela qual foi descrito a atual contribuição das tecnologias Ômicas para o entendimento da doença cárie mediante análise e interpretação da produção científica existente, e uma análise descritiva, a partir de dados secundários, da caracterização da expressão gênica de S. mutans em biofilmes de superfícies radiculares. Dados das tecnologias Ômicas mostraram que o entendimento da cárie dentária não é compatível com etiologia da doença ser provinda de uma única espécie e que o papel do microbioma oral na manutenção dos processos biológicos ainda é limitado na literatura. A expressão gênica de S. mutans em biofilmes de superfícies radiculares de saúde foi mínima, porém apresentou-se em alto número em amostras de doença. Uma visão geral dos genes de virulência mais prevalentes em biofilmes de cárie radicular demonstrou alta expressão dos genes spaP, glgA, fruA, ciaH, comF, comD, gapC, pulA, SMU_872, hrcA, ccpA, arcC e argR e tem suas funções relacionadas à adesão, à formação de biofilme, à acidogenicidade, à aciduricidade, ao quorum-sensing, ao transporte de açúcares e à tolerância ao estresse. As funções moleculares e os processos biológicos de sobrevivência dos genes mais abundantes foram semelhantes em ambos os grupos. S. mutans tem um papel importante no desenvolvimento de cárie radicular. Abordagens Ômicas têm permitido uma imagem mais completa da composição, potencial funcional e atividade do microbioma oral, no entanto, novos biomarcadores de cárie não foram descobertos nem foram desenvolvidos testes que poderiam ser eficazes para avaliar o risco de cárie nos estágios pré-clínicos da doença.
Abstract: For decades, Streptococcus mutans has been considered the main causative agent of dental caries and most diagnostic and therapeutic strategies have been targeted toward this microorganism. Previously associated only with the development of enamel lesions, S. mutans was once considered a biological marker for root caries. Most studies for developing new therapeutic strategies have been targeted toward this microorganism. However, recent DNA- and RNA-based studies from carious lesions have uncovered an extraordinarily diverse ecosystem where S. mutans accounts only a tiny fraction of the bacterial community. This fact supports the concept that consortia formed by multiple microorganisms act collectively to develop dental caries. Thus, instead of antimicrobial therapies, strategies focused on environmental modifications of the oral microbiota are believed to be effective in restoring the ecological balance of the microbial community. Although findings from OMICS research have been greatly informative, little is known about how hundreds of microbial species coinhabit and functionally interact in oral biofilms to cause disease or to maintain homeostasis. In addition, in view of the lack of knowledge about S. mutans physiology and metabolism in its natural habitat on root surfaces, the aim of this work was to discuss the current knowledge of how OMICS technologies are contributing to the understanding of oral microbiome in health and caries disease and to undertake a descriptive analysis about the role of S. mutans in root surface biofilms using OMICS techniques. A critical literature review was performed describing the current contribution of OMICS technologies to the understanding of dental caries through analysis and interpretation of existing scientific production, and a descriptive analysis, based on secondary data, of the characterization of gene expression of S. mutans in root surface biofilms. Data from OMICS technologies have shown that the understanding of dental caries is not compatible with a single- species etiology of the disease and that the role of the oral microbiome in the maintenance of biological processes is still limited in the literature. The gene expression of S. mutans in sound root surfaces biofilms was minimal, but high in root caries samples. An overview of the most prevalent virulence genes in RC biofilms demonstrated more expression of spaP, glgA, fruA, ciaH, comF, comD, gapC, pulA, SMU_872, hrcA, ccpA, arcC, and argR genes, and revealed that they have their functions related to adhesion, biofilm formation, acidogenicity, aciduricity, quorum- sensing, sugar transport, and stress tolerance. Molecular functions and biological survival processes of the most abundant genes were similar in both groups. S. mutans has an important role in the development of root caries. OMICS approaches have allowed a more complete picture of the composition, functional potential and activity of the oral microbiome, however new caries biomarkers have not been discovered nor have tests been developed that could be effective for assessing the risk of caries in the preclinical stages of the disease.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Departamento de Odontologia, Programa de Pós-Graduação em em Odontologia, 2020.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:ODT - Mestrado em Odontologia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/38766/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.