Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/38623
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_BrunoCesarGoulart.pdf1,59 MBAdobe PDFView/Open
Title: Memorial institucional descritivo do parque científico e tecnológico da Universidade de Brasília 2007-2019 : uma área de inovação da UnB
Authors: Goulart, Bruno Cesar
Orientador(es):: Albuquerque, Olga Maria Ramalho de
Coorientador(es):: Ghesti, Grace Ferreira
Assunto:: Parques tecnológicos
Inovação tecnológica
Empresas - Brasil
Desenvolvimento tecnológico
Issue Date: 1-Jul-2020
Citation: GOULART, Bruno Cesar. Memorial institucional descritivo do parque científico e tecnológico da Universidade de Brasília 2007-2019: uma área de inovação da UnB. 2019. 73 f., il. Dissertação (Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para a Inovação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: A concepção de Parques Tecnológicos começou a ser desenhada nos Estados Unidos, na década de 50, como uma consequência do surgimento, no pós-guerra, de um grande número de novos negócios a partir das atividades de pesquisa, especialmente na Califórnia e nas cercanias de Boston. Estes projetos pioneiros deram origem aos complexos hoje denominados Silicon Valley e Rota 128, nos Estados Unidos da América - EUA, e despertaram a atenção de Universidades, planejadores urbanos, autoridades governamentais e investidores privados em todo o mundo. Para a IASP (International Association of Science Parks and Areas of Innovation), os parques tecnológicos se configuram em grandes organizações geridas por profissionais altamente qualificados. Para além de espaços físicos, os parques facilitam o crescimento das empresas baseadas na inovação através de processos de incubação. Seu objetivo principal é aumentar a riqueza do local, promovendo a cultura da inovação e a competitividade dos seus negócios. Recentemente, a Lei 13.243 de 11 de janeiro de 2016 do MCTIC, altera a definição e estabelece que um Parque Tecnológico representa: “complexo planejado de desenvolvimento empresarial e tecnológico, promotor da cultura de inovação, da competitividade industrial, da capacitação empresarial e da promoção de sinergias em atividades de pesquisa científica, de desenvolvimento tecnológico e de inovação, entre empresas e uma ou mais ICTs, com ou sem vínculo entre si”. A idealização do Parque Científico e Tecnológico da Universidade de Brásília (PCTec/UnB) iniciou em 1986 com a criação do Centro de Apoio ao Desenvolvimento Empresarial da Universidade de Brasília (CDT/UnB). Essa unidade descentralizada da UnB apóia e promove o desenvolvimento tecnológico, a inovação e o empreendedorismo, por meio da integração entre a universidade, as empresas e a sociedade em geral. O PCTec/UnB foi criado pela Resolução 14/2007 do Conselho Diretor da Fundação da Universidade de Brasília, tendo como propósito estabelecer a construção de novas relações institucionais entre a universidade, o setor privado, o governo e a sociedade. Este trabalho, com base nas teorias encontradas nas diversas bibliografias, em documentos internos, em relatórios e em outros arquivos da Universidade de Brasília, apresenta resultados do estudo de caso do PCTec/UnB.Além do resultado do estudo de caso do PCTec/UnB, é apresentada a análise de um ativo protegido pela UnB e sua área de concentração.
Abstract: Technological Parks began to be designed in the United States in the 1950’s, as a consequence of the postwar emergence of a large number of new businesses from research activities, especially in California and the surrounding area. Boston. Those groundbreaking projects gave rise to today's Silicon Valley and Route 128 complexes in the United States - USA, and have gained the attention of universities, urban planners, government officials and private investors around the world. Recently, MCTIC Law 13,243 of January 11, 2016, changes the definition of what a Technology Park represents: “a planned complex of business for technological development, promoter of an innovation culture, industrial competitiveness, business training and promotion synergies in scientific research, technological development and innovation activities between companies and one or more ICTs, with or without ties to each other”. The UnB Scientific and Technological Park was created by Resolution 14/2007 of the Board of Directors of the University of Brasilia Foundation, with the purpose of establishing the construction of new institutional relations between the university, the private sector, the government and society. The idealization of the UnB Park, however, began in 1986 with the creation of the Center for Business Development Support at the University of Brasilia (CDT / UnB), a decentralized university unit that supports and promotes technological development, innovation and entrepreneurship, through the integration between the university, companies and society in general. This work, through the perspective of the theories found in the various bibliography, as well as internal documents, reports and other archives of the University of Brasilia, presents results of the case study of the Scientific and Technological Park as an area of innovation within the University of Brasilia, through of the publication of articles. In addition to the result of the PCTec/UnB case study, an analysis of an asset protected by UnB and its technological maturity is presented.
Description: Dissertação (mestrado)—Rede Nacional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para a Inovação, Universidade de Brasília, Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para a Inovação, 2019.
Appears in Collections:CDT - Mestrado Profissional em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para a Inovação (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/38623/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.