Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/38351
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_NiliaOliveiraSantosLacerda.pdf1,93 MBAdobe PDFView/Open
Title: Educação CTS e autonomia : dimensões para a formação de professores de ciências
Authors: Lacerda, Nília Oliveira Santos
Orientador(es):: Strieder, Roseline Beatriz
Assunto:: Professores - formação
Modelo crítico-reflexivo
Ciência, tecnologia e sociedade (CTS)
Professores de química
Issue Date: 29-Jun-2020
Citation: LACERDA, Nília Oliveira Santos. Educação CTS e autonomia: dimensões para a formação de professores de ciências. 2019. 220 f., il. Tese (Doutorado em Educação em Ciências)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: A literatura da área em CTS, ainda que não explicitamente, indica que para a implementação dessa perspectiva educacional nos espaços escolares são necessários professores autônomos, crítico-reflexivos e crítico-transformadores. Porém, não apresenta orientações, modelo ou alguma proposição com objetivos claros a respeito do que precisa ser contemplado no âmbito da formação inicial para alcançar esse propósito. Assim, questionamos: quais dimensões formativas podem ser contempladas em ações desenvolvidas na formação inicial, para potencializar a formação de um professor CTS/autônomo/crítico-reflexivo? A partir desse questionamento, temos por objetivo definir e caracterizar dimensões a serem contempladas na formação inicial de professores, numa perspectiva CTS, a partir do modelo crítico-reflexivo. Em sequência, construir uma proposição formativa docente crítico-reflexiva CTS que contemple elementos para contribuir na elaboração e desenvolvimento de práticas formativas a serem desenvolvidas no âmbito da formação inicial de professores de Química. Sabendo que existe uma polissemia na Educação CTS, almejamos uma educação científica comprometida com a transformação social, a emancipação dos sujeitos e a justiça social. Entendemos, assim, que ela contribuiu para o desenvolvimento de compromissos sociais diante de problemas não estabelecidos e marcados por desiquilíbrios sociais, políticos e econômicos. Realizamos nos três primeiros capítulos revisões bibliográficas e uma pesquisa documental com os subprojetos do Pibid de Goiás edital 2013, no final do capítulo dois. Para construção dos dados, utilizamos grupo focal. Os grupos focais foram realizados após a análise documental no capítulo dois, em que identificamos o subprojeto que continha ações explícitas, fundamentadas nos pressupostos teórico-metodológicos da Educação CTS. Analisamos nossos dados a partir da Proposição formativa docente crítico-reflexiva CTS, formada por três dimensões: a) Princípios; b) Responsabilidade social; c) Exigências profissionais. A partir da Proposição formativa docente crítico-reflexiva CTS, podemos perceber que ela possibilita analisar e avaliar concepções de estudantes/professores com relação aos pressupostos CTS, como um grande potencial para construção de propostas didáticas e formativas nessa perspectiva. Evidenciamos, assim, que as dimensões que são a nossa Tese, demonstraram um grau de operacionalidade crítico-reflexiva e utilidade importante, que podem contribuir não só para a análise de concepções CTS, mas, também, como futuras propostas pedagógicas formativas CTS para a formação inicial. Nossa proposição adquire, desse modo, a partir da análise dos dados do grupo focal, uma sustentação teórico-metodológica para trabalhos na linha da Educação CTS. Precisamos deixar claro que a elaboração dessa proposição formativa é uma elaboração intelectual de caráter teórico, quepossibilitará possíveis pesquisas empíricas e ensaios teóricos mais aprofundados que poderão surgir como perspectivas futuras para a formação docente, pautadas nos pressupostos da Educação CTS, numa perspectiva do modelo crítico-reflexivo/crítico-transformador.
Abstract: The literature of the area in STS, although not explicitly, indicates that for the implementation of this educational perspective in school spaces, autonomous, critical-reflexive and criticaltransforming teachers are needed. However, it does not present guidelines, model or any proposition with clear objectives as to what needs to be contemplated in the initial formation to achieve this purpose. Thus, we ask: what formative dimensions can be contemplated in actions developed in initial formation, to enhance the formation of a teacher STS / autonomous / criticalreflective? From this questioning, we aim to define and characterize dimensions to be contemplated in initial teacher education, from a STS perspective, based on the critical-reflective model. Next, build a critical-reflexive STS teacher training proposition that includes elements to contribute to the elaboration and development of formative practices to be developed within the initial formation of chemistry teachers. Knowing that there is a polysemy in STS Education, we aim for a scientific education committed to social transformation, the emancipation of subjects and social justice. We understand, therefore, that it contributed to the development of social commitments in the face of problems not established and marked by social, political and economic imbalances. We carried out in the first three chapters bibliographical reviews and a documentary research with the subprojects of Pibid de Goiás public notice 2013, at the end of chapter two. For data construction, we used focus group. The focus groups were conducted after the documentary analysis in chapter two, in which we identified the subproject that contained explicit actions, based on the theoretical-methodological assumptions of STS Education. We analyze our data from the STS critical-reflexive teaching formative proposition, formed by three dimensions: a) Principles; b) Social responsibility; c) Professional requirements. From the STS Critical-Reflective Teacher Formative Proposition, we can see that it enables the analysis and evaluation of students / teachers conceptions regarding STS assumptions, as a great potential for the construction of didactic and formative proposals in this perspective. Thus, we show that the dimensions that are our Thesis have demonstrated a degree of critical-reflexive operability and important utility, which can contribute not only to the analysis of STS conceptions, but also as future STS formative pedagogical proposals for the formation. initial Our proposition thus acquires, from the focus group data analysis, a theoretical and methodological support for works in the line of STS Education. We need to make it clear that the elaboration of this formative proposition is an intellectual elaboration of theoretical character, which will enable possible empirical researches and deeper theoretical essays that may emerge as future perspectives for teacher education, based on the assumptions of STS Education, from a critical model perspective. -reflexive / criticaltransformer.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Instituto de Química, Instituto de Física, Faculdade UnB Planaltina, Faculdade de Educação, 2019.
Appears in Collections:IQ - Doutorado em Educação em Ciências (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/38351/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.