Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/3828
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2009_AmandaFreitasVasconcelos.pdf480 kBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorDavid, Ana Cristina de-
dc.contributor.advisorBenck, Rossana Travassos-
dc.contributor.authorVasconcelos, Amanda Freitas-
dc.date.accessioned2010-03-02T22:33:36Z-
dc.date.available2010-03-02T22:33:36Z-
dc.date.issued2010-03-02-
dc.date.submitted2009-04-24-
dc.identifier.citationVASCONCELOS, Amanda Freitas. A influência de um programa em educação física no desenvolvimento motor das crianças da educação infantil. 2009. 72 f., il. Dissertação (Mestrado em Educação Física)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/3828-
dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação Física, 2009.en
dc.description.abstractNo processo do desenvolvimento motor humano, figuram componentes como as habilidades motoras e aquelas voltadas ao desempenho motor, representadas pelas capacidades físicas. Aproximadamente aos dois anos a criança já possui a base necessária para explorar o ambiente de formas variadas e independente. É nesse momento que se inicia o aprendizado das habilidades motoras fundamentais (GALLAHUE E OZMUN, 2005; PAYNE E ISSACS, 2007; ECKERT, 1993). Por volta dos cinco anos de idade a criança inicia a combinação dessas habilidades motoras ampliando seu repertório motor. A partir desse período, a experiência, juntamente com mudanças devido ao crescimento e maturação, irá propiciar, de forma significativa, o desenvolvimento de várias capacidades físicas e melhoria no desempenho motor. Visando avaliar a influência de um Programa em Educação Física (PROEFI) no desempenho motor das crianças de cinco a sete anos de idade da rede pública do Plano Piloto do Distrito Federal foram comparados os resultados de força explosiva de membros inferiores e agilidade do pré e pós-teste em 200 crianças de quatro Jardim de Infância: três grupos experimentais e um grupo controle.Os testes utilizados foram, respectivamente, o teste de impulsão horizontal e o teste Shuttle Run. A estatística utilizada foi, inicialmente, a estatística descritiva, seguida da análise de variância de medidas repetidas (nível de significância adotado de p≤0,05 e post-hoc de Tukey) e a análise de covariância para variáveis em que os grupos tenham iniciado a coleta com valores muito diferentes. Os resultados mostraram que não houve uma tendência clara entre os grupos experimentais e grupo controle antes e após a intervenção. No teste de impulsão horizontal duas escolas melhoraram seu desempenho significativamente, enquanto outras duas, incluindo o grupo controle, não obtiveram o mesmo resultado. Além disso, uma das escolas do grupo experimental melhorou significativamente seus resultados de desempenho em relação à escola do grupo controle. No teste shuttle run, uma escola melhorou significativamente seus resultados, enquanto as outras três, incluindo o grupo controle, não mostraram o mesmo comportamento. Esta mesma escola mostrou tendência à significância quando comparada com a escola do grupo controle. Quando comparados gêneros e séries, meninos e crianças mais velhas se saíram melhores que as meninas e os mais novos. Embora tendo apresentado diferenças significativas quando comparadas as avaliações individualmente, estes dois estratos demonstraram receber influência de forma equivalente quando submetidas ao programa motor avaliado. _______________________________________________________________________________ ABSTRACTen
dc.description.abstractIn the human motor development process, it is seen components such as motor abilities and those related to the motor performance; they are represented by physical skills. At the age of two, a child already possesses the necessary base to explore the environment in varied and independently forms. It is at this moment that the learning of the basic motor skills is initiated (GALLAHUE and OZMUN, 2005; PAYNE AND ISSACS, 2007; ECKERT, 1993). Around the age of five, the child begins the combination of these motor skills to their extending motor repertoire. From this stage on, the experience and the changes due to the growth and maturation will propitiate, in an impacting way, the development of some physical skills and the improvement in the motor performance. The aim was at evaluating the physical education program (PROEFI) in the motor performance of children from five to seven years old in public schools of Plano Piloto, Distrito Federal. The results of explosive muscular strength of lower limbs and agility of pre and post tests were compared between 200 children of four kindergarten schools: three experimental groups and one control group. The tests were, respectively, the standing long jump and the shuttle run test. The statistics was, initially, a descriptive one, followed by the analysis of the variance of repeated measures (level of significance adopted of p≤0,05 and posthoc of Tukey) and the analysis of covariance for those variables in which groups have initiated the tests with different values. The results showed no clear tendency between the experimental and the control groups before or after the intervention. In the standing long lump, two schools have impacting improved their performance, while the other two, including the control group, have not reached the same result. Besides that, one of the schools of the experimental group has greatly improved its performance results in relation to the control group school. In the shuttle run test, one school has shown great improvement in its results, while the other three, including the control group, have shown the same results. This same school showed a tendency to significance when compared to the control group school. When genders and grades are compared, boys and older children had better results than girls and younger children. Although having presented huge differences in comparison to individual evaluation, these two groups have demonstrated receiving equivalent influence when submitted to the evaluated motor program.en
dc.language.isoPortuguêsen
dc.rightsAcesso Abertoen
dc.titleA influência de um programa em educação física no desenvolvimento motor das crianças da educação infantilen
dc.title.alternativeThe influence of a physical education program in the motor development of children in early educationen
dc.typeDissertaçãoen
dc.subject.keywordCapacidade motora - criançasen
dc.subject.keywordEducação física - criançasen
dc.location.countryBRAen
Appears in Collections:FEF - Mestrado em Educação Física (Dissertações)
UnB - Brasília 50 anos

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/3828/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.