Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/38260
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_AnaBeatrizOliveiraChamploni.pdf585,97 kBAdobe PDFView/Open
Title: Maternidade e retorno ao trabalho : a encruzilhada para a superação da desigualdade de gênero
Authors: Champloni, Ana Beatriz Oliveira
Orientador(es):: Galinkin, Ana Lúcia
Assunto:: Maternidade
Trabalho e família
Mulheres - emprego
Issue Date: 26-Jun-2020
Citation: CHAMPLONI, Ana Beatriz Oliveira. Maternidade e retorno ao trabalho: a encruzilhada para a superação da desigualdade de gênero. 2020. 64 f., il. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações) -- Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: Objetiva-se neste trabalho verificar como está sendo o retorno ao trabalho de mulheres após terem filho(s) e se a questão presente na literatura científica sobre discriminação de gênero e se as participantes referem que o sucesso na conciliação entre cuidados com a prole e emprego é determinante para que a mulher seja economicamente ativa se encontra presente na fala das trabalhadoras entrevistadas. Como objetivos específicos investigou-se: a) quais são as estratégias para se fazer essa conciliação; b) e se o acesso a um período de afastamento remunerado do trabalho associado a uma rede de apoio na maternidade influenciaria no sucesso dessa conciliação. Para tanto, foram realizadas entrevistas com dez mulheres residentes de Brasília e cidades do entorno, que tiveram filhos enquanto estavam empregadas. Os resultados foram analisados, inicialmente, de maneira descritiva e, posteriormente, de acordo com o referencial teórico de gênero que ressalta que as desigualdades entre homens e mulheres são fundamentalmente uma construção social. Foi observado na fala das entrevistadas que a questão do manejo entre trabalho e as novas responsabilidades com um filho ainda exerce um grande peso na trajetória profissional de uma mulher. As estratégias de conciliação envolvem uma rede de apoio e a contratação remunerada de pessoas que cuidem da criança e que o acesso a uma licença remunerada aumenta o engajamento com o emprego, mas não necessariamente significa maior probabilidade de retenção no mesmo. O esforço da mulher para se manter no mercado de trabalho após a maternidade se manifesta como sendo muito mais uma preocupação individual do que social.
Abstract: The objective of work is to verify the return to work of women after having children occurs and whether the issue present in the scientific literature about gender discrimination that the success in reconciling care with offspring and employment is a determinant for women to be economically active is present in the speech of the female workers interviewed. As a specific objective, we investigated what the strategies for reconciling work and family were and whether access to paid time off from work and the presence or absence of a support network in maternity influenced the success of this reconciliation. To this end, we conducted interviews with 10 women living in Brasilia and surrounding cities who had children while in employment. We analyzed the results according to the theoretical gender reference that emphasizes that inequalities between men and women are fundamentally a social construction. We observed in the interviewees' speech that the issue of management between work and new responsibilities with a child still exerts a great weight on a woman's professional trajectory. Reconciliation strategies involve a support network and the hiring of paid caregivers. Access to paid leave increases engagement with the job, but does not necessarily mean greater likelihood of retaining it afterwards. Women's efforts to remain in the labor market after maternity appears to be much more of an individual concern than a social one.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações, 2020.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:PSTO - Mestrado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/38260/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.