Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/38045
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_MuriloMangabeiraChaves.pdf1,56 MBAdobe PDFView/Open
Title: A luta por autodeterminação : desracialização e descolonização no pensamento de Frantz Fanon
Authors: Chaves, Murilo Mangabeira
Orientador(es):: Bernardino-Costa, Joaze
Assunto:: Fanon, Frantz, 1925-1961 - crítica e interpretação
Colonialismo
Racismo
Desracialização
Descolonização
Issue Date: 16-Jun-2020
Citation: CHAVES, Murilo Mangabeira. A luta por autodeterminação: desracialização e descolonização no pensamento de Frantz Fanon 2019. 134 f., il. Dissertação (Mestrado em Sociologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: Esta dissertação procurou discutir criticamente alguns conceitos, ideias e preocupações investigativas de Frantz Fanon em três de seus textos: Pele negra, máscaras brancas, Os condenados da terra e Racismo e cultura. Percorrendo os textos, constatamos que é possível sintetizar o pensamento de Frantz Fanon sobre reprodução social e mudança social em três fases: contexto colonial, luta de libertação e independência recente. Durante a fase de contexto colonial são relatados os mecanismos de manutenção da ordem colonial por meio da linguagem, das instituições sociais, do controle social, do racismo contra grupos não-brancos e da violência sistematizada. Durante a fase da luta de libertação podemos ver a eclosão de questionamentos do colonialismo e a instauração de conflitos abertos visando a mudança social nas sociedades colonizadas. Também constatamos como as camadas sociais de comportam durante esse período. Na fase de independência recente, discutimos como o colonialismo se modifica para manter vantagens econômicas e diplomáticas entre os países. Durante essa fase, percebemos que os acordos econômicos, as ações das elites dirigentes e as relações diplomáticas atualizam as formas de exploração antigas configurando o neocolonialismo. Também encontramos elementos para compreender os conceitos de desracialização e descolonização. Concluímos que esses dois conceitos ajudam a caracterizar o conceito de configuração colonialista, que permite classificar as sociedades na contemporaneidade. Também concluímos que a proposta de novo humanismo no conjunto do pensamento de Frantz Fanon tem a ideia de autodeterminação como princípio básico e que sua obra ainda possui relevância para analisar questões sociais contemporâneas.
Abstract: This dissertation discussed critically some concepts, ideas and reflections of Frantz Fanon in three of his texts: Black skins, white masks, The wretched of the earth and Racism and culture. Going through the texts, we found that it is possible to synthesize Frantz Fanon’s thought on social reproduction and social changing in three phases: colonial context, fight for liberation and recent Independence. During the phase of colonial context, we report the engines to keep colonial pattern through the language, social institutions, social control, racism against non-white groups and systematic violence. During the phase of fight for liberation, we can see the emergence of some questionings of colonialism as well as the opening of clear conflicts aiming social changings into colonized societies. We also found how the social classes act during this period. In the phase of recent Independence, we discussed how colonialism transforms itself to maintain economic and diplomatic advantages between countries. During this phase, we can realize that the economic arrangements, the actions of the ruling elite and the diplomatic relationships update the ancient forms of exploration shaping the neocolonialism. We also found elements to understand the concepts of deracialization and decolonization. We concluded that these two concepts characterize the concept of colonialist configuration. Finally, we concluded that the proposal of new humanism in Frantz Fanon’s brings the idea of self-determination as its basic tenet and that his writings are still relevant to analyze contemporary social questions.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Appears in Collections:SOL - Mestrado em Sociologia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/38045/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.