Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/37951
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_AnaPaulaOliveiradeOliveiraMiranda.pdf1,16 MBAdobe PDFView/Open
Title: Educação científica como laboratório de diálogos fraternos
Authors: Miranda, Ana Paula Oliveira de Oliveira
metadata.dc.contributor.email: ana.oliveiragen@gmail.com
Orientador(es):: Gastal, Maria Luiza de Araújo
Assunto:: Professores - formação
Professores de ciência
Freire, Paulo, 1921-1997 - crítica e interpretação
Narrativas autobiográficas
Lubich, Chiara, 1920-2008 - crítica e interpretação
Issue Date: 2-Jun-2020
Citation: MIRANDA, Ana Paula Oliveira de Oliveira. Educação científica como laboratório de diálogos fraternos. 2019. 90 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: A educação é um processo dinâmico, ligado à bagagem histórica e política dos indivíduos, sendo considerada um ato político. Portanto, é evidente a importância de fatores históricos na composição do processo educacional. No entanto, percebe-se uma deficiência na formação inicial dos professores de ciências, que apresenta-se fragmentada e distante do preparo necessário para um posicionamento reflexivo para uma educação para uma cidadania global. Como resposta a essa deficiência formativa e para possibilitar o desenvolvimento de uma educação libertadora política e transformadora apresentam-se como teóricos de destaque Paulo Freire e Chiara Lubich. É possível traçar inúmeros paralelos entre Freire e a Pedagogia da Unidade de Lubich, tendo como aspecto central uma proposta de diálogo com base no princípio da fraternidade. Embora o termo seja compreendido por Freire e Lubich a partir de perspectivas distintas, ambos concorrem para uma compreensão de educação que pressupõe a inclusão, em suas bases, da diversidade cultural e étnica, além da diversidade e individualidade humana. O presente trabalho teve como propósito investigar a percepção de professores em formação inicial sobre temas controversos da Biologia, sua importância para a formação cidadã e possíveis dificuldades no desenvolvimento desses temas em sala de aula. Com base nessas percepções, propôs-se reflexões sobre a educação numa perspectiva de fraternidade e de diálogo, para analisar nos sujeitos da pesquisa o desenvolvimento de novas percepções sobre o conflito e a multiculturalidade, através da compreensão de experiência proposta por Larossa. Para tanto, foi desenvolvida uma pesquisa qualitativa utilizando as as narrativas autobiográficas como metodologia de investigação-formação. O trabalho de pesquisa resultou, por fim, numa proposta de intervenção didática na forma de curso de extensão cuja base teórico-metodológica tem por pilares a perspectiva dialógica da educação de Paulo Freire, o princípio da fraternidade da Pedagogia da Unidade e a experiência larrosiana.
Abstract: Education is a dynamic process, linked to the historical and political background of individuals, being considered a political act. Therefore, the importance of historical factors in the composition of the educational process is evident. However, there is a deficiency in the initial formation of science teachers, which is fragmented and far from the necessary preparation for a thoughtful positioning for an education for global citizenship. In response to this formative deficiency and to enable the development of a liberating political and transformative education, Paulo Freire and Chiara Lubich stand out as leading theorists. Numerous parallels can be drawn between Freire and Lubich's Pedagogy of Unity, with a proposal for dialogue based on the principle of fraternity as its central aspect. Although the term is understood by Freire and Lubich from different perspectives, both lead to an understanding of education that presupposes the inclusion, in its foundations, of cultural and ethnic diversity, as well as human diversity and individuality. The present work aimed to investigate the perception of teachers in initial formation about controversial subjects of Biology, its importance for a citizenship formation and possible difficulties in the development of these subjects in the classroom. Based on these perceptions, it was proposed reflections on education in a perspective of fraternity and dialogue, to analyze in the research subjects the development of new perceptions about conflict and multiculturalism, through the understanding of experience proposed by Larossa. To this end, a qualitative research was developed using autobiographical narratives as a research-training methodology. Finally, the research work resulted in a proposal for a didactic intervention in the form of an extension course which has a theoretical and methodological basis on the dialogical perspective of Paulo Freire's education, the principle of fraternity of Pedagogy of Unity and the Larrosian experience.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Instituto de Física, Instituto de Química, Faculdade UnB Planaltina, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:IQ - Mestrado Profissionalizante em Ensino de Ciências (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/37951/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.