Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/37912
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_ThiagodeRoureBandeiradeMello.pdf3,77 MBAdobe PDFView/Open
Title: Efeitos da adição de nutrientes na vegetação herbáceo- arbustiva e interações acima e abaixo do solo em um cerrado típico
Authors: Mello, Thiago de Roure Bandeira de
metadata.dc.contributor.email: thiagorbm@gmail.com
Orientador(es):: Bustamante, Mercedes Maria da Cunha
Assunto:: Invasão biológica
Savana - Brasil
Poaceae
Flores - cultivo
eutrofização
Issue Date: 28-May-2020
Citation: MELLO, Thiago de Roure Bandeira de. Efeitos da adição de nutrientes na vegetação herbáceo-arbustiva e interações acima e abaixo do solo em um cerrado típico. 2019. 130 f., il. Tese (Doutorado em Ecologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: O estudo foi realizado em um experimento de fertilização de longa duração, na Reserva Ecológica do IBGE, Brasília, DF consistindo de 20 parcelas de 15 x 15 m representando cinco tratamentos: 1) Nitrogênio, 2) Fósforo, 3) N+P, 4) Calagem e 5) Controle. Adições bianuais dos fertilizantes foram feitas de 1998 a 2006. Considerando as indicações de uma ciclagem conservativa de nutrientes e a importância das interações acima (e.g. polinizadores) e abaixo (e.g. fungos micorrízicos arbusculares − FMA) do solo, avaliou-se 1) a composição da vegetação após 3 anos e 9 anos sem novas adições de nutrientes, 2) os efeitos no investimento em reprodução (i.e. produção de flores) e no número de visitantes florais e 3) se as alterações na disponibilidade de nutrientes e na comunidade vegetal teriam efeito sobre a comunidade de FMA. Após 3 e 9 anos sem novas adições de nutrientes, a vegetação herbáceo−arbustiva ainda diferiu em relação às parcelas Controle, particularmente nos tratamentos Ca, P e NP, onde ocorreu a invasão pela gramínea C4 exótica Melinis minutiflora P.Beauv.. Os teores de nutrientes foliares continuaram alterados, particularmente no tratamento Ca. A produção de flores por m2 mostrou diminuição no tratamento Ca, e foi maior entre as estações seca e chuvosa. O número de visitantes por flor foi menor no tratamento Ca e maior na estação chuvosa. As comunidades de FMA após 11 anos sem adição de nutrientes diferiram em relação ao controle, principalmente em Ca e NP, com alterações no total de esporos e na composição das comunidades. O estudo indicou efeitos de longo prazo da adição de nutrientes que permanecem mesmo após 9 a 11 anos sem novas adições, tanto na vegetação como na comunidade de FMA. As alterações são particularmente evidentes nas parcelas Ca indicando a influência do pH do solo na vegetação e em suas interações ecológicas.
Abstract: The study was carried out in a long-term fertilization experiment at the IBGE Ecological Reserve, Brasília, DF, consisting of 20 15 x 15 m plots representing five treatments: 1) Nitrogen, 2) Phosphorus, 3) N+P, 4) Liming and 5) Control. Biannual fertilizer additions were made from 1998 to 2006. Considering the indications of a conservative nutrient cycling and the importance of interactions above (e.g. pollinators) and belowground (e.g. arbuscular mycorrhizal fungi - AMF), it was evaluated 1) the vegetation compostion after 3 years and 9 years without new nutrient additions, 2) the effects on investment in reproduction (i.e. flower production) and on the number of plant floral visitors and 3) whether the changes in nutrient availability and plant community would affect the AMF community. After 3 and 9 years without new nutrient additions, the herbaceous-shrubby vegetation still differed from Control plots, particularly in the Ca, P and NP treatments, where there was an invasion by the exotic C4 grass Melinis minutiflora P.Beauv. The leaf nutrient contents continued to be altered, particularly in the Ca treatment. The production of flowers per m2 showed a decrease in the Ca treatment, and was higher between the dry and rainy seasons. The number of visitors per flower was lower in the Ca treatment and higher in the rainy season. The AMF communities after 11 years without addition of nutrients differed in relation to control, especially in Ca and NP, with changes in the total spores and in the composition of the AMF communities. The study indicated long-term effects of the addition of nutrients that remain even after 9 to 11 years without new additions, both in vegetation and in the AMF community. The changes are particularly evident in the Ca plots indicating the influence of soil pH on vegetation and its ecological interactions.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:ECL - Doutorado em Ecologia (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/37912/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.