Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/37906
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_PatríciaBatistaFreitag.pdf27,61 MBAdobe PDFView/Open
Title: Crítica e emancipação : a reforma do ensino de Arquitetura e Urbanismo na América Latina (1950 – 1980)
Authors: Freitag, Patrícia Batista
Orientador(es):: Faria, Rodrigo Santos de
Assunto:: Arquitetura e urbanismo - estudo e ensino
Educação emancipadora
América Latina
Pedagogia crítica
Issue Date: 28-May-2020
Citation: FREITAG, Patrícia Batista. Crítica e emancipação: a reforma do ensino de Arquitetura e Urbanismo na América Latina (1950 – 1980). 2019. 224 f., il. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: O ensino de arquitetura e urbanismo na América Latina é abordado nessa tese à luz da estruturação da crítica latino-americana no período de 1950 – 1980, um momento histórico marcado por revisões do modernismo enquanto movimento universalista e da modernização enquanto projeto de desenvolvimento. Nesse período, um conjunto de Escolas organizaram-se pedagogicamente a partir de uma compreensão inovadora acerca do papel da arquitetura face ao aprofundamento da complexidade latino-americana. Questionamentos a respeito da relação do arquiteto com a sociedade, da estética universalista como não representativa das condições e anseios locais, da estrutura do conhecimento conservador e fragmentado em sua dificuldade de assimilação da realidade, figuravam o ambiente de inquietude no meio acadêmico. A pesquisa foi realizada a partir do estudo de três escolas – Escola de Arquitetura e Desenho de Valparaíso (Chile), Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (Brasil) e a Escola de Arquitetura e Urbanismo Autogobierno (México), a partir da abordagem que procura identificar a emergência dessas escolas não apenas como instituições isoladas em seus contextos locais, mas enquanto processo regional constituído por elementos e motivações comuns, em um movimento de redefinição da arquitetura como parte de um projeto político- intelectual na construção de uma narrativa latino-americana, e que por sua vez alinha-se às propostas originadas a partir do campo da pedagogia, mais especificamente de sua vertente denominada como “Pedagogia Crítica”.
Abstract: The teaching of architecture and urbanism in Latin America is approached in this thesis in the light of the structuring of Latin American criticism in the period from 1950 - 1980, a historical moment marked by revisions of modernism as a universalist movement and modernization as a development project. During this period, a set of schools were pedagogically organized from an innovative understanding of the role of architecture in the face of the deepening of Latin American complexity. Questions about the architect's relationship with society, the universalist aesthetics as not representative of local conditions and desires, the structure of conservative knowledge and fragmented in its difficulty to assimilate reality, figured the climate of unrest in the academic environment. The research was conducted by the study of three schools - Valparaiso School of Architecture and Design (Chile), University of São Paulo School of Architecture and Urbanism (Brazil) and the Autogobierno School of Architecture and Urbanism (Mexico), through an approach that seeks to identify the emergence of these schools not only as isolated institutions in their local contexts, but as a regional process constituted of common elements and motivations, in a movement of architectural redefinition as part of a political-intellectual project in the construction of a latin- american narrative, which in turn aligns itself with the proposals originated from the field of pedagogy, more specifically from the movement called “Critical Pedagogy”.
Resumen: La enseñanza de la arquitectura y el urbanismo en América Latina se aborda en esta tesis a la luz de la estructuración de la crítica latinoamericana en el período 1950-1980, un momento histórico marcado por las revisiones del modernismo como movimiento universalista y la modernización como proyecto de desarrollo. Durante este período, un conjunto de escuelas se organizaron pedagógicamente a partir de una comprensión innovadora del papel de la arquitectura frente a la profundización de la complejidad latinoamericana. Las preguntas sobre la relación del arquitecto con la sociedad, la estética universalista como no representativa de las condiciones y deseos locales, la estructura del conocimiento conservador y fragmentado en su dificultad para asimilar la realidad, determinaron el ambiente de inquietud en el entorno académico. La investigación se realizó a partir del estudio de tres escuelas: la Escuela de Arquitectura y Diseño Valparaíso (Chile), la Escuela de Arquitectura y Urbanismo de la Universidad de São Paulo (Brasil) y la Escuela de Arquitectura y Urbanismo Autogobierno (México), desde un enfoque que busca identificar el surgimiento de estas escuelas no solo como instituciones aisladas en sus contextos locales, sino como un proceso regional constituido de elementos y motivaciones comunes, en un movimiento de redefinición arquitectónica como parte de un proyecto políticointelectual en la construcción de una narrativa latino-americana, que a su vez se alinea con las propuestas originadas en el campo de la pedagogía, más específicamente desde la tendência llamada "Pedagogía Crítica".
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Programa de Pós Graduação em Arquitetura e Urbanismo, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FAU - Doutorado em Arquitetura e Urbanismo (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/37906/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.