Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/37749
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2002_LaradePodestaHaje.pdf
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.accessRestricted???
5,54 MBAdobe PDF ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.restrito???
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorRibeiro, Lavina Madeira-
dc.contributor.authorHaje, Lara de Podestá-
dc.date.accessioned2020-05-14T21:45:17Z-
dc.date.available2020-05-14T21:45:17Z-
dc.date.issued2020-05-14-
dc.date.submitted2002-03-
dc.identifier.citationHAJE, Lara de Podesta. Esferas públicas feministas na internet. 2002. 137 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação)-Universidade de Brasília, Brasília, 2002.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.unb.br/handle/10482/37749-
dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Comunicação, 2002.pt_BR
dc.description.abstractA partir da constatação de que nas publicações ditas femininas as reivindicações feministas ganham pouco espaço, principalmente devido à vinculação das temáticas com o consumo, busca-se na internet uma nova possibilidade de publicização para o movimento feminista. Muito embora os grandes grupos de mídia privados tenham ocupado em grande parte a world wide web e as páginas femininas sejam, em geral, meras extensões das publicações impressas, resta algum potencial transformador para a rede, advindo de suas características interativas e de espaço não-territorial e ilimitado. A proposta da dissertação passa pela discussão das potencialidades da rede para a formação de esferas públicas habermasianas e pela análise de como o movimento feminista vem se apropriando e pode se apropriar desse espaço.pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rightsAcesso restritopt_BR
dc.titleEsferas públicas feministas na internetpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subject.keywordMovimentos sociaispt_BR
dc.subject.keywordInternetpt_BR
dc.subject.keywordMovimento feministapt_BR
dc.subject.keywordMídia digitalpt_BR
dc.description.abstract1The dissertation searches for a new possibility of publicity for the feminist movement in the internet, since the feminist issues do not gain enough space in the pminine publications, especially because of the relation between the thematic and consume. The world wide web have been appropriated by private media groups and the feminine sites can be considered mere extensions of the printed publications. Nevertheless, there is still some emancipation potential left for the net, resulted from its Interactive characteristics and from the non-territorial and non-limited space. The dissertation's proposition is to analyze how this space has been and could be appropriated by the feminist movement to create habermasian public spheres.pt_BR
Appears in Collections:FAC - Mestrado em Comunicação (Dissertações)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/37749/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.