Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/37740
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1992_JoseMariadaSilva.pdf
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.accessRestricted???
3,87 MBAdobe PDF ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.restrito???
Title: Na periferia do sucesso : um estudo sobre as condições de produção e significação da cultura musical brega
Authors: Silva, José Maria da
Orientador(es):: Carvalho, José Jorge de
Assunto:: Música brega
Cultura popular
Música - aspectos sociais
Issue Date: 14-May-2020
Citation: SILVA, José Maria da. Na periferia do sucesso: um estudo sobre as condições de produção e significação da cultura musical brega.1992. 158 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação)—Universidade de Brasília, Brasília, 1992.
Abstract: A temática deste trabalho recai sobre o universo da "cultura brega". Não obstante o sentido generalizador e negativo que esta nomeação adquire no país, o estudo tem como ponto fundamental de partida os processos de produção e recepção da música brega na Região Norte (nos estados do Pará e Amapá), à qual percebe-se uma correpondência de positividade na sociabilidade das classes populares. Ao final da década de 70, surge um tipo de música no Pará produzido por pessoas pertencentes aos segmentos mais pobres das áreas urbanas e dirigida à fruição desse mesmo contexto e da população do interior. Somente no início dos anos 80 aquela música passou a ser identificada com a palavra "brega" e sua recepção só pode ser compreendida no contexto das relações sociais de seu público. Já a partir de 1987, com a exibição da novela "Brega e Chique", a palavra brega passou a compor o imaginário nacional, de acordo com as referências que estavam sendo veiculadas. Daí em diante, o termo tem sido amplamente utilizado como sinônimo de mau gosto ou algo inferior. Neste sentido, a palavra brega tornou-se um estereótipo para designar comportamentos, produtos culturais e músicas de conteúdo romântico e de consumo popular. Ao mesmo tempo que o estudo procura detectar um modo particular de utilização da cultura em um contexto específico, procura-se, também, analisar a lógica de produção e consumo da cultura de massa, à qual a designação "brega” está engendrada nos dias de hoje.
Abstract: The theme of this work is the universe of the "brega" culture. In spite of the negative meaning this concept has acquired in the country, this study its starting point in the processes of production and receptiveness of the "brega"music in the Northern region (in Pará and Amapá states), in which is perceived a conformity of positiveness in the working class' sociability. At the last seventies it appeared a kind of music in Pará state produced by local people belonging to poorer classes in the urban areas and addressed to fruition of that same context as well as of the rural population. Only at the early eighties that music was identified with the word "brega". Consequently, its receptiveness can be understood only within the context of the social relations of this public. From 1987, with the soap opera "Brega e Chique", the word "brega" proceeded to form a national imaginary, according to references that were been shown. Thereafter this term has been used widely as synonym of in bad taste or something that is of lower quality. In this meaning, the word "brega" became a stereotype to express behaviour, culture goods and romantic style music and of popular consumption. At the same time that this study tries to identify a particular way to make use of culture in a specific context, this one also tries to analyse the logic of production and consumption of mass culture in which the designation "brega" is imagined nowadays.
Description: Dissertação (Mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade Comunicação, Programa de Pós-Graduação em Comunicação, 1992.
Appears in Collections:FAC - Mestrado em Comunicação (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/37740/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.