Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/37664
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_ServicoPublicoCapital.pdf367,64 kBAdobe PDFView/Open
Title: Serviço público e a capital dos concursos : uma análise crítica da categoria concurseiro no Distrito Federal
Other Titles: Public service and the competition capital : a critical analysis of the competition category in the Federal District
Authors: Roza Pinel, Walace
Rêses, Erlando da Silva
metadata.dc.identifier.orcid: https://orcid.org/0000-0003-3932-9375
https://orcid.org/0000-0002-0466- 0167
Assunto:: Educação - Brasil
Política pública
Serviço público - concursos
Meritocracia
Programa de ações afirmativas
Issue Date: Mar-2020
Publisher: Universidade Estadual do Tocantins (Unitins)
Citation: ROZA PINEL, Walace; RÊSES, Erlando da Silva. Serviço público e a capital dos concursos: uma análise crítica da categoria concurseiro no Distrito Federal. Revista Humanidades e Inovação, Palmas, v. 7, n. 7, 2020. Disponível em: https://revista.unitins.br/index.php/humanidadeseinovacao/article/view/2541. Acesso em: 11 maio 2020.
Abstract: O artigo analisa, a partir da categoria “concurseiro”, práticas sociais e discursos alinhados com o individualismo e competitividade que impactam jovens-adultos na região de Brasília. Nesse sentido, procura compreender de que forma a expansão dos concursos, especialmente entre 2002 e 2016, contribuiu para defesa do serviço público ao mesmo tempo em que fortaleceu ideologias neoliberais de meritocracia e “empreendedorismo” individual. Ao final, propõe a defesa do ingresso no serviço público como possível instrumento democrático de ascensão social das classes menos favorecidas, timidamente contempladas com as atuais políticas de cotas.
Abstract: The article analyses, from the “concurseiro” category, social practices and discourses aligned with individualism and competitiveness that impact young adults in the Brasília region. In this sense, it seeks to understand how the expansion of contests, especially between 2002 and 2016, contributed to the defense of public service while strengthening neoliberal ideologies of meritocracy and individual “entrepreneurship”. In the end, it proposes the defense of entry into public service as a possible democratic instrument of social ascension of the less favored classes, timidly contemplated with the current policies of quotas.
Licença:: A revista Humanidades e Inovação (ISSN: 2358-8322) está licenciada com uma Licença Creative Commons (CC BY-NC).
Appears in Collections:TEF - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/37664/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.