Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/37442
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_HelderCanaldeOliveira.pdf3,31 MBAdobe PDFView/Open
Title: Movimento Armorial e Agitação Cultural Mangue : embates sobre autenticidade, crítica social e cultura popular na interpretação da identidade cultural brasileira
Authors: Oliveira, Helder Canal de
Orientador(es):: Tavolaro, Sergio Barreira de Faria
Assunto:: Movimento Armorial
Agitação Cultural Mangue
Identidade cultural
Cultura de massa
Cultura popular
Crítica social
Autenticidade
Issue Date: 13-Apr-2020
Citation: OLIVEIRA, Helder Canal de. Movimento Armorial e Agitação Cultural Mangue: embates sobre autenticidade, crítica social e cultura popular na interpretação da identidade cultural brasileira. 2019. 410 f., il. Tese (Doutorado em Sociologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: Esta pesquisa compara os discursos do Movimento Armorial e da Agitação Cultural Mangue sobre a identidade cultural brasileira. O objetivo dessa investigação é compreender como cada Movimento estético-cultural entende a identidade cultural brasileira e quais são os aspectos elencados para corroborarem tais perspectivas. Para tanto, discute-se os seguintes temas: autenticidade, crítica social, cultura popular, nacional e global e suas relações com a identidade cultural brasileira. A respeito desses temas, a ênfase recai sobre os pontos de contato e as discrepâncias no discurso de cada Movimento. Para uma melhor compreensão dessas questões, também são discutidas as bases estéticas do Movimento Armorial e da Agitação Cultural Mangue, além de um breve relato de suas histórias. Desse modo, conclui-se que se a visão predominante em boa parte do século XX sobre a identidade cultural brasileira tinha a miscigenação como sua grande orientadora, tal perspectiva foi compartilhada pelo Armorial; por outro lado, no final desse século essa percepção muda para a diversidade, coadunada pelo Mangue.
Abstract: This dissertation investigates two artistic movements that agitated the cultural scene of Pernambuco state (Brazil) in the final decades of the 20th century, namely, the Armorial Movement and the Manguebeat Movement. The research is mainly interested in examining their different and competing narratives on the Brazilian cultural identity. I dedicate special attention to the following topics that surround their somewhat tumultuous relations: authenticity, social critique, popular culture, and last but not least the relationship of the Brazilian cultural life with national and global parameters. Concerning these topics, the emphasis of the dissertation is on the discrepancies and convergences in the discourses of such Movements. For a better understanding of these issues I will provide an account of the peculiar histories of both the Armorial and Manguebeat as well as an analysis of the aesthetic bases and intellectual platforms embedded in their cultural production. Therefore, it is concluded that as I intend to show, while the Armorial Movement held to the idea of miscegenation as the most remarkable trait of Brazil’s identity, by the end of the 20th century the musical production of Manguebeat embraced the notion of cultural diversity as the prevailing aspect of Brazilian society.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, Programa de Pós-Graduação em Sociologia, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Appears in Collections:SOL - Doutorado em Sociologia (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/37442/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.