Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/37393
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2001_AndréViníciusLeyserdeSouza.pdf
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.accessRestricted???
16,24 MBAdobe PDF ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.restrito???
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorClímaco, João Carlos Teatini de Souza-
dc.contributor.authorSouza, Andre Vinicius Leyser de-
dc.date.accessioned2020-04-08T01:37:04Z-
dc.date.available2020-04-08T01:37:04Z-
dc.date.issued2020-04-07-
dc.date.submitted2001-09-28-
dc.identifier.citationSOUZA, André Vinícius Leyser de. Reforço de pilares curtos de concreto armado de seção quadrada com mantas de polímero reforçado com fibras de carbono. Brasília , 2001. xix, 133 f., il. Dissertação (Mestrado em Estruturas e Construção Civil)—Universidade de Brasília, Brasília, 2001.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.unb.br/handle/10482/37393-
dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil, 2001.pt_BR
dc.description.abstractO presente trabalho apresenta os resultados de um programa experimental com os ensaios à ruptura por compressão axial de seis grupos de pilares curtos de seção quadrada com 3 exemplares cada. Os pilares de três grupos foram reforçados com mantas flexíveis de polímero reforçado com fibras de carbono (CFRP) e em três grupos de controle os exemplares não foram reforçados. Nos pilares reforçados, foram simuladas reduções na resistência à compressão do concreto, de 41 MPa para 23 MPa, e nas taxas de armadura longitudinal comprimida, de 5,8% para 1,4%. Foram também ensaiados três grupos preliminares de pilares, para definição do modelo de teste, perfazendo, portanto, o total de 27 ensaios. Os objetivos da pesquisa foram a avaliação do comportamento à ruptura do sistema de reforço com CFRP e a comparação da capacidade resistente estimada dos pilares reforçados, segundo quatro formulações disponíveis, com os resultados experimentais, além da comparação com os exemplares sem reforço. Os resultados obtidos indicam que o sistema de reforço é eficiente, nas condições analisadas, e de aplicação simples. A formulação do ACI Committee 440 forneceu as estimativas mais precisas para a carga e deformação longitudinal últimas dos pilares reforçados. Entretanto, algumas questões devem ser melhor investigadas, como o emprego de coeficientes de correção para estimativa da carga última em pilares com seção não circular, as fórmulas para cálculo de deformações longitudinais máximas e a influência das condições ambientais sobre o sistema de CFRP.pt_BR
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rightsAcesso restritopt_BR
dc.titleReforço de pilares curtos de concreto armado de seção quadrada com mantas de polímero reforçado com fibras de carbonopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subject.keywordConcreto armadopt_BR
dc.subject.keywordPilarpt_BR
dc.contributor.advisorcoMelo, Guilherme Sales Soares de Azevedo-
dc.description.abstract1This work presents the results of a experimental programme involving uniaxial compression failure tests of six groups of reinforced concrete short columns with square cross section, with three specimens each. Three groups comprised columns externally strengthened with carbon fiber reinforced polymer (CFRP) sheets and three groups of common columns, for control purposes. In the strengthened groups, reductions were simulated in the concrete cylinder compressive strength (from 41 Mpa to 23 Mpa) and in the longitudinal compressive Steel ratios (from 5,8% to 1,4%). In a preliminary stage, three groups were tested to define the column specimen; therefore , the complete programme involved 27 tests. The main objectives of this research were to evaluate the failure performance of the strengthening system with CFRP, and to compare the experimental capacity of the repaired columns with theoretical values, obtained by four different methods. and with the control specimens results. Test results indicated that the CFRP system is efficient and easy to apply in the present conditions. The ACI Committee 440 method provided the most precise previsions for the ultimate loads and longitudinal strains of the repaired columns. However, some matters still have to be better investigated, such as the use of correction factors to estimate the maximum load of not circular cross sections columns, the expressions for the maximum longitudinal strains, and the environment influence on the CFRP system.pt_BR
Appears in Collections:ENC - Mestrado em Estruturas e Construção Civil (Dissertações)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/37393/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.