Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/37383
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_AnandadeMesquitaAraújo.pdf1,58 MBAdobe PDFView/Open
Title: Efeito de um probiótico multiestirpes sobre marcadores das respostas redox e inflamatória de adultos com constipação intestinal
Other Titles: Effect of a multi-species probiotic on markers of redox and inflammatory responses in adults with intestinal constipation
Authors: Araújo, Ananda de Mesquita
metadata.dc.contributor.email: nutriananda.araujo@gmail.com
Orientador(es):: Arruda, Sandra Fernandes
Coorientador(es):: Botelho, Patrícia Borges
Assunto:: Probióticos
Constipação intestinal
Resposta inflamatória
Redox
Antioxidantes
Issue Date: 7-Apr-2020
Citation: ARAÚJO, Ananda de Mesquita. Efeito de um probiótico multiestirpes sobre marcadores das respostas redox e inflamatória de adultos com constipação intestinal. 2019. 75 f., il. Dissertação (Mestrado em Nutrição Humana)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: Introdução: Sugere-se que a disbiose intestinal, caracterizada por um desequilíbrio da microbiota intestinal com predomínio de bactérias patogênicas é um importante mecanismo fisiopatológico da constipação intestinal. Uma estimulação prolongada de possíveis agentes patógenos na superfície da parede intestinal pode gerar uma liberação excessiva de espécies reativas de oxigênio e uma subsequente ou paralela, inflamação. Há evidências do efeito benéfico dos probióticos sobre a composição da microbiota intestinal e manutenção da sua homeostase, prevenindo e/ou tratando a disbiose e seus efeitos. O presente estudo propõe-se a avaliar o efeito do consumo de um probiótico multiestirpes sobre as respostas redox e inflamatória em adultos com constipação intestinal. Metodologia: Ensaio clínico, randomizado, controlado e duplo cego. 48 adultos, entre 19 e 56 anos, ambos os sexos, com constipação intestinal de acordo com a ferramenta Roma IV, que receberam um tratamento por 4 semanas divididos nos seguintes grupos: grupo probiótico multiestirpes em cápsulas, composto por 109 UFC de cada uma das seguintes estirpes de Lactobacillus acidophilus (NCFM), Lactobacillus casei (Lc-11), Lactococcus lactis (Ll-23), Bifidobacterium lactis (HN019) e Bifidobacterium bifidum (Bb-06) e o grupo controle com cápsulas contendo aproximadamente 5 g de maltodextrina. O ensaio foi dividido em dois momentos principais, T0 (baseline) e o T30 (final), em ambos os momentos foram coletados os questionários de saúde intestinal, Roma IV, registros alimentares, questionário internacional de atividade física (IPAQ), antropometria e coleta de sangue para dosagem de marcadores de danos oxidativo (MDA e proteina carbonilada), potencial antioxidante (FRAP, SOD, GST E CAT) e marcadores inflamatórios (IL-1β, IL-6, IL-8, IL-10, IL12, TNF-α and MCP-1). Resultados: O consumo de probióticos com múltiplas estirpes atenuou a redução da atividade das enzimas antioxidantes GPX e GST nos eritrócitos e melhorou de forma marginal o sintoma de sensação de defecação incompleta em pelo menos ¼ dos movimentos intestinais, comparado ao grupo placebo. Não foram observadas alterações na capacidade antioxidante total, danos oxidativo e marcadores inflamatórios no soro. Nossos dados sugerem 4 semanas de tratamento com um produto probiótico de múltiplas estirpes foi eficaz na manutenção de uma maior resposta antioxidante enzimática e no alívio dos sintomas da constipação intestinal, levando a uma melhor saúde intestinal.
Abstract: Introduction: Suggest that an intestinal disorder, characterized by an imbalance of the intestinal microbiota with a predominance of pathogenic bacteria and an important pathophysiological mechanism of intestinal constipation. Prolonged stimulation of possible pathogens on the surface of the intestinal wall can lead to excessive release of reactive oxygen species and subsequent or parallel inflammation. There are beneficial effects of probiotics on the composition of the intestinal microbiota and maintenance of its homeostasis, preventing and / or treating disorders and their effects. The present study aims to evaluate the effect of probiotic multidrug use on redox and inflammatory responses in adults with constipation. Methodology: Randomized, double-blind, controlled clinical trial. 48 adults, between 19 and 56 years old, both sexes, with constipation according to the Roma IV tool, who receive a treatment for 4 weeks divided into the following groups: multi-capsule probiotic group, consisting of 109 CFUs of each the following strains of Lactobacillus acidophilus (NCFM), Lactobacillus casei (Lc-11), Lactococcus lactis (Ll-23), Bifidobacterium lactis (HN019) and Bifidobacterium bifidum (Bb-06) and capsule control group of approximately 5 g of maltodextrin. The trial was divided into two main moments, T0 (baseline) and T30 (final), at both times were collected from intestinal health questionnaires, Roma IV, food records, international physical activity questionnaire (IPAQ), anthropometry. and blood collection for measurement of oxidative damage markers (MDA and carbonylated protein), antioxidant potential (FRAP, SOD, GST AND CAT) and inflammatory markers (IL-1β, IL-6, IL-8, IL-10, IL -12, TNF-α and MCP-1). Results: Consumption of probiotics with multiple strains attenuates the reduction of antioxidant enzyme activity GPX and GST in erythrocyte cases and better marginal or incomplete defecation deficiency symptoms at least of bowel movements when compared to the placebo group. No changes in total antioxidant capacity, oxidative damage and inflammatory markers in serum were observed. Our data suggested 4 weeks of treatment with a multiple probiotic product, which was effective in maintaining a higher enzymatic antioxidant response and no damage to constipation symptoms, causing better intestinal health.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Departamento de Nutrição, Programa de Pós-Graduação em Nutrição Humana, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Appears in Collections:NUT - Mestrado em Nutrição Humana (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/37383/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.