Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/37237
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_LíliamCalafellAraújoFranco.pdf2,29 MBAdobe PDFView/Open
Title: Complicações graves, near miss e mortes maternas em Unidade de Terapia Intensiva em Brasília, Distrito Federal, Brasil
Authors: Franco, Liliam Calafell Araújo
Orientador(es):: Pereira, Maurício Gomes
Coorientador(es):: Figueiredo, Ana Claudia Morais Godoy
Assunto:: Obstetrícia
Mortalidade materna
Near miss materno
Assistência obstétrica
Issue Date: 30-Mar-2020
Citation: FRANCO, Liliam Calafell Araújo. Complicações graves, near miss e mortes maternas em Unidade de Terapia Intensiva em Brasília, Distrito Federal, Brasil. 2019. 61 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: INTRODUÇÃO: Mundialmente, em 2015, o coeficiente de mortalidade materna foi 216 óbitos por 100.000 nascidos vivos. A maioria das morbidades que ocasiona o óbito pode ser tratada ou evitada. A identificação precoce de potenciais óbitos, near miss materno, é de suma importância para redução dos indicadores de mortalidade. OBJETIVO: Avaliar os fatores associados ao near miss materno em mulheres internadas em Unidade de Terapia Intensiva de um hospital de referência materno-infantil do Distrito Federal. MÉTODO: Pesquisa transversal, analítica, realizada em um hospital materno-infantil do Distrito Federal, em 2016. Foram incluídas todas as mulheres que apresentaram morbidade relacionada à gestação, ao parto e ao puerpério. Os dados foram coletados de documentos institucionais com registros da história clínica das participantes. As mulheres com near miss materno foram aquelas que apresentaram pelo menos um critério clínico, laboratorial e de manejo, conforme instrumento de avaliação da Organização Mundial de Saúde (OMS). As razões de prevalência bruta e ajustada, com respectivos intervalos de confiança a 95%, foram obtidas por meio da análise hierarquizada com regressão de Poisson robusta. A pesquisa foi aprovada por Comitê de Ética em Pesquisa. RESULTADOS: A amostra foi composta por 258 mulheres. A prevalência de near miss materno foi 38,8% e a razão de mortalidade materna de 2,8 óbitos por 1000 nascidos vivos. Mulheres com complicações hemorrágicas, eclampsia e disfunção respiratória apresentaram maior probabilidade de serem acometidas pelo desfecho, quando comparadas ao grupo não-exposto. CONCLUSÃO: Complicações hemorrágicas, eclampsia e sepse foram associadas positivamente com a ocorrência de near miss materno. Políticas públicas de saúde eficazes para prevenção da morbidade materna grave são necessárias para reduzir os indicadores de mortalidade nesse grupo populacional.
Abstract: INTRODUCTION: Globally, in 2015, the maternal mortality ratio was 216 deaths per 100,000 live births. Most morbidities leading to death can be treated or avoided. The early identification of potential deaths, the maternal near miss cases, is of paramount importance in reducing mortality indicators. OBJECTIVE: To evaluate the factors associated with the maternal near miss in women admitted to the Intensive Care Unit of a maternal and child hospital in the Federal District. METHODS: Cross-sectional, analytical research performed at a maternal and child hospital in the Federal District in 2016. All women with morbidity at the time of pregnancy, delivery or puerperium period were included. The data were collected from institutional documents with records of the participants' clinical history. Women with maternal near miss were those who presented at least one clinical, laboratory and management criteria, according to the World Health Organization's (WHO) evaluation instrument. Gross and adjusted prevalence ratios with respective 95% confidence intervals were obtained by means of the hierarchical analysis with robust Poisson regression. The research was approved by the Research Ethics Committee. RESULTS: The sample consisted of 258 women. The prevalence of maternal near miss was 38.8% and the maternal mortality ratio was 2.8 deaths per 1000 live births. Women with hemorrhagic complications, eclampsia and respiratory dysfunction were more likely to be affected by the outcome when compared to the non-exposed group. CONCLUSION: Hemorrhagic complications, eclampsia and sepsis were positively associated with the occurrence of maternal near miss. Effective public health policies for the prevention of severe maternal morbidity are needed to reduce mortality indicators in this population group.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FMD - Mestrado em Ciências Médicas (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/37237/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.