Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/37199
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2003_DênioRamamCarvalhodeOliveira.pdf
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.accessRestricted???
35,8 MBAdobe PDF ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.restrito???
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMelo, Guilherme Sales Soares de Azevedo-
dc.contributor.authorOliveira, Dênio Ramam Carvalho de-
dc.date.accessioned2020-03-27T01:35:12Z-
dc.date.available2020-03-27T01:35:12Z-
dc.date.issued2020-03-26-
dc.date.submitted2003-08-08-
dc.identifier.citationOLIVEIRA, Dênio Ramam Carvalho de. Análise experimental de lajes cogumelo de concreto armado com pilares retangulares. 2003 xxiv, 214 f., il. Tese (Doutorado em Estruturas)—Universidade de Brasília, Brasília, 2003.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.unb.br/handle/10482/37199-
dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil, 2003.pt_BR
dc.description.abstractSão analisadas experimentalmente 15 (quinze) lajes cogumelo de concreto armado com concreto de alta resistência (/ entre 54 e 67 MPa) submetidas a puncionamento simétrico, com o objetivo de se investigar a influência do índice de retangularidade do pilar, que variou de 1 a 5. na resistência última das lajes. As lajes possuíam dimensões de 1680 x 2280 x 130 mm e as principais variáveis foram o aumento do maior lado do pilar e a posição do carregamento. Para cada índice de retangularidade as lajes foram carregadas nos dois menores bordos opostos, nos dois maiores e finalmente nos quatro bordos. São apresentados e analisados os resultados das cargas últimas, superfícies e modos de ruptura, fissuração, flechas, deformações do concreto e da armadura de flexão. São também apresentadas comparações com outros resultados da literatura, bem como com as cargas de ruptura estimadas por diversas normas, entre elas a norma brasileira NB1/03 para estruturas de concreto armado, que não considera os efeitos do índice de retangularidade e o comportamento das lajes à flexão. Os resultados indicam que o aumento do índice de retangularidade favorece o fenômeno da polarização das forças cortantes, que tendem a se concentrar principalmente em tomo das extremidades dos pilares. Foi observado que. dependendo do grau de polarização e da intensidade destas forças, pode-se obter diferentes cargas e configurações para as superfícies de ruptura, sugerindo que o combate ao puncionamento pode ser mais efetivo em regiões próximas das extremidades dos pilares. O Método dos Elementos Finitos foi usado em simulações computacionais e os resultados foram utilizados para melhorar as estimativas da norma MC90. É apresentado um método para considerar o comportamento das lajes à flexão nas estimativas de resistência ao puncionamento. O método proposto forneceu resultados significativamente melhores que aqueles estimados pela MC90, eliminando a tendência normativa de superestimar a resistência das lajes. Também são apresentadas três alternativas para situações onde o puncionamento ocorre precocemente devido à proximidade de uma ruptura por flexão e forneceram resultados satisfatórios para as lajes analisadas.pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rightsAcesso restritopt_BR
dc.titleAnálise experimental de lajes cogumelo de concreto armado com pilares retangularespt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.subject.keywordLajes cogumelopt_BR
dc.subject.keywordConcreto armadopt_BR
dc.description.abstract1Fifteen reinforced concrete flat slabs were tested using high strength concrete (fc between 54 and 67 MPa). The slabs were submitted to symmetric punching, with the objective of investigating the influence of the rectangularity rate of the columns ranging from 1 to 5 on the ultimate resistance of the slabs. The slab s dimensions were 1680 x 2280 x 130 mm and the main variables were the increasing of the long side of the column and the load position. For each rectangularity rate the slabs were loaded at the two opposite small edges, two opposite large edges and finally at the four edges. The results for ultimate loads, failure surface and failure mode, cracks, concrete and reinforcement deflections are presented. Comparisons with other results found in the literature and failure loads estimated by several codes are presented including the Brazilian Code NB1/03 for reinforced concrete structures which not consider the rectangularity rate effects and the overall flexural behaviour of the slabs. The results indicate that the rectangularity rate increase corroborates the polarization phenomena of the shear forces that mainly tend to concentrate around the column's ends. It was observed that depending on the polarization degree and the intensity of these forces different loads and failure modes can occur suggesting that the shear combat might be more effective at the areas near the column’s ends. The Finite Element Method was applied in the computational simulations and the results were used to improve the MC90 code's estimates. A method to consider the slab"s overall flexural behaviour in the punching resistance predictions is presented. The proposed method has given results significantly better than those estimated by the MC90 code eliminating the code trend to overestimate the resistance of the slabs. Three alternatives are also presented for situations where the punching failures occur soon due to flexural failure load proximity and have given satisfactory results for the analysed slabs.pt_BR
Appears in Collections:ENC - Doutorado em Estruturas (Teses)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/37199/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.