Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/37055
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_GraziellaAnselmoJoanitti.pdf
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.accessRestricted???
2,17 MBAdobe PDF ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.restrito???
Title: Efeitos citostáticos e citotóxicos do inibidor de proteases - BTCI - e peptídeos derivados em células de câncer de mama (MCF-7)
Authors: Joanitti, Graziella Anselmo
Orientador(es):: Azevedo, Ricardo Bentes de
Coorientador(es):: Freitas, Sonia Maria de
Assunto:: Câncer
Mamas - câncer
Inibidores enzimáticos
Issue Date: 9-Mar-2020
Citation: JOANITTI, Graziella Anselmo. Efeitos citostáticos e citotóxicos do inibidor de proteases - BTCI - e peptídeos derivados em células de câncer de mama (MCF-7). 2008. xii, 102 f., il. Dissertação (Mestrado em Biologia Animal)—Universidade de Brasília, Brasília, 2008.
Abstract: O câncer de mama é o tipo de câncer que apresenta as maiores taxas de incidência e mortalidade em mulheres no Brasil e no mundo. Atualmente, os tratamentos existentes para esse tipo de câncer têm eficiência moderada e causam efeitos colaterais severos que diminuem a qualidade de vida do paciente. Dessa forma, existe uma busca constante por novos tratamentos e moléculas anticarcinogênicas eficientes e não indutoras de efeitos colaterais severos. Diversos compostos purificados de plantas têm seus efeitos anticarcinogênicos relatados na literatura. Dentre essas moléculas, destacam-se os inibidores de protease da família Bowman-Birk. O presente trabalho teve como objetivo analisar os efeitos do inibidor de proteases da família Bowman-Birk BTCI, purificado de sementes de Vigna unguiculata, e de peptídeos sintéticos derivados em células de câncer de mama (MCF-7), in vitro. O tratamento de BTCI e do peptídeo com atividade de inibição para quimotripsina (PCHY) em células MCF-7 por 72 horas mostraram os seguintes efeitos: redução do potencial de membrana mitocondrial e da viabilidade e proliferação celular; aumento da fragmentação de DNA; condensação de cromatina; e alterações do ciclo celular, integridade da membrana plasmática e morfologia das células. Os efeitos citostáticos e citotóxicos observados no tratamento de BTCI e PCHY sugerem a indução da via de morte celular da apoptose associada a ativação do processo de autofagia. Além de seus efeitos anticarcinogênicos, outras características promissoras dessas moléculas, como elevada estabilidade (BTCI), ausência de toxicidade para fibroblastos (PCHY), solubilidade em solução aquosa e ausência de efeitos na lise de hemáceas (BTCI e PCHY), corroboram para sua potencial utilização como agentes anticarcinogênicos alternativos ou complementares aos tratamentos convencionais empregados atualmente para o câncer de mama.
Abstract: Breast cancer is the type of cancer with the highest incidence and mortality rates among women in Brazil and around the world. Currently, breast cancer treatments employed have moderate efficiency and cause severe side effects which reduce the patients life quality. Therefore, there is constant research for new and efficient treatments and anticarcinogenic molecules with low or no side effects. Several purified compounds of plants and their anticarcinogenic effects have been reported in literature. Among these compounds, the Bowman-Birk family protease inhibitors stand out. The objective of the present work was to analyze the effects of a Bowman-Birk family protease inhibitor named BTCI, extracted from Vigna unguiculata seeds, and of BTCI-derived peptides in breast cancer cells (MCF-7), in vitro. The 72 hours treatment of BTCI and its derived peptide with chymotrypsin inhibitor properties (PCHY) showed the following results: mitochondrial membrane potential, cell viability, and proliferation reductions; DNA fragmentation increase; chromatin condensation; cell cycle, plasma membrane integrity, and morphology alterations. The cytostatic and cytotoxic effects observed in BTCI and PCHY treatments suggested the induction of apoptosis cell death associated with autophagy activation. In addition to their anticarcinogenic effects, other promising characteristics of these molecules are that they presented elevated stability (BTCI), no toxicity to fibroblasts (PCHY), aqueous solution solubility, and no induction of erythrocytes lyses (BTCI and PCHY). These additional properties contribute to their potential use as alternative anticarcinogenic agents for conventional breast cancer treatments employed at the present moment.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal, 2008.
Appears in Collections:IB - Mestrado em Biologia Animal (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/37055/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.