Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/36987
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_CarlaAlbuquerquedeSouza.pdf9,62 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorVieira, Ludgero Cardoso Galli-
dc.contributor.authorSouza, Carla Albuquerque de-
dc.date.accessioned2020-02-27T19:21:19Z-
dc.date.available2020-02-27T19:21:19Z-
dc.date.issued2020-02-27-
dc.date.submitted2019-07-31-
dc.identifier.citationSOUZA, Carla Albuquerque de. Impactos do represamento sobre a diversidade zooplanctônica e implicações para o biomonitoramento. 2019. xii, 109 f., il. Tese (Doutorado em Ciências Ambientais)—Universidade de Brasília, Planaltina, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.unb.br/handle/10482/36987-
dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Planaltina , Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais, 2019.pt_BR
dc.description.abstractA modificação do fluxo hídrico dos ecossistemas lóticos é um dos fatores que mais causam impactos na biodiversidade global de água doce. Comumente, e no rio aqui estudado, essas modificações são resultantes da instalação de barragens hidrelétricas e também do pulso de inundação natural na área. Portanto, é importante estabelecer programas de monitoramento ambiental em áreas sob pressão antrópica para investigar os processos que geram e mantêm a biodiversidade e propor as estratégias de conservação mais adequadas de acordo com cada área. Em uma abordagem de biomonitoramento, as comunidades zooplanctônicas podem ser consideradas indicadores eficientes para monitorar essas mudanças na qualidade da água. Nesta tese, o objetivo geral foi avaliar os impactos do represamento do rio Madeira, advindos da construção da Usina Hidrelétrica de Jirau (Porto Velho – RO), sobre a diversidade zooplanctônica, verificando sua variabilidade espacial e temporal, com implicações para o biomonitoramento. No primeiro capítulo, apresentamos um estudo cienciométrico relacionado ao zooplâncton, utilizando a literatura científica publicada entre 1991 e 2015; o segundo capítulo avaliou os impactos do represamento nas comunidades zooplanctônicas da planície de inundação do rio Madeira (Porto Velho - Rondônia - Brasil) após a construção da usina hidrelétrica de Jirau; já no terceiro capítulo, investigamos se variáveis ambientais ou temporais influenciaram a diversidade espacial do zooplâncton e os componentes da diversidade beta, e também investigamos a contribuição local de cada ponto amostrado para a diversidade beta global e para cada um de seus componentes. Nosso estudo demonstra que o pulso de inundação, a construção da barragem e a interação entre esses dois fatores afetam a estrutura da comunidade zooplanctônica no rio Madeira. Com relação à diversidade zooplanctônica, variáveis ambientais e heterogeneidade, variáveis temporais (campanhas de amostragem) e também a instalação da barragem contribuíram para a diversidade espacial beta e variação dos componentes da família Podani. A maioria dos sites contribuiu significativamente para a diversidade beta ou para os valores de seus componentes pelo menos em um momento, indicando que todos os pontos devem continuar a ser monitorados, pois é provável que ainda ocorram mudanças. Além disso, recomendamos o estabelecimento de um programa permanente de monitoramento ambiental durante todos os períodos hidrológicos em rios tropicais e a adição de locais de amostragem a jusante das barragens.pt_BR
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.language.isoInglêspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleImpactos do represamento sobre a diversidade zooplanctônica e implicações para o biomonitoramentopt_BR
dc.title.alternativeImpacts of damming on zooplankton diversity and implications for biomonitoringpt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.subject.keywordBiomonitoramentopt_BR
dc.subject.keywordÁgua - qualidadept_BR
dc.subject.keywordMonitoramento ambientalpt_BR
dc.subject.keywordUsina Hidrelétrica de Jiraupt_BR
dc.subject.keywordPulso de inundaçãopt_BR
dc.subject.keywordRepresamentopt_BR
dc.contributor.advisorcoVelho, Luiz Felipe Machado-
dc.description.abstract1Flow modification of lotic ecosystems is one of the main factors causing impacts on the freshwater biodiversity worldwide. Commonly, and in the river studied here, modification results from hydroelectric dam installation and the naturally flood pulse. Therefore, it is important to establish an environmental monitoring program in areas under anthropogenic pressure to investigate the processes that generate and maintain biodiversity and to propose the most appropriate conservation strategies according to each area. In a biomonitoring approach, zooplankton communities can be considered efficient indicators to monitor these changes in water quality. In this thesis, the overall objective was to evaluate the impacts of damming the Madeira River for the construction of the Jirau Hydroelectric Power Plant (Porto Velho – RO) on zooplankton diversity, verifying its spatial and temporal variability, with implications for biomonitoring. In the first chapter, we presented a scientometric study related to zooplankton, using the scientific literature published between 1991 and 2015; the second chapter evaluated the impacts of damming on zooplankton communities in the floodplain of the Madeira River (Porto Velho - Rondônia - Brazil) after the dam construction of the of the Jirau Hydroelectric Power Plant; and in the third chapter we to investigated whether environmental or temporal variables influenced zooplankton spatial diversity and beta diversity components, and also investigated the local contribution of each site to overall beta diversity and to each one of its components. Our study demonstrates that the flood pulse, impoundment, and interaction between both of these factors affects zooplankton community structure in the Madeira River. In relation to zooplankton diversity, environmental variables and heterogeneity, temporal variables (sampling campaigns) and also the dam installation contributed to variation of the spatial beta diversity and components of the Podani family. Most sites contributed significantly to beta diversity or to components values at least at one point in time, indicating that all sites contributed and should be equally targeted for conservation, so all sites must continue to be monitored as changes are likely to still occur. In addition, we recommend the establishment of a permanent environmental monitoring program during all hydrological periods in tropical rivers and the addition of sampling sites downstream of the dams.pt_BR
Appears in Collections:FUP - Doutorado em Ciências Ambientais

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/36987/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.