Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/36949
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_LeandroSilvaPádua.pdf2,76 MBAdobe PDFView/Open
Title: “A gente faz uma medicina de guerra!” : custo humano, bem-estar, mal-estar e qualidade de vida no trabalho em uma unidade de pronto atendimento
Authors: Pádua, Leandro Silva
Orientador(es):: Ferreira, Mário César
Assunto:: Custo humano
Qualidade de vida no trabalho
Ergonomia da atividade
Emergências médicas
Issue Date: 18-Feb-2020
Citation: PÁDUA, Leandro Silva. “A gente faz uma medicina de guerra!”: custo humano, bem-estar, mal-estar e qualidade de vida no trabalho em uma unidade de pronto atendimento. 2019. 146 f., il. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: Os estudos sobre trabalho e saúde objetivam a compreensão do contexto de trabalho e dos impactos na saúde dos trabalhadores, com finalidade de segurança no trabalho, prevenção e promoção de saúde. Contudo, dados da Organização Internacional do Trabalho (2013) indicam o aumento no número de comorbidades, de acidentes e de mortes relacionados ao trabalho. O trabalho em emergências médicas (EM) não foge a este escopo, com relatos que o comparam a um verdadeiro front de guerra. Este estudo trata-se de estudo de caso, de natureza qualitativa, exploratória, descritiva, com a finalidade de investigar, no contexto de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Distrito Federal, a relação entre Custo Humano do Trabalho (CHT), Bem-estar no trabalho (BET), Mal-estar no trabalho (MET) e Qualidade de Vida no Trabalho (QVT). O fio condutor desta baseou-se na perspectiva teórico-metodológica da Ergonomia da Atividade Aplicada à Qualidade de Vida no Trabalho (EAA_QVT). Para tanto, utilizando-se de um roteiro semiestruturado, 13 entrevistas foram coletadas dos médicos que atuavam nesta unidade. Com relação ao perfil amostral: equilíbrio na proporção de gênero, estado civil e escolaridade; idade média de 32 anos; tempo desde a graduação geral foi maior que 3 anos; e de trabalho na unidade foi predominante de menos de 3 anos. Os dados foram coletados, tratados, e submetidos à análise lexical com o suporte do software IRaMuTeQ. Os resultados permitem concluir que, para os pesquisados, os CHT na unidade são predominantemente físicos e cognitivos, com aproximadamente 60% dos discursos relacionados ao esgotamento, sobrecarga, cansaço e exaustão. As estratégias de mediação destes relacionam-se predominantemente a atividades principalmente fora do trabalho, de busca de bem-estar e prazer, e de “desligamento” do trabalho. As fontes de MET e BET estão diretamente relacionadas às condições e à organização do trabalho, e secundariamente às relações socioprofissionais. Com isso, conclui-se pelas respostas que QVT para os médicos perpassa pelas condições de trabalho que propiciem um atendimento de qualidade aos usuários, e por uma organização do trabalho com adequado dimensionamento e jornada compatível. O estudo fornece subsídios para novas agendas de pesquisa, além de indicadores críticos do trabalho na unidade, relacionados a um alto e negativo CHT, que podem contribuir para a formulação de políticas e programas de QVT para profissionais de saúde de EM.
Abstract: The studies on work and health aim to understand the work context and the impacts on workers' health, with the purpose of work safety, prevention and health promotion. However, data from the International Labour Organization (2013) indicate an increase in the number of work-related comorbidities, accidents and deaths. Work in medical emergencies (ME) does not escape this scope, with reports that compare it to a real war front. This study is a case study of a qualitative, exploratory, descriptive nature, with the purpose of investigating, in the context of a Emergency Room Unit (ERU) of the Federal District, the relationship between Human Cost of Work (HCW), Well-being at Work (WAW), Malaise at Work (MAW) and Quality of Life at Work (QLW). The main thread of this study was based on the theoretical and methodological perspective of Ergonomics of the Activity Applied to Quality of Life at Work (EAA_QLW). Therefore, using a semi-structured script, 13 interviews were collected from physicians working in this unit. Regarding the sample profile: there was a balance with regard to gender, marital status and education; average age of 32 years; time since general graduation was greater than 3 years; and work in the unit was predominant of less than 3 years. Data were collected, treated, and submitted to lexical analysis with the support of the IRaMuTeQ software. The results allow us to conclude that, for those surveyed, the HCW in the unit are predominantly physical and cognitive, with approximately 60% of the speeches related to exhaustion, overload, fatigue and exhaustion. Their mediation strategies are predominantly related to activities mainly outside of work, seeking well-being and pleasure, and "disconnection" from work. The sources of MAW and WAW are directly related to the conditions and organization of work, and secondarily to socio-professional relationships. Thus, it is concluded by the answers that QLW for physicians goes through the working conditions that provide quality care to users, and by a work organization with appropriate size and compatible journey. The study provides subsidies for new research agendas, in addition to critical indicators of work in the unit, related to a high and negative HCW, which can contribute to the formulation of QLW policies and programs for ME health professionals.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:PSTO - Mestrado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/36949/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.