Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/36938
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_LúciaReginaMachadoBaumotte.pdf1,23 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLeal, Soraya Coelho-
dc.contributor.authorBaumotte, Lúcia Regina Machado-
dc.date.accessioned2020-02-18T20:25:54Z-
dc.date.available2020-02-18T20:25:54Z-
dc.date.issued2020-02-18-
dc.date.submitted2019-06-03-
dc.identifier.citationBAUMOTTE, Lúcia Regina Machado. Lesões de cárie na superfície oclusal de molares decíduos envolvendo dentina sem cavitação óbvia: controlar, selar ou restaurar. 2019. 74 f., il. Dissertação (Mestrado em Odontologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.unb.br/handle/10482/36938-
dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Departamento de Odontologia, Programa de Pós-Graduação em em Odontologia, 2019.pt_BR
dc.description.abstractEste ensaio clínico randomizado objetiva comparar a eficácia de três protocolos clínicos para o manejo de lesões de cárie em dentina sem cavitação óbvia. Foram selecionados, por meio de exames clínico e radiográfico, 43 molares decíduos de 22 crianças que apresentavam, clinicamente, sombreamento em dentina (CAST 4) e, radiograficamente, lesão de cárie envolvendo até metade externa da dentina. Os dentes foram randomizados em 3 grupos como se segue: GVF (n=14) – aplicação de verniz de flúor; GS (n=17) – selamento com cimento de ionômero de vidro modificado por resina; e GRP (n=12) – restauração preventiva realizada com cimento de ionômero vidro modificado por resina. Os tratamentos foram realizados por uma única operadora calibrada, e as avaliações, por dois examinadores independentes, por meio de exame clínico e radiográfico no período, de seis meses. O teste qui-quadrado foi utilizado para comparação dos grupos. A amostra foi composta por 22 crianças, com idade média de 7,5 anos (±1,3 anos), que apresentaram ceo-d médio inicial de 2,81 (± 2,1). Para o desfecho falha restauradora/selante, uma restauração precisou ser refeita. Para o desfecho progressão de cárie observada na radiografia, apenas um dente pertencente ao GVF progrediu para cavitação. Em relação à eficácia dos tratamentos, não houve diferença estatisticamente significativa (p>0,05) entre os três protocolos testados. Conclui-se que os três tipos de tratamentos apresentaram desempenho similar e taxa de sucesso satisfatória no período de acompanhamento.pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleLesões de cárie na superfície oclusal de molares decíduos envolvendo dentina sem cavitação óbvia : controlar, selar ou restaurarpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subject.keywordDentes decíduospt_BR
dc.subject.keywordCáries dentáriaspt_BR
dc.subject.keywordCáries dentárias - prevençãopt_BR
dc.subject.keywordOdontologia preventivapt_BR
dc.description.abstract1The objective of this randomized clinical trial was to compare the efficacy of three clinical protocols for the management of caries lesions in dentin without obvious cavitation. A total of 43 primary molars from 22 children that clinically presented with shadow in dentine (CAST 4) and radiographically a carious lesion involving up to half of the dentine were selected. The teeth were randomized into 3 groups as follows: GFV (n=14) – application of fluoride varnish; GS (n=17) – sealing with resin modified glass ionomer cement; and GPR (n=12) – restoration with resin modified glass ionomer cement. The treatments were performed by a single calibrated operator and evaluated by two independent examiners by means of clinical and radiographic examination after 6 months. The results were obtained through descriptive analysis and the chi-square test was used to compare the groups. The sample consisted of 22 children with a mean age of 7.5 years (± 1.3 years) and initial mean dmf-t of 2.81 (± 2.1). Considering sealant/restoration failure only one restoration needed to be replaced. For the caries progression outcome observed at the radiographs, only one tooth from the GFV progressed to cavitation. In terms of the efficacy of the treatments, there was no statistically significant difference (p>0.05) among the tested protocols. It was concluded that the three types of treatments presented similar performance and satisfactory success rate after 6 months of follow-up.pt_BR
Appears in Collections:ODT - Mestrado em Odontologia (Dissertações)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/36938/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.