Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/36935
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_MônicaSampaiodeCarvalho.pdf1,89 MBAdobe PDFView/Open
Title: Educação permanente em saúde em movimento : olhares, dizeres e aprendizados a partir do encontro e do saber da experiência
Authors: Carvalho, Mônica Sampaio de
Orientador(es):: Sousa, Maria Fátima de
Coorientador(es):: Merhy, Emerson Elias
Assunto:: Política de saúde - Brasil
Educação permanente
Educação em saúde
Gestão em saúde
Issue Date: 18-Feb-2020
Citation: CARVALHO, Mônica Sampaio de. Educação permanente em saúde em movimento: olhares, dizeres e aprendizados a partir do encontro e do saber da experiência. 2019. 134 f., il. Tese (Doutorado em Saúde Coletiva)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: Esta tese tem o objeto de estudo a experiência de formação para os trabalhadores e gestores do SUS, denominada Educação Permanente em Movimento que aconteceu nos períodos de 2012 a 2014, em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), o coletivo Micropolítica da Gestão e do Cuidado, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), CONASEMS (Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde), além de trabalhadores e gestores do SUS, contando com a participação seiscentos (600) tutores, sessenta (60) apoiadores e seis mil (6.000) participantes de diversas regiões do país. O objetivo dessa tese é compreender e narrar a proposta em si, como foi concebida e como esses processos aconteceram nos diversos encontros entre apoiadores, tutores e alunos, assim como perceber, por meio de um olhar vibrátil, o que essa experiência propõe de inovação e em que ela contribui para a política de Educação Permanente em Saúde e com a discussão sobre as políticas de saúde e seus modos de governo, desvelando tensões e estranhamentos entre o instituído e o instituinte e, apontando novas possibilidades e olhares para o governo dessas políticas de saúde.
Abstract: This thesis aims to study the training experience for SUS workers and managers, called Permanent Lifelong Education that happened in the periods of 2012 to 2014, in partnership with the Federal University of Rio Grande do Sul (UFRGS), the collective The Federal University of Rio de Janeiro (UFRJ), CONASEMS (National Council of Municipal Health Secretariats), as well as SUS workers and managers, with the participation of six hundred (600) tutors, sixty (60 ) supporters and six thousand (6,000) participants from various regions of the country. The purpose of this thesis is to understand and narrate the proposal itself, how it was conceived and how these processes happened in the various meetings between supporters, tutors and students, as well as to perceive, through a vibrating look, what this experience proposes of innovation and in which it contributes to the policy of Permanent Education in Health and to the discussion on health policies and their modes of government, revealing tensions and estrangements between the institute and the institute and pointing out new possibilities and looks for the government of these policies of Cheers.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, 2019.
Appears in Collections:DSC - Doutorado em Saúde Coletiva (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/36935/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.