Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/36712
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_LearningPainNeuroscience.pdf94,42 kBAdobe PDFView/Open
ARTIGO_AprendendoEducacaoNeurociencia.pdf99,92 kBAdobe PDFView/Open
Title: Learning pain neuroscience education from the WHOQOL-Bref instrument in the classroom : case reports
Other Titles: Aprendendo a educação em neurociência da dor por meio do instrumento WHOQOL-Bref em sala de aula : relato de casos
Authors: Pires, Kênia Fonseca
Cacho, Tatiana Andrade
Santos, Luiza Nolêto dos
metadata.dc.identifier.orcid: http://orcid.org/0000-0001-5176-4025
http://orcid.org/0000-0001-8523-5527
http://orcid.org/0000-0001-5360-9088
Assunto:: Neurociências - dor
Qualidade de vida
Simulações de casos clínicos
WHOQOL-Bref
Issue Date: 2019
Publisher: Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor
Citation: Pires, Kênia Fonseca et al. Learning pain neuroscience education from the WHOQOL-Bref instrument in the classroom. Case reports. BrJP. v. 2, n. 1, p. 93-96, jan./mar. 2019. DOI: https://doi.org/10.5935/2595-0118.20190017. Disponível em: http://scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2595-31922019000100093. Acesso em: 23 jan. 2020. ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________________
PIRES, Kênia Fonseca; CACHO, Tatiana Andrade; SANTOS, Luiza Nolêto dos. Aprendendo a educação em neurociência da dor por meio do instrumento WHOQOL-Bref em sala de aula. Relato de casos. BrJP, São Paulo, v. 2, n. 1, p. 93-96, jan./mar. 2019. DOI: http://dx.doi.org/10.5935/2595-0118.20190017. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2595-31922019000100093&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 23 jan. 2020.
Abstract: JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: Durante a graduação, os acadêmicos têm a oportunidade de aprender e compreender sobre promoção e prevenção de saúde, qualidade de vida, entre outros conceitos, mas raramente a educação em saúde é colocada nas salas de aula, em especial o entendimento da dor. Sabendo que há lacunas na formação de profissionais de saúde relacionadas ao conhecimento da dor e à utilização de metodologias pedagógicas que incentivem a construção ativa do conhecimento, o objetivo deste estudo promoveu um relato de experiência sobre o processo de entendimento e educação em neurociência da dor, por meio de um instrumento e da técnica de dramatização na vivência acadêmica de estudantes de Fisioterapia. RELATO DOS CASOS: Durante a realização de uma aula de Básica Complexidade, alunos do curso de Fisioterapia da Universidade de Brasília - Campus Ceilândia, foram convidados a vivenciarem um atendimento à uma população fictícia e desenvolverem explicações e ensinamentos sobre a dor e seus processos no corpo humano, utilizando o instrumento WHOQOL-Bref para avaliar a qualidade de vida do indivíduo e direcionar o seu atendimento. CONCLUSÃO: A experiência vivenciada por meio de simulações de casos clínicos na disciplina foi importante para a análise e discussão de questões desafiadoras como fatores psicológicos, sociais, e comportamentais no processo de educação em saúde em intervenções multi e interdisciplinar.
Abstract: BACKGROUND AND OBJECTIVES: During the undergraduate course students have the opportunity to learn and understand health promotion and prevention, quality of life and other concepts, but they rarely learn about health education, let alone pain. Knowing that there are gaps in the training of health professionals regarding pain, and in the use of pedagogical methodologies that encourage the active construction of knowledge, the objective of this study was to provide an experience about the process of understanding pain neuroscience education from an instrument and the role-playing technique in the academic environment of Physiotherapy students. CASE REPORTS: During a Basic Complexity class, Physiotherapy students from the Ceilândia campus of the University of Brasília were invited to provide care to a fictitious population and develop explanations and lessons about pain and its processes in the human body using the WHOQOL-Bref questionnaire to evaluate the quality of life of the individual and target the care accordingly. CONCLUSION: The experience provided by the simulation of clinical cases was important for the analysis and discussion of challenging issues such as psychological, social and behavioral factors in the health education process in multi and interdisciplinary interventions.
Licença:: (CC BY) - This is an Open Access article distributed under the terms of the Creative Commons Attribution License.
DOI: https://doi.org/10.5935/2595-0118.20190017
Appears in Collections:FCE-FIS - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/36712/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.