Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/36707
Files in This Item:
File SizeFormat 
ARTIGO_AspectosCuidadoIntegral.pdf834,76 kBAdobe PDFView/Open
Title: Aspectos do cuidado integral para pessoas em situação de rua acompanhadas por serviço de saúde e de assistência social: um olhar para e pela terapia ocupacional
Other Titles: Aspects of the whole care for people in street followed by health and social assistance services: a look at and for occupational therapy
Authors: Mota, Fernanda Oliveira
Fonseca, Rafaela Maria Alves Martins
Santos, Josenaide Engracia dos
Gallassi, Andrea Donatti
metadata.dc.identifier.orcid: http://orcid.org/0000-0002-6386-6341
http://orcid.org/0000-0003-1430-0074
http://orcid.org/0000-0002-7712-8470
http://orcid.org/0000-0003-1852-485X
Assunto:: Pessoas desabrigadas
Drogas - abuso
Terapia ocupacional
Issue Date: 2019
Publisher: Universidade Federal de São Carlos, Departamento de Terapia Ocupacional
Citation: MOTA, Fernanda Oliveira et al. Aspectos do cuidado integral para pessoas em situação de rua acompanhadas por serviço de saúde e de assistência social: um olhar para e pela terapia ocupacional. Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional. v. 27, n. 4, p. 806-816, 2019. DOI: https://doi.org/10.4322/2526-8910.ctoao1809. Disponível em: http://scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2526-89102019000400806. Acesso em: 23 jan. 2020.
Abstract: Introdução A população que (sobre)vive nas ruas se caracteriza, muitas vezes, pela ruptura dos vínculos sociais e pelo uso de drogas, necessitando de cuidados de saúde e de assistência social. Objetivo Identificar e analisar as percepções dos profissionais terapeutas ocupacionais e dos usuários sobre a atuação e especificidade da terapia ocupacional junto às pessoas em situação de rua atendidas pelo Centro de Atenção Psicossocial álcool e drogas (CAPS-ad III) e pela Unidade de Acolhimento (UA). Método Trata-se de um estudo exploratório, de abordagem qualitativa, realizada a partir de entrevistas semiestruturadas com três terapeutas ocupacionais e cinco usuários de um CAPS-ad III do Distrito Federal e da UA referenciada por este CAPS-ad III; os dados foram analisados a partir do método de Análise de Conteúdo. Resultados Os dados foram organizados em três categorias temáticas: (1) uso de drogas, a situação de morador de rua e o tratamento no CAPS-ad III; (2) o cotidiano de atuação da terapia ocupacional; e (3) terapia ocupacional e reinserção social. Conclusão A terapia ocupacional atua com população em situação de rua com olhar para o cotidiano e desempenho de Atividades de Vida Diária (AVD), trabalhando na perspectiva da Redução de Danos como forma de buscar uma maior qualidade de vida dos usuários. Torna-se necessário levar espaços de saúde e de assistência social para o contexto do usuário, realizar ações extrapolando o espaço físico do CAPS-ad e colocando o usuário como participante ativo desse processo.
Abstract: Introduction The population that lives (survive) on the streets is often characterized by the rupture of social ties and the use of drugs, necessitating health care and social assistance. Objective To identify and analyze the perceptions of the occupational therapist professionals and the users about the performance and specificity of the occupational therapy with the street people assisted by the community-based drug treatment service (CAPS-ad III) and the Embracement Unit (EU). Method This is an exploratory and qualitative study based on semi-structured interviews with 3 occupational therapists and 5 users of a CAPS-ad III from the Federal District and the Embracement Unit (EU) referenced by this CAPS-ad III; the data were analyzed using analysis content. Results The data were organized into three thematic categories: (1) drug use, homelessness and treatment in CAPS-ad III; (2) the daily routine of Occupational Therapy; (3) Occupational Therapy and Social Integration. Conclusion The Occupational Therapy acts with the population in a street situation with a look at the daily life and performance of Activity of Daily Living (ADL), working in the perspective of Harm Reduction as a way to seek a higher quality of life of users. It is necessary to take care spaces and social assistance to the user context, to take actions extrapolating the physical space of CAPS-ad and placing the user as an active participant in this process.
Licença:: (CC BY) - Este é um artigo publicado em acesso aberto (Open Access) sob a licença Creative Commons Attribution, que permite uso, distribuição e reprodução em qualquer meio, sem restrições desde que o trabalho original seja corretamente citado.
DOI: https://doi.org/10.4322/2526-8910.ctoao1809
Appears in Collections:FCE-TER - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/36707/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.