Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/36134
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_CarolineBuosiMolina.pdf1,21 MBAdobe PDFView/Open
Title: Influências da Reunião Especializada da Agricultura Familiar (REAF) do MERCOSUL na construção de políticas públicas para as mulheres rurais no Paraguai e Uruguai
Authors: Molina, Caroline Buosi
Orientador(es):: Balestro, Moisés Villamil
Assunto:: Feminismo
Trabalhadores rurais
Desigualdade de gênero
Mulheres - condições sociais
Agricultura familiar
Issue Date: 16-Jan-2020
Citation: MOLINA, Caroline Buosi. Influências da Reunião Especializada da Agricultura Familiar (REAF) do MERCOSUL na construção de políticas públicas para as mulheres rurais no Paraguai e Uruguai. 2019. 146 f., il. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural)—Universidade de Brasília, Planaltina, 2019.
Abstract: Esta dissertação analisa as incidências e contribuições da Reunião Especializada de Agricultura Familiar (REAF) do MERCOSUL para a formulação e desenho de políticas públicas para mulheres rurais no Paraguai e Uruguai. Criada em 2004, a REAF é um órgão assessor do Grupo Mercado Comum (GMC) que, desde então, tem se consolidado enquanto espaço de concertação e de cooperação em políticas públicas para a agricultura familiar na região, envolvendo um arranjo institucional participativo, que conta com a atuação de gestores, técnicos governamentais e representantes de movimentos camponeses e da agricultura familiar. Tendo o institucionalismo discursivo como principal referencial teórico, foram sistematizadas e analisadas as ideias de gênero, policy problem e paradigmas de políticas públicas para mulheres presentes nos discursos coordenativos e comunicativos de ambos os países. A dimensão cognitiva para interpretação dos dados alinhou-se com conceitos estruturalistas sobre o Estado (patriarcal e machista) e sobre as desigualdades de gênero (ancoradas no feminismo marxista). Especialmente por meio da atuação do Grupo de Trabalho de Gênero da REAF foram identificadas influências da REAF na agenda de políticas públicas para mulheres rurais nos países. As ideias, problemas e paradigmas do Uruguai, posicionadas mais próximas ao feminismo marxista e pós-modernista, tiveram compatibilidade com as que circularam na REAF, representando, assim, indícios de expressiva incidência da reunião especializada. O Paraguai, por sua vez, apresentou diversas ideias, problemas e paradigmas que não foram identificados nos discursos da REAF, alinhado com premissas do feminismo liberal. Mesmo assim, o país, por meio de processo de convergência e traduções próprias, incorporou aportes da REAF na sua agenda nacional. Desta forma, apesar de alguns limites, é afirmativa a relação de causalidade entre REAF e as agendas de gênero e mulheres rurais implementadas pelo Paraguai e Uruguai, de 2004 a 2017. O enfraquecimento desta arena repercute diretamente nas políticas para mulheres rurais nos países.
Abstract: This dissertation analyzes the implications and contributions of the Specialized Family Farming Meeting (REAF) of MERCOSUR for the formulation and design of public policies for rural women in Paraguay and Uruguay. Created in 2004, the REAF is an advisory body of the Common Market Group (GMC), which since then has consolidated itself as a space for concertation and cooperation in public policies for family farming in the region, involving a participatory institutional arrangement, with managers, government technicians and representatives of social movements. Having the discursive institutionalism as the main theoretical reference, the ideas of gender, policy problem and paradigms of public policies for women present in the coordinating and communicative discourses of both countries were systematized and analyzed. The cognitive dimension for data interpretation was aligned with structuralist concepts about the State (patriarchal and sexist) and gender inequalities (based on Marxist feminism). Especially through the Gender Working Group, REAF´s influences on the public policy agenda for rural women in the countries were identified. The ideas, problems and paradigms of Uruguay, positioned closer to Marxist and postmodernist feminism, were compatible with those circulated in the REAF, thus representing indications of a significant incidence of the specialized meeting. Paraguay, on the other hand, presented several ideas, problems and paradigms that were not identified in the REAF discourses, in line with the premises of liberal feminism. Even so, the country, through a process of convergence and own translations, incorporated REAF contributions into its national agenda. Thus, despite some limits, the causal relationship between REAF and the rural and gender agendas implemented by Paraguay and Uruguay from 2004 to 2017 is affirmative. The weakening of this arena has a direct repercussion on policies for rural women in the countries.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade UnB Planaltina, Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FUP - Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/36134/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.