Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/36071
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2003_TatiaraParanhosGuimaraes.pdf
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.accessRestricted???
2,51 MBAdobe PDF ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.restrito???
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAmaral, Sueli Angélica do-
dc.contributor.authorGuimarães, Tatiara Paranhos-
dc.date.accessioned2020-01-06T15:09:02Z-
dc.date.available2020-01-06T15:09:02Z-
dc.date.issued2020-01-06-
dc.date.submitted2003-04-28-
dc.identifier.citationGUIMARÃES, Tatiara Paranhos. Gerenciamento do site web das bibliotecas universitárias brasileiras como instrumento de relações públicas. 2003. 108 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação)—Universidade de Brasília, Brasília 2003.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.unb.br/handle/10482/36071-
dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Estudos Sociais Aplicados, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, 2003.pt_BR
dc.description.abstractEsta pesquisa, de caráter exploratório, descritiva e censitária, teve como objetivo verificar como as bibliotecas universitárias brasileiras gerenciam seus sites Web para o desenvolvimento da atividade promocional de relações públicas. Com base na literatura e em entrevistas realizadas em duas bibliotecas de universidades do Distrito Federal, foi elaborado um questionário; enviado por e-mail, sendo retomados 65 questionários, de um universo de 132 bibliotecas. Utilizou-se, também, um formulário para coleta de dados referentes aos sites Web das 65 bibliotecas, por meio de observação aos mesmos. Observou-se que as bibliotecas estavam mais envolvidas com gerenciamento do conteúdo do que com o gerenciamento tecnológico dos seus sites Web, os quais são, em sua maioria, gerenciados por bibliotecários. A maioria dessas bibliotecas não possuía orçamento destinado para o site Web. Grande parte dos respondentes relatou utilizar o site Web para o processo de comunicação com os públicos da biblioteca e para mudança de opiniões, atitudes e imagem a respeito da mesma. Esses processos eram realizados, em sua maioria, mediante a disponibilização de informações e com a utilização do e-mail, sendo este o mecanismo mais utilizado para a coleta de informações sobre os públicos, no processo de comunicação e na avaliação dos sites Web. No processo de comunicação da biblioteca, observou-se que os públicos mais considerados eram usuários reais, usuários potenciais, sociedade em geral e outras bibliotecas e que a maioria das bibliotecas considerava os interesses da própria biblioteca e de seus públicos. Grande parte das bibliotecas não verificava que públicos eram atingidos pelo site Web. Quase metade dos respondentes relatou avaliar as mudanças ocorridas em opiniões, atitudes dos públicos e imagem sobre a biblioteca apos o uso do site Web. Seria aconselhável que as bibliotecas utilizassem todo o potencial do site Web como instrumento de relações públicas, utilizando a comunicação bidirecional e simétrica. Para isso precisariam considerar a formulação de um plano de relações publicas, alocação de recursos para essa finalidade, maior utilização de mecanismos que permitissem a interatividade e preocupar-se em coletar feedback a respeito de seus públicos.pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleGerenciamento do site web das bibliotecas universitárias brasileiras como instrumento de relações públicaspt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subject.keywordBibliotecas universitárias - Brasilpt_BR
dc.subject.keywordRelações públicaspt_BR
dc.subject.keywordSites da Webpt_BR
dc.description.abstract1This study aimed to analyze how university libraries manage their Web sites to perform the promotional activity of public relations. Based on literature review and in interviews carried out in two university libraries in Distrito Federal, the questionnaire was built and sent out by e-mail to 132 university libraries, from which 65 responded it back. A checklist form was also used to collect data about the Web sites of these 65 libraries. The data were analyzed using the software Excel. The results showed that these libraries were much more involved in the content management of their Web sites when comparing with its technological management. In almost ali the libraries researched, the Web sites are managed by librarians and there were no specific financial support to the management of this tool. Almost ali the respondents considered using their Web sites to communicate with their publics and to change opinions, attitudes and image of the library. This process was carried out by giving information about the library and using the e-mail, which was the most used tool to collect data about publics, to manage the communication process and the Web sites evaluation process. Data showed that most of the publics considered in the communication process were real users, potential users, society and other libraries. In the communication process both interests were considered, the library’s and public’s. Most of the libraries didn’t evaluate which publics were using the Web site and what changes occurred in the public’s perception after using the Web site. It was recommended that the libraries should use dialogical and symmetrical communication through their Web site. So as to use ali the potential of this tool, they should develop a public relations plan, allocate resources appropriately and make more use of interactive tools, collecting feedback from their publics.pt_BR
Appears in Collections:FCI - Mestrado em Ciência da Informação (Dissertações)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/36071/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.