Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/35688
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_MaryKawauchi.pdf2,32 MBAdobe PDFView/Open
Title: O Programa Bolsa Família e percepções de não beneficiários : um estudo sobre o efeito preconceito
Authors: Kawauchi, Mary
Orientador(es):: Soares Neto, Joaquim José
Assunto:: Programa Bolsa Família
Políticas sociais
Preconceito
Programa de transferência de renda
Issue Date: 24-Oct-2019
Citation: KAWAUCHI, Mary. O Programa Bolsa Família e percepções de não beneficiários: um estudo sobre o efeito preconceito. 2019. 205 f., il. Tese (Doutorado em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: A presente tese teve como ponto de partida reflexões acerca de percepções de não beneficiários sobre o Programa Bolsa Família (PBF) e o preconceito. O objetivo geral estabelecido foi o de averiguar se o PBF, que é uma política de transferência condicionada de renda, provocaria efeitos negativos no comportamento de seus beneficiários, conforme afirmam não beneficiários. Assim, para esta pesquisa, foram selecionados quatro possíveis efeitos negativos, apontados por não beneficiários, que foram aqui denominados como: “efeito preguiça” (acomodação e não busca por trabalho); “efeito cegonha” (aumento intencional do número de filhos, para aumentar o valor do benefício); “efeito cachaça” (uso indevido do benefício para aquisição de álcool e outras drogas); e “efeito eleição” (beneficiários seriam venais ou oportunistas na hora de votar). Para tanto, buscou-se na produção acadêmica – teses, dissertações e artigos acadêmicos –, publicada no Brasil, até 2017, se esses efeitos refletiam ou não a realidade social do público beneficiário do PBF. O levantamento de trabalhos para a sistematização de resultados teve como referencial metodológico a revisão de literatura integrativa. Os resultados encontrados demonstraram que, para a maior parte dos trabalhos acadêmicos, apenas o “efeito eleição” pôde ser confirmado, isto é, foi identificada a ocorrência de associação entre o PBF e o resultado das eleições. Compreende-se, desse modo, que essas percepções de não beneficiários referentes aos outros três “efeitos” encontram-se ancoradas em prejulgamento, razão pela qual destacou-se um capítulo para as discussões acerca do preconceito e do estigma, bem como de suas implicações nas relações sociais. Esta discussão foi feita com base na abordagem sociológica do Interacionismo Simbólico, principalmente, a partir de Erving Goffman e Howard Becker. Esta pesquisa confirmou, assim, a ocorrência do “efeito preconceito” em relação aos beneficiários do PBF, pois mesmo no debate sobre o “efeito eleição” foi possível identificar, em algumas passagens, manifestações de cunho preconceituoso. Um dos fatores que contribuem para alimentar percepções e atitudes preconceituosas, além do desconhecimento das diretrizes e regras de funcionamento do PBF, é a ideia de meritocracia, o que pode produzir desdobramentos que geram processos sociais excludentes e discriminatórios.
Abstract: This doctoral dissertation had as starting point reflections about the Bolsa Família Program (PBF) – a conditional cash transfer governmental program –, specifically about the perceptions and prejudice of non-beneficiaries about this social policy. The main objective was to investigate if the PBF would have negative effects on the behavior of its beneficiaries, as posited by perceptions of non-beneficiaries. Thus, for this research, four possible negative effects were identified, indicated by non-beneficiaries, which were denominated here as: "sloth effect" (accommodation and not search for work); "birth effect" (intentional pregnancies increase of the birth rate to increase the value of the benefit); "alcohol effect" (improper use of the cash for alcohol and other drugs); and "election effect" (beneficiaries would be venal or opportunists at the time of voting). In order to do this investigation, we searched academic production - theses, dissertations and academic articles - published in Brazil, until 2017, with the purpose of verifying whether these effects corresponded or not to the social reality of the beneficiary public of the PBF. The survey of works for the systematization of results had as methodological reference the Integrative Review. The results showed that, for most academic papers, only the "election effect" could be confirmed, that is, the occurrence of association between the PBF and the election result was identified. It is understood, therefore, that these perceptions of non-beneficiaries referring to the other three supposed "effects" are grounded in prejudgment, which is why a chapter was dedicated to the discussion about prejudice and stigma, as well as its implications in social relationships. This discussion was based on the sociological approach of Symbolic Interactionism, mainly, from Erving Goffman and Howard Becker. This research thus confirmed the occurrence of the “prejudice effect” against PBF beneficiaries, even in the debate on the "election effect" it was possible to identify some prejudicial stances. One of the factors that contributes to put forward prejudicial perceptions and attitudes, besides the lack of knowledge of the guidelines and rules of operation of the PBF, is the idea of meritocracy, producing unfoldings that can generate exclusionary and discriminatory social processes.
Resumen: Esta tesis tuvo como punto de partida reflexiones acerca de las percepciones de no beneficiarios sobre el Programa Bolsa Familia (PBF) y del prejuicio. El objetivo general establecido fue el de averiguar si el PBF, una política de transferencia condicionada de renta, provocaría efectos negativos en el comportamiento de sus beneficiarios, como afirman no beneficiarios. Así, para esta investigación, se seleccionaron cuatro posibles efectos negativos, señalados por no beneficiarios, que fueron denominados "el efecto perezoso" (la acomodación y la no búsqueda de trabajo); "el efecto fecundidad" (el aumento intencional de la natalidad, para aumentar el valor del beneficio); "el efecto alcohólico" (el uso indebido del beneficio para la adquisición de alcohol y otras drogas); y "el efecto electoral" (los beneficiarios serían sobornables u oportunistas a la hora de votar). Para ello, se buscó en la producción académica – tesis, disertaciones y artículos académicos –, publicada en Brasil, hasta 2017, si esos efectos reflejaban o no la realidad social del público beneficiario del PBF. El levantamiento de trabajos para la sistematización de resultados tuvo como referencial metodológico la revisión de literatura integrativa. Los resultados encontrados demostraron que, para la mayoría de los trabajos académicos, sólo el "efecto electoral" pudo ser confirmado, es decir, se identificó la asociación entre el PBF y el resultado de las elecciones. Se entiende, de este modo, que estas percepciones de no beneficiarios referentes a los otros tres "efectos" se hallan ancladas en el prejuicio, por lo que se destacó un capítulo para las discusiones acerca del prejuicio y del estigma, así como de sus implicaciones en las relaciones sociales. Esta discusión se basó en el enfoque sociológico del Interaccionismo Simbólico, principalmente a partir de Erving Goffman y Howard Becker. Esta investigación confirmó, así, la existencia del "efecto prejuicio" en relación a los beneficiarios del PBF, pues, incluso en el debate sobre el "efecto electoral", fue posible identificar, en algunos textos, manifestaciones de cuño preconcebido. Uno de los factores que contribuyen a alimentar percepciones y actitudes preconcebidas, además del desconocimiento de las directrices y reglas de funcionamiento del PBF, es la idea de la meritocracia, lo que puede producir procesos sociales excluyentes y discriminatorios.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Appears in Collections:PPGDSCI - Doutorado em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/35688/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.