Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/35335
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_FranciscoÍtaloLopesFrança.pdf1,58 MBAdobe PDFView/Open
Title: Proposição e teste de uma escala de percepção da transparência organizacional
Authors: França, Francisco Ítalo Lopes
Orientador(es):: Moreira, Marina Figueiredo
Assunto:: Transparência na administração pública
Validação de escala
Issue Date: 22-Aug-2019
Citation: FRANÇA, Francisco Ítalo Lopes. Proposição e teste de uma escala de percepção da transparência organizacional. 2019. 90 f., il. Dissertação (Mestrado Profissional em Administração)— Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: Diante da necessidade de avanços na definição da transparência organizacional, além da ausência de instrumento de mensuração deste construto a nível nacional, esta pesquisa partiu de uma ampla revisão de literatura no intuito de propor uma escala de mensuração da transparência das organizações públicas brasileiras a partir da percepção de seus stakeholders internos. O instrumento de mensuração apresentado aqui originou-se na tradução, adaptação, validação semântica, aplicação e validação estatística de uma escala originalmente desenvolvida em Inglês. Durante a fase de validação semântica com oito juízes, foi utilizado o Coeficiente de Validade de Conteúdo (CVC), que se mostrou muito eficiente na construção de uma versão do instrumento que fosse o mais adequado possível ao contexto sócio cultural das organizações brasileiras. Após a aplicação em uma organização de atuação nacional no desenvolvimento de políticas públicas na área da educação, foram realizadas análises estatísticas nos 320 casos válidos por meio de Análise Fatorial Exploratória (AFE) e Análise Fatorial Confirmatória (AFC), obtendo-se cargas fatoriais satisfatórias em todos os fatores da escala adaptada. Como resultado, apresenta-se uma escala de percepção da transparência de organizações públicas validada ao contexto da administração pública brasileira contendo 39 itens distribuídos em oito fatores: competência; integridade; benevolência; transparência; participação; informação substancial; responsabilização e segredo, sendo este último um fator inverso. Os resultados da aplicação na organização estudada indicam que existem diferenças na percepção de transparência considerando-se as variáveis de gênero, tipo de vínculo com a organização e grau de instrução acadêmica.
Abstract: Given the need for advances in the definition of organizational transparency, in addition to the lack of an instrument to measure this construct at the national level, this research started with a broad literature review in order to propose a scale of measurement of the transparency of Brazilian public organizations from the perception of its internal stakeholders. The measurement instrument presented here originated in the translation, adaptation, semantic validation, application and statistical validation of a scale originally developed in English. During the semantic validation phase with nine judges, the Coefficient of Content Validity (CCV) was used, which proved to be very efficient in the construction of a version of the instrument that was as appropriate as possible to the socio-cultural context of Brazilian organizations. After the application in a national organization in the development of public policies in the education field, statistical analyzes were carried out on the 320 valid cases by means of Exploratory Factor Analysis (EFA) and Confirmatory Factor Analysis (CFA), obtaining satisfactory factorial loads in all factors of the adapted scale. As a result, a transparency perception scale of public organizations validated to the Brazilian public administration context is presented, containing 39 items distributed in eight factors: competence; integrity; goodwill; transparency; participation; substantial information; accountability and secrecy, the latter being an inverse factor. The results of the application in the studied organization indicate that there are differences in the perception of transparency considering the variables of gender, type of link with the organization and degree of academic instruction.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Gestão de Políticas Públicas, Programa de Pós-Graduação em Administração, Mestrado Profissional em Administração Pública, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições:Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) e Advocacia-Geral da União (AGU).
Appears in Collections:MPA - Mestrado Profissional em Administração Pública (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/35335/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.