Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/34742
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_LeonardoFerreiraFariasdaCunha.pdf2,18 MBAdobe PDFView/Open
Title: A abordagem dos componentes físico-naturais nas aulas de Geografia em escolas públicas de Taguatinga-Distrito Federal
Authors: Cunha, Leonardo Ferreira Farias da
Orientador(es):: Leite, Cristina Maria Costa
Assunto:: Geografia - estudo e ensino
Taguatinga (DF)
Formação de educadores
Issue Date: 6-Jun-2019
Citation: CUNHA, Leonardo Ferreira Farias da. A abordagem dos componentes físico-naturais nas aulas de Geografia em escolas públicas de Taguatinga-Distrito Federal. 2018. 111 f., il. Dissertação (Mestrado em Geografia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Abstract: A relação entre sociedade e natureza é essencial à Geografia inclusive em sua versão escolar. Os conteúdos ensinados na escola são aqueles considerados relevantes à compreensão da espacialidade. Neste sentido, o ensino dos componentes físico-naturais é importante para habilitar os alunos a fazerem a leitura da realidade numa perspectiva geográfica, pois tanto os elementos naturais, quanto a maneira como as sociedades se apropriam deles, são fundamentais na estruturação do espaço. Sendo assim, o objetivo geral desta investigação foi analisar a abordagem que os professores de Geografia do Ensino Médio em escolas públicas de Taguatinga, no Distrito Federal, conferiam aos componentes físico-naturais e aos conteúdos a eles relacionados. Taguatinga é uma das 31 Regiões Administrativas do Distrito Federal. De sua área original se desmembraram outras regiões administrativas como Samambaia, Ceilândia, Águas Claras e Vicente Pires, com as quais mantém uma relação dinâmica e polariza parte importante das atividades econômicas, sociais e culturais, se constituindo na segunda centralidade mais importante na estruturação urbana do Distrito Federal. Em números absolutos é a segunda região administrativa em estudantes matriculados no Ensino Médio e proporcionalmente a sua população a primeira. Essa aglomeração expressiva definiu a escolha de duas escolas públicas dessa região que trabalhavam com este nível de ensino. Como última etapa da Educação Básica, o Ensino Médio é o momento de revisitar e consolidar conhecimentos, e uma oportunidade de construir e reconstruir caminhos de aprendizagem. Esta investigação é de natureza qualitativa e usou como instrumentos para produzir as informações empíricas entrevistas semiestruturadas e exercícios de problematização. Além disso, foram analisados também, os planos de ensino elaborados pelos professores. Os resultados encontrados após análise e discussões revelaram que: os componentes físico-naturais de modo geral são abordados de forma descritiva, informativa e fragmentária; falta clareza conceitual no tratamento dos temas e conteúdos que envolvem os componentes físico-naturais; a formação inicial e continuada dos professores tem um efeito decisivo em sua prática pedagógica, principalmente no que se refere à (re) construção pedagógica de conteúdos. Por tudo isto, a formação inicial deve ser melhorada e garantidas as oportunidades de construção pedagógica de conteúdos nos vários campos da geografia, ampliando a qualidade profissional docente. Além disso, a formação continuada deve ser fortalecida e incentivada, a favor das boas práticas pedagógicas, de modo a identificar problemas, desenvolver possibilidades e (re) orientar condutas e, no caso da Geografia Escolar, se constituir no modo pelo qual serão realizadas análises espaciais, como via de formação da criticidade do aluno, para o processo de leitura do mundo.
Abstract: The relation between society and nature is essential to Geography even in its School version. The contents taught at school are those considered relevant to the understanding of spatiality. In that sense, the teaching of physical-natural components is important to enable students to read reality from a geographical perspective, since both natural elements and the way in which societies appropriate them are fundamental in the structuring of space. Thus, the general objective of this research was to analyze the approach that Public High School Geography teachers from Taguatinga, in the Federal District, conferred to the physical-natural components and related contents. Taguatinga is one of the 31 Administrative Regions of the Federal District. Other administrative regions, such as Samambaia, Ceilândia, Águas Claras and Vicente Pires, were dismembered from its original area, with which it maintains a dynamic relationship and polarizes an important part of the economic, social and cultural activities, being the second most important centrality in the urban structuring of Federal District.In absolute numbers it is the second administrative region in students enrolled in High School and proportionally its population the first. This expressive agglomeration defined the choice of two public schools in this region that worked with this level of education. As the last stage of Basic Education, High School is the time to revisit and consolidate knowledge, and an opportunity to build and rebuild learning paths. It is an investigation of qualitative nature that used as instruments to produce the empirical information semi-structured interviews and problematization exercises. In addition, we also analyzed the teaching plans elaborated by the teachers. The results found after analysing and discussing revealed that: the physical-natural components in general are approached in a descriptive, informative and fragmentary way; lack conceptual clarity in the treatment of the themes and contents that involve the physical-natural components; initial and continuous formation of teachers has a decisive effect on their pedagogical practice, especially with regard to the pedagogical (re) construction of contents. For all that, initial training should be improved and the opportunities of pedagogical construction of content in several fields of geography should be guaranteed, thus increasing the professional quality of teaching. In addition, continuing education should be strengthened and encouraged in favor of good pedagogical practices in order to identify problems, develop possibilities and (re) guide conduct and, in the case of School Geography, be the way in which space analysis will be carried out, as a way of forming the criticality of the student, for the process of reading the world.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Geografia, Programa de Pós-graduação, 2018.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:GEA - Mestrado em Geografia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/34742/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.