Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/34569
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2003_ElmiraLuziaMeloSoaresSimeão.pdf
???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.accessRestricted???
12,38 MBAdobe PDF ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.restrito???
Title: Comunicação extensiva e o formato do periódico científico em rede
Authors: Simeão, Elmira
Orientador(es):: Miranda, Antonio
Assunto:: Comunicação extensiva
Hipertextualidade
Periódicos eletrônicos
Issue Date: 7-May-2019
Citation: SIMEÃO, Elmira Luzia Melo Soares. Comunicação extensiva e o formato do periódico científico em rede. 2003. 263 f., il. Tese (Doutorado em Ciência da Informação)—Universidade de Brasília, Brasília,2003.
Abstract: O periódico científico foi estruturalmente modificado com as formas de apresentação e acesso digital, distanciando-se de práticas de significações históricas, oriundas do formato impresso. É o meio de divulgação prioritário e também uma das publicações onde as mudanças nos formatos revelam uma ação extensiva, diferente das práticas tradicionais. A comunicação extensiva, compreendida como modelo emblemático das interações em rede, apresenta-se tanto nas novas formas de produção dos documentos, como também na reorganização de emissores e receptores em um cenário técnico onde a informação científica e seu conteúdo simbólico se adaptam a formas flexíveis e instáveis. Mudanças gradativas (no suporte, formato, conteúdo e tipo de publicação) foram observadas nos periódicos em rede, através de uma pesquisa quantitativa em 400 periódicos científicos eletrônicos das principais editoras internacionais disponibilizados no portal www.periodicos.capes.qov.br. da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nivel Superior, CAPES. A coleta de dados foi feita com um check-list, relacionando 70 variáveis, e os resultados foram inseridos numa planilha eletrônica para uma totalização inicial. Posteriormente os dados foram cruzados usando o programa SPSS para análise estatística. A pesquisa concluiu que os novos formatos se distinguem pela inserção de ferramentas e serviços que dinamizam a comunicação extensiva provocando a interatividade, a hipertextualidade (interna e externa) e a hipermidiação, características próprias do formato eletrônico. Depois de atingirem os formatos, os recursos tecnológicos determinam uma nova percepção para os conteúdos. As variáveis foram agrupadas de acordo com a pertinência que têm com o aspecto estudado no formato eletrônico e expressas em proporções. Os resultados da totalização formam um perfil que destaca a hibridação e a dependência em relação ao formato impresso. Ao combinar novamente as variáveis em conjunto buscando indicadores de Interatividade, hipertextualidade e hipermidiação, os periódicos são agrupados por plataforma para testar se houve maior ou menor nível de interatividade, hipertextualidade e hipermidiação entre os grupos. Primeiro foram calculadas as medidas descritivas dos indicadores; a média, o desvio padrão, o valor mínimo, o valor máximo, os percentis, dentre outros dados para confirmar maior ou menor nível de cada uma das características entre os grupos escolhidos. Os resultados demonstram que ao estabelecer uma relação entre as três características do formato eletrônico, observando o agrupamento por plataforma, não existe uma relação direta entre elas. Ou seja, os grupos mais interativos não são necessariamente os de maior potencial hipertextual. A hipermidiação também não tem ação determinante para interatividade, significando um recurso a mais de comunicação em uma dimensão diferenciada do sistema tradicional. A performance dos periódicos também foi avaliada comparativamente entre as editoras. A plataforma Scielo apresentou poucos recursos mantendo uma pontuação baixa em quase todos os indicadores, mas conseguiu destaque em relação ao idioma porque reúne periódicos de um bloco geograficamente importante e que tem ganhado espaço e representatividade. Já a plataforma SD. maior base de conhecimento científico do portal, possibilita maior interatividade aos usuários com muitas ferramentas de personalização, um indicador de comunicação extensiva. A hipertextualidade se configura numa ação interativa, mas é também um tipo de linguagem que precisa ser aprimorada em correlações de conteúdos como a que existe nas plataformas Gale e OVID, bastante avançadas no uso de conexões bibliográficas.
Abstract: The scientific journal, or 'journal', has been greatly affected by the advent of its online digital accessibility, which brought changes to the historical practices of its printed format. The journal is the priority publication médium for scientific communication, one of the document categories where changes in the electronic format uncover an extensive action, different from traditional practices. The extensive communication - a.k.a. the emblematic model of network interactions - comes as much in new forms of document production, as well as in the reorganisation of the technical landscape in which scientific information adapts to flexible and unstable forms. Gradual changes (in support, format, content, and publication type) were observed in 400 online electronic journals, being ali by main international publishers, as made available at CAPES portal (www.ncriodifDs.cancs.gov.hr). A data collection was assembled through a checklist for 70 variables, and the results were inserted in a spreadsheet for an initial analysis. Afterwards, data were crossexamined through the use of the SPSS software for statistical analysis. This investigation has shown that the new format stand out through the insertlon of tools and services, strengthening extensive communication by means of interactivity, hypertextuality, and hypermediation, a. k. a., the main distinctive features of the electronic format. After technological resources mature the online format, they establish a new perception of the journal contents. The variables were grouped acccrding to their períinence to the studied aspects in the electronic format and were expressed in percentage ratios. The results display the dependence of the electronic on the printed format. By combining ali the variables once again to measure the leveis of interactivity, hypertextuality, and hypermediation, journals were grouped by platform (i. e., the online publishing base as, for example, Scielo, Science Direct, Gele, OVID, etc.) to test for interactivity, hypertextuality, and hypermediation leveis among platforms. The descriptive measures of indexes were first calculated. average, standard deviation, minimum value, maximum value, percentage ratios - among other data - to confirm level variations of each one of the characteristics among the platforms. Observing the grouping by platform, the results have shown evidence that a direct relationship (in other words, the most interactive groups are not necessarily the most hypertextual or hypermediatic ones) does not exist among the three characteristic features of the online electronic format. The online journal is using a communication in a differentiated dimension from the traditional system. The performance of the journals was also evaluated comparatively among platforms. Scielo, for example. carries few resources, mainíaining a low percentage ratio in almost ali of the indexes, but has a prominence as to the language variable. Science Direct. the largest scientific knowledge base at CAPES portal, carries many personalization tools, an index of extensive communication. The hypertextuality is configured in an interactive action, but it is also a kind of language that needs to be perfected in actions of content qorrelation, similar to the one existing at Gale and OVID platforms, and having bibliographical connections.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Estudos Sociais Aplicados, Departamento de Ciência da Informação e Documentação, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, 2003.
metadata.dc.relation.isbasedon: http://repositorio.unb.br/handle/10482/685
Appears in Collections:FCI - Doutorado em Ciência da Informação (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/34569/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.