Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/34515
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_TiagoBuenoFlores.pdf1,66 MBAdobe PDFView/Open
Title: O processo de industrialização da agricultura : um estudo da cana de açúcar no município de Uberaba-MG
Other Titles: The process of industrialization of agriculture : a study of sugarcane in the municipality of Uberaba-MG
Authors: Flores, Tiago Bueno
Orientador(es):: Sauer, Sérgio
Assunto:: Cana-de-açúcar - Minas Gerais (MG)
Cana-de-açúcar - indústria
Cana-de-açúcar - produtividade
Desenvolvimento agrícola
Agroindústria
Issue Date: 29-Apr-2019
Citation: FLORES, Tiago Bueno. O processo de industrialização da agricultura: um estudo da cana de açúcar no município de Uberaba-MG. 2018. 113 f., il. Dissertação (Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Abstract: A dinâmica imposta à agricultura brasileira gerou rápidas transformações nos seus índices de produtividade, a cultura da cana de açúcar representa exemplo claro desse processo de modernização técnica-econômica, por um lado, e exclusão socioambiental, por outro. O seu caráter colonial persiste mesmo após o processo de industrialização, embora o rótulo de latifúndio monocultor tenha dado lugar à distintas denominações, sendo a mais recente, setor sucroenergético. A pesquisa apresentada aqui teve como ponto de partida a crescente participação do município de Uberaba/MG no setor sucroenergético do Brasil, sendo atualmente um dos 10 maiores produtores de cana de açúcar do país. Apesar do recorrente discurso em prol dos canaviais e seus supostos benefícios às cidades abrangidas, é de conhecimento comum que as usinas e grandes plantações acarretam mazelas sociais e ambientais muitas vezes irreversíveis. A figura do Estado, que deveria atuar como regulador deste processo, evitando ou impondo limites aos impactos desta atividade agrícola, acaba estabelecendo um vínculo de financiador do segmento, uma relação histórica que perpétua há séculos. Consequentemente, este trabalho visou analisar a participação do Estado – via investimentos do Plano Nacional de Agroenergia do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) – no desenvolvimento da agroindústria sucroenergética no município de Uberaba, entre os anos de 2003 e 2015. A análise empenhada contou com amplo levantamento de dados e informações de entidades representativas do setor e órgãos públicos vinculados à pauta. No âmago deste processo, a pesquisa revelou que o Plano Nacional de Agroenergia, lançado no ano de 2005 pelo Governo Federal foi o principal catalisador da expansão do setor sucroenergético em Uberaba, tendo aportado vultuosos financiamentos para ampliação das plantas produtivas, áreas de plantio e maquinário, possibilitando assim o crescimento exponencial verificado para o período analisado.
Abstract: The dynamics imposed on Brazilian agriculture generated rapid changes in productivity, sugar cane culture represents a clear example of this process of technical-economic modernization, on the one hand, and socio-environmental exclusion, on the other. Its colonial character persists even after the process of industrialization, although the label of monoculture latifundia has given rise to different denominations, the most recent one being the sucroenergetic sector. The research presented here had as starting point the growing participation of the municipality of Uberaba/MG in the sucroenergetic sector of Brazil, being currently one of the 10 largest producers of sugar cane in the country. Despite the recurrent discourse in favor of sugarcane plantations and their supposed benefits to the cities covered, it is common knowledge that plantations and large plantations induce social and environmental problems that are often irreversible. The State figure, which should act as regulator of this process, avoiding or imposing limits on the impacts of this agricultural activity, ends up establishing a bond as financier of the segment, a historical conexion that has perpetuated for centuries. Consequently, this work aimed the analysis of the State's participation - through investments in the National Agroenergy Plan of the Ministry of Agriculture, Livestock and Supply (MAPA) - in the development of the sugarcane agro-industry in the municipality of Uberaba between 2003 and 2015. The analysis involved a broad data and information survey from representative entities of the sector and public agencies linked to the agenda. At the heart of this process, the research revealed that the National Agroenergy Plan, launched in 2005 by the Federal Government, was the main catalyst for the expansion of the sugarcane industry in Uberaba and provided substantial financing for expansion of production plants, planting areas and machinery, thus allowing the exponential growth verified for the analyzed period.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade UnB Planaltina, Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural, 2018.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FUP - Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/34515/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.