Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/33428
Files in This Item:
File SizeFormat 
ARTIGO_CriticaInstituicaoMedica.pdf131,5 kBAdobe PDFView/Open
Title: Crítica à instituição médica moderno-industrial a partir do microssistema linguístico de Ivan Illich
Other Titles: Critique of the modern-industrial medical institution based on the linguistic microsystem of Ivan Illich
Authors: Bello, Alejandra
Garrafa, Volnei
Assunto:: Saúde pública
Ciências sociais
Medicina
Linguagem
Modernidade
Issue Date: 2018
Publisher: Centro Brasileiro de Estudos de Saúde
Citation: BELLO, Alejandra; GARRAFA, Volnei. Crítica à instituição médica moderno-industrial a partir do microssistema linguístico de Ivan Illich. Saúde debate, Rio de Janeiro, v. 42, n. 116, p. 263-273, jan./mar. 2018. DOI: https://dx.doi.org/10.1590/0103-1104201811621. Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-11042018000100263&lng=pt&nrm=iso>. acessos em 23 maio 2019.
Abstract: Ivan Illich criou uma terminologia própria à temática relacionada com a saúde. Mais do que simples palavras, este autor permite um olhar diferenciado sobre a instituição médica contemporânea e sua relação com o atual modelo moderno-industrial de sociedade. Com uma produção acadêmica original, redefine o vocabulário médico, transformando uma série de termos ideológicos em categorias capazes de desvendar lógicas naturalizadas pelo poder vigente na sociedade atual. Sua produção acadêmica contribui para proporcionar à saúde pública um enfoque crítico diferente na abordagem de problemas, a partir das ciências sociais. Objetivando contribuir para a construção de um glossário de termos capaz de produzir e transmitir uma visão crítica mais aguda sobre a instituição médica moderno-industrial, a partir do microssistema linguístico de Illich, este artigo analisa, de forma narrativa, termos criados e redefinidos pelo autor na sua obra 'Medical nemesis'. Finalmente, o artigo propõe algumas chaves para pensar a saúde pública, desde a perspectiva do autor.
Abstract: Ivan Illich created an own terminology related to health. More than simple words, this author allows a different look at the contemporary medical institution and its relation with the current modern-industrial model of society. With an original academic production, it redefines the medical vocabulary, transforming a series of ideological terms into categories capable of unraveling naturalized logics by the current power in today's society. Its academic production contributes to providing public health with a different critical approach in addressing problems, from the social sciences. Aiming to contribute to the construction of a glossary of terms capable of producing and transmitting a more acute critical view of the modern-industrial medical institution, from the linguistic microsystem of Illich, this article analyzes, in a narrative way, terms created and redefined by the author in his work 'Medical nemesis'. Finally, the article proposes some keys to public health thinking, from the perspective of the author.
Licença:: (CC BY) - Este é um artigo publicado em acesso aberto (Open Access) sob a licença Creative Commons Attribution, que permite uso, distribuição e reprodução em qualquer meio, sem restrições, desde que o trabalho original seja corretamente citado.
DOI: https://dx.doi.org/10.1590/0103-1104201811621
Appears in Collections:DSC - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/33428/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.