Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/33209
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_TemporalidadeTraumaGenese.pdf374,88 kBAdobe PDFView/Open
Title: Temporalidade do trauma : gênese mais estrutura no pensamento freudiano
Other Titles: Temporality of trauma : genesis plus structure in freudian thinking
Authors: Celes, Luiz Augusto
Assunto:: Trauma psíquico
Freud, Sigmund, 1856-1939
Psicanálise
Issue Date: 1999
Publisher: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Citation: CELES, Luiz Augusto. Temporalidade do trauma: gênese mais estrutura no pensamento freudiano. Psicologia: Reflexão e Crítica, Porto Alegre, v. 12, n. 3, p. 00, 1999. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79721999000300007. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721999000300007&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 17 dez. 2018.
Abstract: O presente artigo interpreta a temporalização do tempo na psicanálise freudiana, detendo-se particularmente na análise da primeira teoria do trauma. Mostra a função temporalizadora da sexualidade determinada por seu caráter disjuntivo e expressa no termo posterioridade, no duplo sentido que adquire na obra freudiana: o progressivo e o regressivo. A simbolização implicada na teoria do trauma e o recalque são discriminados em suas relações com a temporalidade. O percurso enseja uma discussão do fundamento do pensamento freudiano entre gênese e estrutura, para concluir com uma avaliação da desconstrução da herança científica de Freud na psicanálise que se inicia.
Abstract: This article interprets the temporalization of time in Freudian psychoanalysis, particularly on the analysis of the first trauma theory. Sexuality is shown to have a temporalizing function determined by its separating character and expressed in the term deferred-action,both in the progressive and regressive sense used by Freud. The symbolization implicated in the trauma theory and the repression are discriminated in their relations to temporality. The basis of Freudian thinking between genesis and structure is discussed, concluding with an evaluation of the deconstruction of Freud’s scientific heritage in psychoanalysis as founded by him.
Licença:: Psicologia: Reflexão e Crítica - Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons (CC BY NC). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79721999000300007&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 17 dez. 2018.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79721999000300007
Appears in Collections:PCL - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/33209/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.