Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/33080
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_DeniseSilvaMacedo.pdf3,1 MBAdobe PDFView/Open
Title: Mercantilização do discurso público : universidades brasileiras
Authors: Macedo, Denise Silva
Orientador(es):: Magalhães, Maria Izabel Santos
Assunto:: Discurso
Ensino superior
Universidades públicas
Mercantilização
Issue Date: 26-Nov-2018
Citation: MACEDO, Denise Silva. Mercantilização do discurso público: universidades brasileiras. 2018. 256 f., il. Tese (Doutorado em Linguística)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.
Abstract: Esta tese apresenta os resultados de minha investigação sobre a mercantilização do discurso das universidades públicas brasileiras. Explora também seus impactos no habitus universitário. O objetivo é refletir sobre tendências discursivas no ensino superior público no contexto de processos de mercantilização em cenários globais. Os métodos utilizados foram pesquisa documental de caráter sincrônico e comparativo, entrevista semiestruturada, grupo focal e observação não participante. A pesquisa documental envolveu dois paradigmas do ensino superior, Universidade de Brasília e Universidade de São Paulo. Na primeira universidade, foram realizadas também entrevistas semiestruturadas a sete docentes, um grupo focal com três discentes e duas observações não participantes, sempre na graduação. O referencial teórico contemplou o caráter transdisciplinar da Análise de Discurso Crítica, com abordagens de estudos do discurso também da América Latina, em articulação, sobretudo, com a Sociologia do Capitalismo e a Educação. As categorias da Análise de Discurso Crítica para a análise dos dados foram avaliação, modalidade, interdiscursividade, intertextualidade, metáfora, estrutura genérica e representação de atores sociais. Elas foram articuladas às tendências abrangentes de mudança em progresso nas ordens do discurso contemporâneas: comoditização, tecnologização e democratização. Os resultados apontam, conforme os dados, mecanismos discursivos de operacionalização e de naturalização, mas também de resistência ao erro social aqui investigado. Obstáculos e dificuldades de superação desse erro estão nos gêneros de governança associados a suportes tecnológicos da comunicação institucional, os quais constrangem discursos docentes e discentes em relações assimétricas de poder e de diálogo; na identificação docente com o academicismo e seus cânones; na tendência docente à adaptação aos efeitos da mercantilização na universidade pública burocrática, produtivista, precarizada e à naturalização da crise; no conflito na construção de identidades docentes; na ausência de reflexão quanto às interferências estrangeiras no habitus universitário; na identificação discente com a universidade inclusiva e socializadora. Mecanismos discursivos apontam também resistência às contradições inerentes ao capitalismo, que geram assimetria nas atividades acadêmicas e nas relações entre instituição, pessoas e grupos. As contribuições deste estudo são apontar mecanismos discursivos que contribuem para o exercício do poder, mas também para ações de resistência, de crítica e de superação do erro social aqui investigado, assim como colaborar para estudos do discurso situados na América Latina.
Abstract: This thesis presents the results of my investigation on the marketization of discourse in Brazilian public universities. It also looks into its impact on the university habitus. The objective is to reflect upon the discourse tendencies in public higher education from the perspective of the global scene of marketization processes. The methods used were comparative synchronous documental survey, semi-structured interview, focus group and non-participant observation. The documental survey involved two paragons of higher education, University of Brasilia and University of São Paulo. Semi-structured interviews of seven lecturers and a focus group with three students and two non-participant observations were conducted in the undergraduate program at the University of Brasilia. The theoretical framework took into account the transdisciplinary character of Critical Discourse Analysis with discourse studies also from Latin America associated particularly with Sociology of Capitalism and Education. The Discourse Analysis categories used in the analysis of the data were: evaluation, modality, interdiscursivity, intertextuality, metaphor, general structure and representation of social actors. They were correlated to broad tendencies of change underway in the orders of contemporary discourse: commoditization, technologization and democratization. The results point to discursive mechanisms of operationalization, naturalization, as well as of resistance to the social error investigated here. Obstacles and difficulties in overcoming this error are found in the genre of governance associated with various types of technological support to institutional communication, which constrains the lecturers' and students' discourses in asymmetric relations of power and dialogue; in the lecturers' identification with academicism and its canons; in the lecturers' tendency to adapt to the effects of marketization in the precarious, bureaucratic and productivist public university and to the naturalization of crisis; in the conflict of construction of lecturers' identities; in the absence of reflection on foreign interferences in the university habitus; in the students' identification with a socializing and inclusive university. The discursive mechanisms also point to resistance to the contradictions inherent to capitalism and produce asymmetry in academic activities and the relations between the institution, people and groups. This study points out the discursive mechanisms that contribute to the exercise of power, but also to resistance actions, criticism of and overcoming the social error investigated here and also contributes to discourse analysis studies in Latin America.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2018.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:LIP - Doutorado em Linguística (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/33080/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.