Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/3288
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Júlia Cristina Coelho Ribeiro.pdf1,17 MBAdobe PDFView/Open
Title: Significação na escola inclusiva : um estudo sobre as concepções e práticas de professores envolvidos com a inclusão escolar
Other Titles: Meanings at inclusive schools – a study on inclusive schools teachers´ conceptions and practices
Authors: Ribeiro, Júlia Cristina Coelho
Orientador(es):: Barbato, Silviane Bonaccorsi
Assunto:: Dialogismo
Educação inclusiva
Educação de crianças
Inclusão escolar
Issue Date: 18-Jan-2010
Citation: RIBEIRO, Júlia Cristina Coelho. Significação na escola inclusiva: um estudo sobre as concepções e práticas de professores envolvidos com a inclusão escolar. Brasília. 2006. 187 f. Tese (Doutorado em Psicologia)-Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília, Brasília, 2006.
Abstract: Tomando como ponto de partida as abordagens teóricas provenientes da Psicologia Cultural e, mais especificamente, da dimensão dialógica da produção de conhecimentos, este estudo teve por objetivo, descrever e analisar as concepções e práticas de professores do ensino fundamental que atuam com crianças que apresentam necessidades educacionais especiais, inseridas no contexto de alfabetização da escola regular. Este estudo se propôs a identificar quais os significados que estão regulando as práticas de educação inclusiva por parte de professores de duas escolas do DF. Para tanto, este trabalho de pesquisa qualitativa concentrou sua atividade de investigação em duas etapas: 1ª- Estudo Exploratório e, 2ª- Estudos de Casos, e contou com a participação de cinco professores: dois professores regentes, duas professoras de apoio e uma professora itinerante. Os dados foram construídos através da utilização de entrevistas semi-estruturadas individuais e coletivas e do emprego de uma estratégia de gravação em video tape de duas salas de aula inclusivas, a fim de que se pudesse mediar uma reflexão posterior sobre a prática pedagógica dos professores investigados, por meio da auto-observação em vídeo. O processo de interação entre participantes e pesquisadora resultou na elaboração de quatro mapas de significações, construídos a partir da análise dialógica temática aplicada à análise da conversação. Os resultados indicaram que a inclusão escolar se constitui por um conjunto de crenças e valores, os quais são expressos por meio do reconhecimento das diferenças humanas, por concepções apriorísticas relacionadas ao modo como a deficiência e a identidade profissional dos professores são explicadas e pela construção de concepções e práticas que se dirigem para a possibilidade de reestruturação das formas de intervenção pedagógicas, no sentido de se atender às necessidades educacionais especiais dos alunos. Tal processo parece se configurar por significações em transição, na medida em que teorias pedagógicas conservadoras vêm sendo articuladas e confrontadas com concepções e práticas que se dirigem para o ensino dialógico, desde o ponto de vista da valorização dos processos de interação, como forma de compensação da deficiência. Concluímos que a transição de significações justifica-se pelo fato de os professores das escolas investigadas ainda se encontrarem numa etapa de recepção e reflexão crítica e criativa acerca de concepções e práticas mais adequadas, isto é, se encontrarem na zona de desenvolvimento proximal, no que diz respeito à apropriação teórico-prática do conceito complexo de inclusão escolar. Entendemos que tal apropriação se articula com crenças e valores que, por sua vez, se expressam por momentos de homogenia e heterogenia de significados, uma vez que a política pública de inclusão escolar, com todo o seu sistema de apoios, resulta de um movimento assimétrico e polifônico, cultural e historicamente produzido. ________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This study is based on the Cultural Psychology perspective in its dialogical framework. It aimed at describing and analyzing the conceptions and practices of elementary mainstream schools teachers who work with students with special needs. Research was fulfilled in two stages. In the first moment an exploratory study was conducted and in a second moment a case study was developed. In total 5 teachers of two schools situated in Brasilia-DF, Brazil participated – two classroom teachers, two support classroom teachers and an itinerant one. Data were collected through semi-structured individual and collective interviews and two classes - one in each school - were video recorded in order to mediate two sessions of discussions about the teachers own pedagogical practice through a guided self observation interview. Dialogic and conversational analyses were applied. The interaction process between the researcher and the participants resulted in four meaning maps. Results indicated that school inclusion may be built by a set of beliefs and values expressed by: a) the recognition of human differences; b) aprioristic conceptions related to the way disability and teachers´ professional identities are explained; and c) the construction of conceptions and practices that are directed towards the possibility of restructuring pedagogical intervention in order to answer to students´ special needs. That process may be shaped by transition meanings as traditional conceptions are articulated and confronted with dialogical practices, and valued as ways of compensating disability. We concluded that the formulation of transition meanings is justified as participating school teachers are yet in a stage of novelty reception, and creative and critical reflections about which conceptions and practices are more appropriate. Teachers are in a zone of proximal development when we take into consideration the appropriation of the school inclusion concept. We understand that appropriation is articulated with beliefs and values that express themselves in homogenous and heterogenous meanings as the concretization of the school inclusion public policy - with its whole support system - results from the production of asymmetric, polyphonic, cultural and historical movements.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2006.
Appears in Collections:IP - Doutorado em Psicologia (Teses)
UnB - Brasília 50 anos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/3288/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.