Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/31547
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_LuísaSaraivaBento.pdf1,6 MBAdobe PDFView/Open
Title: Winning hearts and minds : a diplomacia estadunidense dos intercâmbios educacionais para a América Latina
Authors: Bento, Luísa Saraiva
Orientador(es):: Menezes, Roberto Goulart
Assunto:: América Latina
Intercâmbio educacional
Diplomacia cultural
Issue Date: 2-Apr-2018
Citation: BENTO, Luísa Saraiva. Winning hearts and minds: a diplomacia estadunidense dos intercâmbios educacionais para a América Latina. 2017. 92 f., il. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Abstract: Esse estudo aborda a temática dos intercâmbios educacionais e a sua inserção na diplomacia pública como um instrumento da diplomacia cultural dos países no exterior. Discute-se o alinhamento entre o trabalho do Bureau of Educational and Cultural Affairs (ECA), principal agência federal financiadora dos intercâmbios culturais, e os direcionamentos da política externa estadunidense para a América Latina no período compreendido entre 2001 e 2016. Considera-se que as ações da diplomacia pública servem de suporte as decisões políticas de um país ou região, assim, tornando-a um dos tantos braços da política externa estadunidense. Figurando como uma zona de influência dos Estados Unidos ao longo do último século, a América Latina também foi importante destino dos esforços da diplomacia pública estadunidense por meio de intercâmbios educacionais desde o início da adoção dessa estratégia. Com base no estudo de fontes primárias e secundárias, esse trabalho teve como propósito responder à questão de como tais intercâmbios inserem-se na diplomacia pública e cultural do país. Também busca-se propor uma abordagem interdisciplinar da política externa estadunidense. Espera-se como resultado dessa pesquisa demonstrar a legitimidade dos programas de intercâmbios educacional como instrumentos da diplomacia cultural.
Abstract: This study addresses the theme of educational exchanges and their inclusion in public diplomacy as an instrument of cultural diplomacy abroad. The aim is to discuss the alignment between the work of the Bureau of Educational and Cultural Affairs (ECA), the main federal funding agency for educational and cultural exchanges, and the directives of US foreign policy for Latin America in the period between 2001 and 2016. It is considered that the actions of public diplomacy support the political decisions of a country or region, thus making it one of the many tools of US foreign policy. Featuring as an U.S. a zone of influence over the last century, Latin America has also figured as an important destination for the country’s public diplomacy efforts through educational exchanges since its beginning. Based on the study of primary and secondary sources, this dissertation aims to answer the question of how such exchanges fit into the public and cultural diplomacy. Additionally, an interdisciplinary approach to US foreign policy is proposed. It is hoped as a result of this research to demonstrate the legitimacy of educational exchange programs as instruments of cultural diplomacy.
Resumen: Este estudio aborda la temática de los intercambios educativos y su inserción en la diplomacia pública como un instrumento de la diplomacia cultural de los países en el exterior. Se discute la alineación entre el trabajo del Bureau of Educational and Cultural Affairs (ECA), principal agencia federal financiadora de los intercambios culturales, y los directivos de la política exterior estadounidense para América Latina en el período comprendido entre 2001 y 2016. Se considera que, las acciones de la diplomacia pública sirven de apoyo a las decisiones políticas de un país o región, convirtiéndola en uno de los tantos brazos de la política exterior estadounidense. Figurando como una zona de influencia de Estados Unidos a lo largo del último siglo, América Latina también fue importante destino de los esfuerzos de la diplomacia pública estadounidense a través de intercambios educativos desde el inicio de la adopción de esta estrategia. Con base en el estudio de fuentes primarias y secundarias, ese trabajo tuvo como propósito responder a la cuestión de cómo tales intercambios se insertan en la diplomacia pública y cultural del país. También se busca proponer un enfoque interdisciplinario de la política exterior estadounidense. Se espera como resultado de esa investigación demostrar la legitimidad de los programas de intercambios educativos como instrumentos de la diplomacia cultural.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Relações Internacionais, 2017.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Appears in Collections:IREL - Mestrado em Relações Internacionais (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/31547/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.