Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/31272
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_CarlaPatríciaCarvalhodeAmorim.pdf5,72 MBAdobe PDFView/Open
Title: Batuca bebê : a educação do gesto musical
Authors: Amorim, Carla Patrícia Carvalho de
Orientador(es):: Pederiva, Patrícia Lima Martins
Assunto:: Musicalidade
Bebês
Educação musical
Issue Date: 20-Feb-2018
Citation: AMORIM, Carla Patrícia Carvalho de. Batuca bebê: a educação do gesto musical. 2017. 150 f., il. Dissertação (Mestrado em Educação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Abstract: O presente trabalho teve por objetivo investigar o desenvolvimento do gesto musical dos bebês, a partir da organização do espaço educativo musical, tendo a música corporal como atividade-guia. O trabalho foi dividido em quatro capítulos. O primeiro capítulo investigou o desenvolvimento do bebê intrauterino, tendo como aspecto relevante para a investigação, a formação do Sistema Nervoso Central – SNC imbricado à constituição da pele, que, por sua vez, constitui-se como matriz de todos os sentidos. No segundo capítulo vimos que o bebê, ao nascer, se expressa usando constelações completas de condutas com todo o corpo. Seus movimentos traduzem gestos, que, por sua vez, traduzem emoções dos estados afetivos. Sendo a música, arte e ferramenta das emoções, entramos no campo da educação do gesto musical do bebê. No terceiro capítulo descrevemos o caminho metodológico, que se constituiu em uma pesquisa colaborativa, em que as mães, também, atuaram como pesquisadoras. No quarto capítulo caminhamos por um processo de análise e teoria, que possibilitou compreender o desenvolvimento do gesto musical dos bebês, como a primeira e mais importante linha do desenvolvimento da musicalidade. O gesto musical também se manifesta como uma forma de emprego dos signos, sendo, também, os gestos musicais indicativos do bebê, base de todas as formas superiores do comportamento. Por meio dos caminhos dos afetos e das expressões, os bebês passaram por processos de imitação, criação e expressão, reproduzindo sons corporais como: palmas, batidas no peito, na boca, na barriga, riquezas de expressões dos gestos da música corporal que emergiram e foram materializados nos batuques dos bebês, tendo o solfejo corporal como elemento importante do processo educativo. Esse estudo revelou que é possível uma educação musical para os bebês, a partir da educação dos seus gestos musicais em meio às suas relações sociais. A perspectiva histórico-cultural de Vigotski serviu de base epistemológica e lente, que possibilitou a realização desse trabalho.
Abstract: The present work investigates the development of the musical gesture of babies, from the organization of the musical educative space, having the corporal music as its guide-activity. The text is divided in four chapters. The first chapter is about the development of the intrauterine baby, highlighting the formation of the Central Nervous System – CNS overlapping the constitution of the skin, witch is the matrix of all of the senses. In the second chapter we see that the new born baby expresses itself through complete constellations of conduct with all the body. The movements translate gestures that, in its turn, translate emotions of the affective state. Being music an art and tool of the emotions, we enter the field of the education of the baby’s musical gesture. In the third chapter is described the methodological path, that is a collaborative research with the babies’ mothers, that acted also as researchers. In The fourth chapter there is a process of analysis and theory, aiming to comprehend the development of the baby’s musical gesture as the first and most important line of development of the musicality. The musical gesture manifests itself also as a way of placing signs, and the indicative musical gestures of the baby are the basis for all the superior forma of behavior. Through the way of the affects and expressions, the babies pass by processes of imitation, creation and expression, reproducing corporal sounds like: clapping and hand beats in the chest, in the mouth, and in the belly, that are rich ways of the expression of the corporal music, that emerged and were materialized in the babies’ corporal drummings, having the corporal solfeggio as an important element of the educative process. This study reveals that it is possible to have a musical education for babies from the education of their musical gestures among their social relationships. The cultural-historical perspective of Vigotski served as the epistemological base and lens that made possible the accomplishment of this work.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2017.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FE - Mestrado em Educação (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/31272/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.