Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/31172
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_SamiaGomesdaSilva.pdf3,69 MBAdobe PDFView/Open
Title: Interações entre lenhosas e comunidades de fungos micorrízicos em uma área de cerrado sentido restrito no Distrito Federal
Authors: Silva, Samia Gomes da
Orientador(es):: Bustamante, Mercedes Maria da Cunha
Assunto:: Diversidade microbiana
Variabilidade
Fungos - Cerrados
Cerrados
Atividade microbiana
Issue Date: 7-Feb-2018
Citation: SILVA, Samia Gomes da. Interações entre lenhosas e comunidades de fungos micorrízicos em uma área de cerrado sentido restrito no Distrito Federal. 2017. xiii, 101 f., il. Dissertação (Mestrado em Ecologia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.
Abstract: O Cerrado abriga uma grande diversidade vegetal, mas pouco se sabe sobre a sua influência na microbiota do solo e como esta interação pode agir sobre os processos ecossistêmicos. O objetivo deste trabalho foi investigar a influência de espécies de lenhosas sobre a estrutura da comunidade de fungos micorrízicos arbusculares (FMAs) e sobre a atividade microbiológica do solo em diferentes estações do ano em uma parcela de cerrado sentido restrito na Reserva Ecológica do IBGE, Distrito Federal. Foram escolhidas dez espécies lenhosas: Qualea grandiflora, Qualea multiflora, Dalbergia miscolobium, Pterodon pubescens, Tachigali vulgaris, Roupala montana, Caryocar brasiliense, Ouratea hexasperma, Blepharocalyx salicifolius e Myrsine guianensis; sendo amostrados dez indivíduos de cada uma, utilizando-se a área de sua copa como parâmetro para a determinação de sua zona de influência no solo. A serapilheira total acumulada e a concentração de macro e micronutrientes medidos nas folhas sob variou entre as espécies vegetais. As folhas da espécie alvo apresentaram menor contribuição do que as folhas de outras espécies vegetais para a composição do estoque de nutrientes nas zonas de influência. As concentrações de nutrientes no solo variam nas amostras sob cada espécie vegetal, em função das estações do ano. Os valores de C da biomassa microbiana e de atividade da enzima β-glicosidase diferiram sob a influência de espécie vegetais distintas. A atividade da enzima fosfatase ácida diferiu entre as estações com valores mais elevados na estação seca. As estruturas das comunidades de FMAs avaliadas a partir dos perfis DGGE indicaram uma diferenciação das comunidades entre as estações e, notadamente, entre as espécies vegetais em cada estação. Os resultados obtidos demonstram que as relações entre a vegetação e a microbiota no Cerrado são influenciadas pelos padrões sazonais da precipitação e que a identidade das espécies vegetais é preponderante na estruturação das comunidades de FMAs.
Abstract: The Cerrado is home to a great plant diversity. However, we do not know much about its influence on the microbiota of the soil and how such an interaction can affect the ecological processes. The main objective of the present study was to investigate the influence of woody species on the structure of the community of arbuscular mychorrizal fungi (AMF) and on the microbiological activity of the soil in different seasons of the year in an area of Cerrado sensu stricto in the Ecological Reserve of the IBGE, Distrito Federal, Brazil. Ten woody species were chosen: Qualea grandiflora, Qualea multiflora, Dalbergia miscolobium, Plerotodon pubescens, Tachigali vulgaris, Roupala Montana, Caryocar brasiliense, Ouratea hexasperma, Blepharocalyx salicifolius and Myrsine guianensis. For each specie, ten trees were selected and their crown area was used as a parameter to determine their influence zone on the soil. The total standing litter and the concentration of macro and micronutrients measured in the leaves under the different tree individuals showed variation considering the vegetal species. The leaves of the target species contribute less to the composition of the stock of nutrients under its influence zone than the leaves of other plant species. The concentration of nutrients in soil samples collected under the canopy varied between seasons. The C of the microbial biomass and the activity of β-glucosidase enzyme were significantly different in samples collected under different plant species. The activity of acid phosphatase was higher in the dry season. The analysis of the structures of the communities of AMF, assessed based on DGGE profiles, revealed a seasonal differentiation as well as between the plant species in each season. The results showed that the relations between the vegetation and soil microbiota in the Cerrado are influenced by the seasonal pattern of rainfall. Moreover, the identity of the plant species also is a relevant factor determining the structuring of the AMF communities.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2017.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:ECL - Mestrado em Ecologia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/31172/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.