Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/31038
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_ThalesEnriqueBarnuevodeAzevedo.pdf5,41 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAviani, Francisco Leite-
dc.contributor.authorAzevedo, Thales Enrique Barnuevo de-
dc.date.accessioned2018-01-16T13:53:15Z-
dc.date.available2018-01-16T13:53:15Z-
dc.date.issued2018-01-16-
dc.date.submitted2017-08-16-
dc.identifier.citationAZEVEDO, Thales Enrique Barnuevo de. Superfícies dinâmicas funcionais: o potencial de tecnologias responsivas para a construção de fachadas. 2017. 142 f., il. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo)—Universidade de Brasília, Brasília, 2017.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/31038-
dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, 2017.pt_BR
dc.description.abstractA arquitetura está em constante mudança, adaptando-se às manifestações culturais e tecnológicas de cada tempo. Neste processo evolutivo de projetar e construir, Superfícies Dinâmicas Funcionais – SDF surgem como uma emergente e inovadora tipologia de fachada concebida para se adaptar, de forma dinâmica e funcional, às constantes e variadas demandas do ambiente. Esta pesquisa inicia investigando as motivações que levam ao surgimento das SDF, analisando a capacidade adaptativa da produção de arquitetura, antes e depois da Revolução Industrial, identificando os agentes que transformaram a fachada, da sua função de modulador climático para a concepção de superfície com função de delimitação espacial e barreira física entre o ambiente interno e externo. Posteriormente estuda-se as tecnologias responsivas de padrão cinético e de materiais compósitos inteligentes, analisando os princípios constituintes e os mecanismos de funcionamento destes sistemas no controle do clima e no aproveitamento de energias físicas naturais presentes no ambiente, contribuindo para otimizar o desempenho adaptativo e operacional do edifício. Finalmente apresenta-se uma amostra de SDF em edificações, destacando-se a tecnologia responsiva, dinâmica funcional e composição de materiais presente em cada sistema, estabelecendo um referencial comparativo entre a tecnologias responsiva aplicada e desempenho adaptativo conquistado. Desta maneira, este trabalho visa contribuir no estudo das tecnologias responsivas como estratégia para a criação de projetos de arquitetura adaptados ao ambiente do lugar de forma integrada e harmoniosa.pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleSuperfícies dinâmicas funcionais : o potencial de tecnologias responsivas para a construção de fachadaspt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subject.keywordFachadas de edificaçõespt_BR
dc.subject.keywordDesempenho operacionalpt_BR
dc.subject.keywordDinâmica estruturalpt_BR
dc.subject.keywordProjeto arquitetônicopt_BR
dc.rights.licenseA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.pt_BR
dc.description.abstract1Architecture is constantly changing, adapting itself to the cultural and technological manifestations of each period. In this evolutionary process of designing and constructing, Functional Dynamic Surfaces - FDS appear as an emerging and innovative façade typology designed to dynamically and functionally adapt to the constant and varied demands of the environment. This research begins with a research of the motivations that lead to the use of FDS, analyzing the adaptive capacity of architectural production, before and after the industrial revolution, and identifying the agents that transformed the façade from its function as a climatic modulator to becoming a surface design serving as spatial delimitation and physical barrier between the internal and external environment. Furthermore, we study the responsive technologies of kinetic patterns and intelligent composite materials, analyzing the constituent principles and the functional mechanisms of these systems concerning climate control and the use of natural physical energies, which contribute to optimize the adaptive and operational performance of the building. Finally, the study contains a sample of FDS in buildings, highlighting the responsive technology, functional dynamics as well as the material composition of each system, thus establishing a comparative reference between the applied responsive technology and the adaptive performance achieved. In this way, this paper aims to contribute to the study of responsive technologies as a strategy for the creation of architectural projects adapted to the specific environment in an integrated and harmonious way.pt_BR
Appears in Collections:FAU - Mestrado em Arquitetura e Urbanismo (Dissertações)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/31038/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.