Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/30422
Files in This Item:
File SizeFormat 
ARTIGO_AvaliacaoEspacialPoluicao.pdf874,98 kBAdobe PDFView/Open
Title: Avaliação espacial entre poluição do ar e saúde em áreas com limitação de dados
Authors: Réquia Júnior, Weeberb João
Roig, Henrique Llacer
Assunto:: Banco de dados
Saúde
Ar - poluição
Issue Date: 2016
Publisher: Universidade Federal do Paraná
Citation: RÉQUIA, Weeberb João; ROIG, Henrique Llacer. Avaliação espacial entre poluição do ar e saúde em áreas com limitação de dados. Boletim de Ciências Geodésicas, Curitiba, v. 22, n. 4, p. 807-821, out./dez. 2016. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1982-21702016000400807&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 14 dez. 2017. doi: http://dx.doi.org/10.1590/s1982-21702016000400046.
Abstract: A poluição do ar é um grave problema de saúde pública a nível mundial. Os estudos que investigam a relação entre poluição atmosférica e saúde humana são a base para a gestão que visa promover o desenvolvimento urbano e qualidade de vida. Nesse sentido, a disponibilidade de dados é uma premissa inicial para esses estudos, sobretudo, para os que têm o enfoque na avaliação espacial. O problema é que muitos centros urbanos ainda carecem de um sistema de armazenamento, consolidação e disponibilização dos dados. Diante desse cenário, este artigo teve como objetivo propor um método para avaliação espacial entre poluição do ar e saúde em áreas urbanas que têm limitações na disponibilidade de dados. O método proposto foi baseado em procedimentos de orientação a objetos para integração de um banco de dados geográficos, considerando dados de internações e inventário de poluição do ar. Posteriormente, foi realizada uma análise de correlação e regressão espacial - Ordinary Least Square (OLS). Os resultados mostraram que o método proposto é uma alternativa viável para as áreas com limitações de dados. As análises de correlação e regressão apresentaram uma relação significante (p < 0,05) entre poluição e saúde.
Abstract: Air pollution is a serious public health problem worldwide. Studies that investigate the relationship between air pollution and human health are fundamental for management that aims to promote the urban development and life quality. Data availability is an initial premise for these studies, especially, for it that have focus in the spatial evaluation. The problem is that many urban centers do not have a system to consolidate and storage data. Thus, this paper aimed to propose a method for spatial evaluation between air pollution and health in urban areas that have limitation in data availability. The method proposed was based on object orientation for geographic information system, considering hospital admissions data and air pollution inventories. Also, was applied a correlation analysis and a spatial regression - Ordinary Least Square (OLS). Results showed that the method proposed is an alternative for area with data availability. Correlations analysis and regression showed a significant relationship (p< 0.05) between air pollution and health.
Licença:: Boletim de Ciências Geodésicas - Este é um artigo publicado em acesso aberto sob uma licença Creative Commons (CC BY 4.0). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1982-21702016000400807&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 14 dez. 2017.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/s1982-21702016000400046
Appears in Collections:IG - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/30422/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.