Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/30118
Files in This Item:
File SizeFormat 
ARTIGO_InterlocucaoNarrativasEstudo.pdf423,74 kBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorFávero, Maria Helenapt_BR
dc.contributor.authorMaracci, Inara Linnpt_BR
dc.date.accessioned2017-12-07T05:17:45Z-
dc.date.available2017-12-07T05:17:45Z-
dc.date.issued2016pt_BR
dc.identifier.citationFÁVERO, Maria Helena; MARACCI, Inara Linn. A interlocução de narrativas: um estudo sobre papéis de gênero. Psicologia: Teoria e Pesquisa, Brasília, v. 32, n. 2, e322220, 2016. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722016000200221&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 9 mar. 2018. Epub Oct 27, 2016. doi: http://dx.doi.org/10.1590/0102-3772e322220.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/30118-
dc.description.abstractRetomamos a distinção entre sexo e gênero e entre papéis sexuais e de gênero na psicologia feminista. Referimos as contraposições à naturalização e discutimos a influência das ideologias da feminilidade e da masculinidade na socialização. Descrevemos um estudo sobre as concepções de quatro mulheres sobre os papéis de gênero, considerando a subjetividade na coleta e análise de dados. Utilizamos a narrativa e o grupo focal, tomando a proposição e os atos da fala como unidades de análise. Evidenciamos seis proposições articuladas a dois eixos principais: (a) as condições de vida e o abandono e (b) o significado e a prática da maternidade. Discutimos a identificação e o apego na socialização de gênero, defendendo o papel dos estudos psicológicos de gênero para as transformações sociais.pt_BR
dc.language.isoptpt_BR
dc.publisherInstituto de Psicologia, Universidade de Brasíliapt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleA interlocução de narrativas : um estudo sobre papéis de gêneropt_BR
dc.title.alternativeNarrative interlocution : a study on gender roles-
dc.typeArtigopt_BR
dc.subject.keywordGêneropt_BR
dc.subject.keywordIdentidade de gêneropt_BR
dc.subject.keywordNarrativapt_BR
dc.subject.keywordFeminismopt_BR
dc.rights.licensePsicologia: Teoria e Pesquisa - Este é um artigo publicado em acesso aberto sob uma licença Creative Commons (CC BY 4.0). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722016000200221&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 9 mar. 2018.-
dc.identifier.doihttp://dx.doi.org/10.1590/0102-3772e322220pt_BR
dc.description.abstract1In this article we resumed the distinction between sex and gender and between sex and gender roles in feminist psychology. We refer to antagonisms of naturalization and discuss the naturalization and we discuss the influence of femininity and masculinity ideologies on socialization. We describe a study on the conceptions of four women about gender roles, considering subjectivity in the data collection and analysis. Narrative and focus group are used, taking proposition and speech acts as units of analysis. We show six propositions connected to two main axes: living conditions and abandonment; the meaning and practice of motherhood. We discuss identification and attachment in gender socialization, advocating the role of psychological gender studies in social change.-
Appears in Collections:PED - Artigos publicados em periódicos

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/30118/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.