Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/29347
Files in This Item:
File SizeFormat 
ARTIGO_AuxilioReclusaoDireito.pdf79,16 kBAdobe PDFView/Open
Title: Auxílio-reclusão : um direito restrito
Other Titles: Incarceration assistance : a restricted right
Authors: Paiva, Juliana Medeiros
Assunto:: Auxílio-reclusão
Previdência social
Direito à informação
Prisioneiros
Issue Date: 2014
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Curso de Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina
Citation: PAIVA, Juliana Medeiros. Auxílio-reclusão: um direito restrito. Revista Katálysis, Florianópolis, v. 17, n. 1, p. 120-129, jan./jun. 2014. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1414-49802014000100013. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-49802014000100013&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 23 out. 2019.
Abstract: Esse artigo analisa o acesso ao auxílio-reclusão no Brasil, no período entre 2002 e 2012. O auxílio-reclusão é um benefício da previdência social que visa à proteção dos dependentes de pessoas presas que estejam em condição de segurada e que tenham baixa renda. Foi realizada análise longitudinal comparativa dos dados dos benefícios previdenciários pagos entre os anos de 2002 a 2012, bem como a análise dos dados sobre a população carcerária no mesmo período. Foi possível verificar o aumento no número de benefícios pagos e no volume de recursos destinados ao auxílio-reclusão, que cresceu mais que a média da maior parte dos benefícios previdenciários. Apesar disto, o auxílio-reclusão ainda é um benefício restritivo e com baixa cobertura, beneficiando 7% da população carcerária do Brasil.
Abstract: This article analyzes access to incarceration assistance in Brazil in the period from 2002-2012. Incarceration assistance is a benefit of the social security system that is dedicated to the protection of dependents of people who are imprisoned who are eligible for social security benefits and have low income. A comparative longitudinal analysis of the data about social security benefits paid between the years 2002-2012 was conducted, and an analysis of data about the incarcerated population in the same period. The study found an increase in the number of benefits paid and in the volume of resources destined to incarceration assistance, which grew above the average of most of the social security benefits. Despite this, incarceration assistance is still a restricted benefit with low coverage, benefitting 7% of Brazil's incarcerated population.
Licença:: Revista Katálysis - (CC BY NC) - Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons. Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-49802014000100013&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 23 out. 2019.
DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S1414-49802014000100013
Appears in Collections:SER - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/29347/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.