Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/28780
Files in This Item:
File SizeFormat 
ARTIGO_HipnoseDorCronica.pdf570,45 kBAdobe PDFView/Open
Title: Hipnose, dor crônica e técnicas de ancoragem: a terapia de dentro para fora
Other Titles: Hypnosis, chronic pain, and anchoring techniques: therapy from the inside out
Authors: Neubern, Maurício da Silva
Assunto:: Técnica de ancoragem
Hipnose
Dor crônica
Subjetividade
Sujeito
Issue Date: 2013
Publisher: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília
Citation: NEUBERN, Maurício da Silva. Hipnose, dor crônica e técnicas de ancoragem: a terapia de dentro para fora. Psicologia: teoria e pesquisa, Brasília, v. 29, n. 3, p. 297-304, set. 2013. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722013000300007&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 14 maio 2018. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-37722013000300007.
Abstract: O presente trabalho busca resgatar a técnica hipnótica de ancoragem, destacando a condição do sujeito como participante ativo no processo terapêutico. Partindo de algumas ilustrações clínicas com pacientes portadores de dores crônicas, ressalta duas dimensões de grande relevância dessa técnica. Primeiramente, a diagnóstica, que destaca as possibilidades de acesso ao mundo vivido do outro, em sua experiência subjetiva e produção simbólica. Em segundo lugar, a dimensão terapêutica, na qual a técnica favorece uma apropriação da experiência por parte do sujeito que pode, então, assumir uma postura ativa em sua reconfiguração. Na conclusão, destaca a relevância do conhecimento clínico calcado na subjetividade do paciente, a mudança de olhar sobre si mesmo que a técnica proporciona, a postura ativa do sujeito no processo de mudança e o paradoxo entre imaginação e memória.
Abstract: This paper addresses the anchoring technique in hypnosis and focuses on the subject as an active participant in the therapy process. Clinical examples of clients suffering from chronic pain are used to highlight two extremely relevant dimensions of this technique. First, the diagnosis addresses possibilities of accessing the experiences of others in both their subjective experiences and symbolic productions. Second, the technique is used in therapy to encourage subjects to appropriate their experiences and, therefore, actively participate in reconfiguring them. The conclusion states the relevance of clinical understanding founded on client subjectivity, changes in self-awareness brought on by the technique, the active involvement of subjects in the process of change, and the paradox between imagination and memory.
Licença:: Psicologia: teoria e pesquisa - All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License CC BY NC - Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-37722013000300007&script=sci_abstract>. Acesso em: 14 maio 2018.
DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S0102-37722013000300007
Appears in Collections:PCL - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/28780/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.