Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/28399
Files in This Item:
File SizeFormat 
ARTIGO_ReatividadeAutomonitoramentoPortadora.pdf481,26 kBAdobe PDFView/Open
Title: Reatividade ao automonitoramento em uma portadora da síndrome do intestino irritável
Other Titles: Reactivity to self-monitoring in a patient diagnosed with irritable bowel syndrome
Authors: Bohm, Carlos Henrique
Gimenes, Lincoln da Silva
Assunto:: Comportamento - avaliação
Intestinos - doenças
Análise funcional
Issue Date: 2012
Publisher: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília
Citation: BOHM, Carlos Henrique; GIMENES, Lincoln da Silva. Reatividade ao automonitoramento em uma portadora da síndrome do intestino irritável. Psicologia: Teoria e Pesquisa, Brasília, v. 28, n. 3, p. 293-301, jul./set. 2012. DOI: https://doi.org/10.1590/S0102-37722012000300005. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722012000300005&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 07 out. 2020.
Abstract: O automonitoramento (AM) é usado para a observação, avaliação e intervenção em problemas comportamentais e de saúde. Neste estudo, utilizou-se AM na avaliação de comportamentos de uma mulher de 44 anos de idade com a síndrome do intestino irritável (SII). Durante um período de 19 semanas a paciente preencheu formulários diários de AM de atividades diárias, sintomas intestinais e consumo alimentar. Uma melhora não programada nos sintomas foi observada, que pode ser explicada como um efeito de reatividade ao AM. Inicialmente as atividades diárias da paciente aconteciam de forma ininterrupta e eram associadas à constipação intestinal; com a ajuda de AM ela aprendeu a realizar interrupções dessas atividades quando dos sinais de motilidade intestinal, aumentando assim a frequência de evacuação.
Abstract: Self-monitoring (SM) is used for observation, assessment and intervention in behavioral and health problems. In this study SM was used in the behavior assessment of a 44 year old female with an irritable bowel syndrome (IBS). During a period of 19 weeks this patient filled in daily SM forms related to general activities, bowel functioning and food intake, A not foreseen improvement of the symptoms was observed, which can be explained as a reactivity effect to SM. Initially, the activities of the participant occurred in a uninterruptedly manner and were associated with bowel constipation; with the SM recording the participant learned to interrupt her activities as response to signals of bowel movements, increasing, therefore, the frequency of defecation.
Licença:: Psicologia: Teoria e Pesquisa (CC BY-NC) - Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons. Fonte: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-37722012000300005&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 07 out. 2020.
DOI: https://dx.doi.org/10.1590/S0102-37722012000300005
Appears in Collections:PPB - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/28399/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.